A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Avaliação Clínica e Laboratorial do Obeso Ema Lacerda Nobre Serviço de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo do Hospital de Sta. Maria. Lisboa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Avaliação Clínica e Laboratorial do Obeso Ema Lacerda Nobre Serviço de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo do Hospital de Sta. Maria. Lisboa."— Transcrição da apresentação:

1 Avaliação Clínica e Laboratorial do Obeso Ema Lacerda Nobre Serviço de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo do Hospital de Sta. Maria. Lisboa

2 AVALIAÇÃO CLÍNICA Cronologia do desenvolvimento da obesidade Factores desencadeantes Padrão alimentar Crises de voracidade alimentar (binge eating) Níveis de actividade física Tratamentos prévios e sua eficácia Antecedentes ginecológicos e obstétricos História familiar HISTÓRIA INVESTIGAR

3 AVALIAÇÃO CLÍNICA Modificações sociais Interrupção do tabaco Excesso de ingestão de bebidas alcoólicas Interrupção de exercício físico Toma de fármacos FACTORES DESENCADEANTES

4 AVALIAÇÃO CLÍNICA Antipsicóticos ( fenotiazinas, risperidona, lítio) Antidepressivos (tricíclicos, IMAO) Antiepilépticos (gabapentina, valproato, carbamazepina) Antihipertensivos ( e 1 bloqueantes adrenérgicos Antihistamínicos (ciproheptadina) Antidiabéticos (sulfonilureias, glitazonas, insulina) Hormonas esteróides (corticosteróides, progestagénios) FÁRMACOS QUE PROVOCAM AUMENTO DE PESO

5 AVALIAÇÃO CLÍNICA Roncopatia, sonolência diurna Dispneia, ortopneia Poliúria, polidipsia Queixas osteoarticulares … HISTÓRIA INVESTIGAR CO-MORBILIDADES

6 AVALIAÇÃO CLÍNICA Hipotiroidismo Síndrome do ovário poliquístico Síndrome de Cushing Hipogonadismo HISTÓRIA EXCLUIR ENDOCRINOPATIAS QUE CAUSAM OBESIDADE

7 AVALIAÇÃO CLÍNICA IMC = PC TA EXAME FÍSICO Peso ALT 2

8 PERÍMETRO DA CINTURA Perímetro da cintura: Ponto médio entre o rebordo inferior da costela e a crista ilíaca

9

10 Perímetro da cintura (cm): Perímetro da cintura e complicações metabólicas > > 88 > > 102 Risco aumentado

11 AVALIAÇÃO CLÍNICA EXAME FÍSICO Avaliação cardiopulmonar (sinais de insuficiência cardiaca, doença valvular…) Sinais sugestivos de endocrinopatia…. Abdomen: estrias… Distribuição pilosa M.inf: edemas, atrofia muscular, ins. venosa

12

13

14

15

16

17

18 Definição e Avaliação – Classificação de Excesso de Peso e Obesidade através de IMC / Perímetro Cintura e Risco de Doenças Associadas Classificação**IMC kg/m 2 Risco Doenças Associadas* Perímetro Cintura 102 cm (Homem) 88 cm (Mulher) Baixo Peso<18.5 Peso Normal18.5 – 24.9 Excesso de Peso>= 25,0 Pré - Obesidade25.0 – 29.9AumentadoElevado Obesidade (Classe I)30.0 – 34.9ElevadoMuito Elevado Obesidade (Classe II)35.0 – 39.9Muito Elevado Super Obesidade (Classe III)>40.0 Extremamente Elevado *Risco relativo ao peso e cintura normal, risco de doença para: Diabetes Tipo II, Hipertenção e DCV ** Report of a WHO Consultation WHO – 894 NIH/NHLBI The Practical Guide, Identification, Evaluation and Treatment of Overweight and Obesity in Adults, October 2000.

19 AVALIAÇÃO LABORATORIAL Hemograma Glicémia jejum Creatinina TGO, TGP, GT Colesterol, HDL, LDL Triglicéridos Ácido úrico FT4 TSH Insulinémia (?) AVALIAÇÃO BÁSICA

20 DIAGNÓSTICO DA DIABETES MELLITUS ESTÁDIOS Glicemia plasmática em jejum (mg/d) (1) Glicemia plasmática ao acaso (mg/dl) (1) PTGO (2h) (mg/dl) (1) DM e sintomas 200 e sintomas Se <100: pouco Se <100: pouco provável provável Entre Entre glicemia em glicemia em jejum/PTGO jejum/PTGO AGJ * ATG ** 110 e < e < 126 < 126 < e < e < 200 Normal < 110 < * AGJ: anomalia da glicemia do jejum ** ATG: anomalia da tolerância à glicose ou diminuição da tolerância à glicose (1) Repetir em dia diferente: a mesma ou outra prova NOTA: Guidelines da IDF 1999: glicémia plasmática venosa jejum > 90 mg/dl avaliação anual do risco vascular e doseamento da glicémia PROVAS

21 Obesidade - Laboratório (1) SUSPEITA DECONSIDERAR Diabetes tipo 2 Glicémia/ HbA 1 c Microalbuminúria PTGO HipotiroidismoTSH; FT4 Síndrome Ovário Poliquístico FSH, LH, PRL Testosterona total e livre, S-DHEA 4 And, SHBG 170H Progesterona Eco com sonda vaginal De acordo com sintomas, factores de risco e suspeita de doenças

22 Obesidade - Laboratório (2) SUSPEITA DECONSIDERAR Apneia do sono Polisonografia (RPS) Observação ORL (obstrução ?) Hipoventilação Alveolar Polisonografia (RPS) Eritrocitos (policitémia) Gases no sangue (PCO2 ) Rx tórax (cardiomegalia, diafragma elevado) Testes de função respiratória Síndroma de CushingCortisol urinário (urina 24 h) De acordo com sintomas, factores de risco e suspeita de doenças

23 Obesidade - Laboratório (3) SUSPEITA DECONSIDERAR HipertensãoMAPA Litíase vesicularFunção hepática Eco da vesícula Hepatomegalia NASH Função hepática Eco hepática Biópsia hepática eventual Patologia cardiaca ECG Ecocardiograma Prova de esforço De acordo com sintomas, factores de risco e suspeita de doenças

24 OBRIGADA!


Carregar ppt "Avaliação Clínica e Laboratorial do Obeso Ema Lacerda Nobre Serviço de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo do Hospital de Sta. Maria. Lisboa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google