A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Do G. NEOS, novo, LOGOS, palavra, estudo. Criação de novas palavras.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Do G. NEOS, novo, LOGOS, palavra, estudo. Criação de novas palavras."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4

5

6

7 Do G. NEOS, novo, LOGOS, palavra, estudo. Criação de novas palavras.

8

9 "arreleque (asas abertas em forma de leque) "circuntristeza (tristeza circundante)

10 "suspirância (suspiros repetidos) "coraçãomente" (cordialmente). "velhouco" (junção de velho e louco) "descreviver" (fusão de descrever com viver).

11 Taurophtongo. Neologismo dos mais eruditos concebidos por Guimarães Rosa. Quer dizer mugido, voz de touro. O escritor recorreu aos termos gregos "táuros" (touro) e "phtoggos" (som da fala)

12 Enxadachim. Rosa empregou o termo para designar um trabalhador do campo, que luta para sobreviver. A palavra é formada por enxada e espadachim

13 Imitaricar. Significa arremedar, fazer trejeitos imitativos. Provém da junção do verbo imitar com o sufixo diminutivo "icar", que indica a repetição de pequenos atos

14 Ensimesmudo. Trata-se de um amálgama entre as palavras ensimesmado e mudo. Guimarães Rosa utilizou-o para designar um sujeito fechado e taciturno

15 Embriagatinhar. Neologismo de conotação humorística. Serve para indicar qualquer um que esteja engatinhando de tão bêbado. Origina-se da fusão de embriagado e gatinhar

16 Infelicidade é uma questão de prefixo. Viver é muito perigoso... Porque aprender a viver é que é o viver mesmo... Travessia perigosa, mas é a da vida. Sertão que se alteia e abaixa... O mais difícil não é um ser bom e proceder honesto, dificultoso mesmo, é um saber definido o que quer, e ter o poder de ir até o rabo da palavra.

17 O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem.

18

19

20

21 Quando teve início a História Humana Brasileira? Quais foram os primeiros grupos a ocuparem o país, e quando eles chegaram? Como eram? Onde viveram e se protegeram?

22 Gruta de Maquiné – foi um dos esconderijos dos primeiros habitantes do Brasil

23 Curiosidades: A maior gruta de Minas Gerais, chama-se Gruta do Maquiné, seu nome originou-se por ter sido descoberta em 1825 pelo fazendeiro Joaquim Maria Maquiné. Posteriormente foi explorada cientificamente pelo naturalista dinamarquês Dr. Peter Lund, em Está localizada a 120 quilômetros de Belo Horizonte, próxima à cidade de Cordisburgo. Maquiné possui 7 salões explorados, que mostram as belas escuturas naturais ao longo de seus 650 metros desnível de apenas 18 metros.

24

25 O Brasil é um país rico em vestígios arqueológicos. São muitas as pistas deixadas pelos primeiros habitantes, como fósseis, pinturas rupestres e utensílios. Tais descobertas nos ajudam a conhecer um período pouco conhecido do nosso passado mais antigo. A Gruta do Maquiné possui uma limitação no espaço de visitação. São 440 metros abertos para o público admirar os grandes salões e galerias, resultantes da atividade erosiva milenar.

26 Enquanto a Arqueologia é a ciência responsável pelo estudo do passado por meio de vestígios materiais a Espeleologia, ou Caving, é uma mistura entre ciência e esporte de ação, em que se une a exploração de cavernas, sua pesquisa, documentação e conservação, com atividades para seu estudo como mergulho e rapel, entre outros. A diferença entre Espeleologia e Caving é que o primeiro é mais voltado para a área científica, em que váriosprofissionais (biólogos, geólogos, engenheiros, químicos) desenvolvem pesquisas e o Caving está mais voltado para uma atividade esportiva.

27 Estalactite: formação mineral, alongada, que se forma nos tetos das cavernas. Estalagmite: f ormação mineral, alongada, formada no solo das cavernas, resultante dos respingos caídos do teto.

28

29 Os grupos humanos que aqui viveram há milhares de anos (pelo menos atrás) eram nômades, coletores e caçadores.

30 Arte rupestre é o nome que se dá a toda expressão gráfica (pintura ou gravura) sob superfície rochosa deixada pelos primeiros seres humanos. Ela está registrada em rochas, grutas, lages de pedra ao ar livre por todo o Brasil.

31 As pinturas rupestres, que hoje consideramos arte pré-histórica não eram apenas meios de comunicação mas provavelmente faziam parte de rituais.

32 Deus nos dá pessoas e coisas, para aprendermos a alegria... Depois, retoma coisas e pessoas para ver se já somos capazes da alegria sozinhos... Essa... a alegria que ele quer. João Guimarães Rosa

33 Professores dos 6° e 7° anos do Colégio Roberto Carneiro e Coordenadora Pedagógica. Professores realizadores do 1° Aulão do Ensino Fundamental II: Alessandra, Ana Paula, Inês, Karin e Staeel.


Carregar ppt "Do G. NEOS, novo, LOGOS, palavra, estudo. Criação de novas palavras."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google