A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP."— Transcrição da apresentação:

1 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP

2 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP Eng° Rogério Dorneles Severo, PMP Engenheiro Civil (UFRGS ), tem certificação internacional PMP (Project Management Professional) concedida pelo Project Management Institute - PMI® em 2009 e especialização em Saneamento e Engenharia Ambiental de Obras (PUC – 2001). A frente da TECHNIQUE a 14 anos, presta consultoria em empreendimentos de engenharia tais como incorporação, energia, óleo&gás, indústria, licitações públicas e privadas. É consultor credenciado da CEF e também instrutor de gestão, planejamento e orçamento de obras. Participa como voluntário do PMI-RS desde onde atualmente ocupa a diretoria de Convênios e Alianças da entidade. Fiscalização de Obras Públicas

3 Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP CICLO DE VIDA dos Empreendimentos e Obras QUAL É O TEMPO TOTAL DE EXECUÇÃO DE OBRAS PÚBLICAS desde a fase de definição de sua necessidade - viabilidade?

4 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP Projeto Básico e Legal Licitação Necessidade ViabilidadeAnte-Projeto Projeto ExecutivoExecução e Fiscalização da Obra Recebimento da Obra CICLO DE VIDA dos Empreendimentos e Obras

5 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP CICLO DE VIDA dos Empreendimentos e Obras

6 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP REVISAR AS PRÁTICAS DO TRABALHO DE FISCALIZAÇÃO IMPACTO de melhoria do PLANEJAMENTO no dia-a-dia das OBRAS Maior previsibilidade da execução das obras – controle físico Ampliar a possibilidade de cumprimento de prazos Melhorar o controle de mudanças do escopo para tomar ações corretivas em tempo – controle de custos

7 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP ADOTAR PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO Project Management Institute Making Project Management Indispensable for Business Results ® Site Oficial:www.pmi.org No RS: No Brasil: PMBOK ® Guide 4ª Edição ANSI/PMI

8 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP ADOTAR PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO

9 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP PREMISSAS MÍNIMAS PARA A FISCALIZAÇÃO PÚBLICA O Projeto de Arquitetura e Engenharia é o documento de referência para fiscalizar (NBR ) O Diário de obra é o instrumento para registro do andamento e consulta futura da obra (NBR 5.671) Não é possível fiscalizar sem projeto e sem planejamento

10 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP ESCOPO RESTRIÇÃO TRIPLA QUALIDADE CUSTO PRAZO PMBOK 2004

11 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP IMPORTÂNCIA DO PROJETO de ARQUITETURA e ENGENHARIA Grande parte de não-conformidades e problemas pós-ocupação tem origem na etapa de projeto, ou na falta deste. Projetos claros e completos diminuem erros de execução PRÁTICA = ADOTAR ETAPA DE COMPATIBILIZAÇÃO DE PROJETOS (pelo projetista ou pelo executor) REVISAR AS PRÁTICAS DE TRABALHO

12 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP NO PROJETO – DEFINIR O QUE É: ANTE PROJETO PROJETO BÁSICO ou PROJETO LEGAL Lei nº 8666/93 - Art. 6º, inc. IX – não é só arquitetura IBRAOP: OT IBR 01/2006 PROJETO EXECUTIVO Lei nº 8666/93: Art. 6º, inc. X – não muda o escopo PRÁTICA = DEFINIR QUEM FAZ O PROJETO EXECUTIVO e o AS BUILT? (considerando também custo para essas etapas no Orçamento) REVISAR AS PRÁTICAS DE TRABALHO

13 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP NO ORÇAMENTO – DEFINIR O TIPO: ORÇAMENTO DA OBRA É DETALHADO? TEMOS COMPOSIÇÕES DE CUSTO UNITÁRIO TEMOS CURVA ABC DE MATERIAIS/EQUIPAMENTOS TEMOS REFERÊNCIAS E LIMITES DEFINIDOS (SINAPI, BDI, LEIS SOCIAIS, …) PRÁTICA: DEFINIR CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO NO EDITAL DEFINIR FORMA DE QUANTIFICAÇÃO dos SERVIÇOS e RELATÓRIO DO EXECUTADO REVISAR AS PRÁTICAS DE TRABALHO

14 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP NO PRAZO: IR ALÉM DO CRONOGRAMA FISICO- FINANCEIRO PADRÃO PRÁTICA: ANALISAR SE O CRONOGRAMA É VIÁVEL DEFINIR MARCOS CONTRATUAIS SOLICITAR CRONOGRAMA FISICO DO EXECUTOR DA OBRA INSERIR ETAPA DE PLANEJAMENTO NAS OBRA (considerando também seu custo necessário no Orçamento) REVISAR AS PRÁTICAS DE TRABALHO

15 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP Somente um Cronograma Físico vai nos indicar o Caminho Critico da Obra REVISAR AS PRÁTICAS DE TRABALHO

16 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP Plano de Curto Prazo Plano de Médio Prazo Plano de Longo Prazo (Plano Mestre) (Look ahead plan) (Plano de comprometimento) REVISAR AS PRÁTICAS DE TRABALHO Somente um Planejamento Continuo vai confirmar o andamento da obra vai garantir o prazo executivo

17 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP DEFINIR NO PLANEJAMENTO DA OBRA: PLP - CRONOGRAMA FISICO GERAL PMP - PROGRAMAÇÃO DE MARCOS MENSAIS PCP - LISTA DE ATIVIDADES SEMANAIS INDICADORES REVISAR AS PRÁTICAS DE TRABALHO

18 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP CONTROLE PLANEJADO X REALIZADO COMPARATIVOS DE LONGO PRAZO

19 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP CONTROLE PLANEJADO X REALIZADO COMPARATIVO DE MÉDIO PRAZO

20 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP CONTROLE PLANEJADO X REALIZADO COMPARATIVOS DE CURTO PRAZO

21 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP SISTEMÁTICA DE TRABALHO DA FISCALIZAÇÃO GESTÃO DO CONTRATO DA OBRA: Aspectos técnicos: Qualidadecritérios de aceitação de serviços Quantidadesapontamento de campo Segurança NR 18 Prazoscomparativo planejado x realizado Dia-a-dia do contrato: Gerenciamento Definir periodicidade de reuniões técnicas de andamento da obra

22 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP DEFINIR TIPOS DE CONTROLE Controles Essenciais Controles Importantes Controles Ocasionais SISTEMÁTICA DE TRABALHO DA FISCALIZAÇÃO

23 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP DEFINIR OS TIPOS DE FALHAS EXECUTIVAS e seus limites: Falhas Críticas (FC) Falhas Graves (FG) Falhas Secundárias (FS) SISTEMÁTICA DE TRABALHO DA FISCALIZAÇÃO

24 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP SISTEMÁTICA DE FISCALIZAÇÃO DEFINIR PLANOS DE INSPEÇÃO: Plano Normal (PN): Plano Rigoroso (PR) Plano Atenuado (PA)

25 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP QUEM JÁ ADOTOU PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO PROGRAMA GERAES

26 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP QUEM JÁ ADOTOU PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO PROGRAMA SIGES

27 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP EVOLUÇÃO NAS OBRAS PÚBLICAS INCORPORAR ETAPAS DE PLANEJAMENTO É NECESSIDADE NO DIA-A-DIA DOS CONTRATOS DE OBRAS PÚBLICAS

28 Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP DÚVIDAS? ROGÉRIO DORNELES SEVERO (51)


Carregar ppt "Fiscalização de Obras Públicas Engº Rogerio Dorneles Severo, PMP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google