A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Material para Avaliação Fundamentos da Administração Aula 1 Professor Douglas Pereira da Silva 1RH 1ª Série FNC DPS 2014 1º Semestre.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Material para Avaliação Fundamentos da Administração Aula 1 Professor Douglas Pereira da Silva 1RH 1ª Série FNC DPS 2014 1º Semestre."— Transcrição da apresentação:

1 Material para Avaliação Fundamentos da Administração Aula 1 Professor Douglas Pereira da Silva 1RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

2 Taylor e o movimento da administração científica A administração não tinha noção clara da divisão de suas responsabilidades com o trabalhador. Não havia incentivos para melhorar o desempenho do trabalhador. Muitos trabalhadores não cumpriam suas responsabilidades. As decisões dos administradores baseavam-se na intuição e no palpite. Não havia integração entre os departamentos da empresa. Os trabalhadores eram colocados em tarefas para as quais não tinham aptidão. Os gerentes pareciam ignorar que a excelência no desempenho significaria recompensas tanto para eles próprios quanto para a mão-de-obra. Havia conflitos entre capatazes e operários a respeito da quantidade da produção. 2RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

3 O problema dos salários. Os sistemas de pagamento da época (pagamento por dia trabalhado e pagamento por peça produzida) tinham o efeito de fazer o trabalhador acreditar que seu esforço beneficiava apenas o patrão 3RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

4 No sistema de pagamento por dia trabalhado, o salário era fixo, e os trabalhadores não viam nenhuma vantagem em produzir além do que eles próprios achavam adequados. No sistema de pagamento por peça produzida, quando a produção aumentava muito, os administradores diminuíam o valor pago por peça 4RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

5 O plano de Taylor. Taylor propõe um método para eliminar a diminuição do valor pago por peça. É nesse método que residem as raízes da administração científica. Taylor argumentou que a administração deveria primeiro procurar descobrir quanto tempo levaria para que um homem, dando o melhor de si, completasse uma tarefa. A administração poderia então estabelecer um pagamento por peça de forma que o trabalhador se visse compelido a trabalhar o suficiente para assegurar remuneração razoável. O ataque ao problema dos salários é considerado o primeiro estágio do movimento da administração científica. 5RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

6 Princípios da administração científica. Cooperação entre administração e trabalhadores. Identificação da melhor maneira de executar tarefas. Salários altos e custos baixos de produção. Seleção e treinamento de pessoal 6RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

7 Taylor tratou ainda de outros aspectos nesse segundo trabalho. Entre eles: padronização de ferramentas e equipamentos, sequenciamento e programação de operações e estudo de movimentos. 7RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

8 Terceira fase da administração científica. Nesta terceira obra, Taylor sintetiza os objetivos da administração científica: 1)Desenvolver uma ciência para cada elemento do trabalho, para substituir o velho método empírico. 2) Selecionar cientificamente e depois treinar, instruir e desenvolver o trabalhador, que, no passado, escolhia seu próprio trabalho e treinava-se o melhor que podia. 3) Cooperar sinceramente com os trabalhadores, de modo a garantir que o trabalho seja feito de acordo com princípios da ciência que foi desenvolvida. 4) Existe uma divisão quase igual de trabalho e de responsabilidade entre a administração e os trabalhadores. A administração incumbe- se de todo o trabalho para o qual esteja mais bem preparada que os trabalhadores, enquanto no passado quase todo o trabalho e a maior parte da responsabilidade recaíam sobre a mão-de-obra. Taylor acreditava no incentivo para o trabalhador individual, que atenderia ao desejo de ganho material e estimularia o crescimento pessoal. Nas palavras de Taylor: 8RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

9 Assim, Taylor foi o primeiro autor a sistematizar um modelo de administração, entendendo-se como tal um sistema de idéias ou doutrinas aliadas a técnicas ou ferramentas. Para, Taylor a administração científica era uma revolução mental, uma revolução na maneira de encarar o trabalho e as responsabilidades em relação à empresa e aos colegas. 9RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

10 Henri Ford Princípios da produção em massa. Assim como o nome de Taylor está associado à administração científica, o nome de Henry Ford ( ) está associado à linha de montagem móvel. Foi Henry Ford quem elevou ao mais alto grau os dois princípios da produção em massa, que é a fabricação de produtos não diferenciados em grande quantidade: peças padronizadas e trabalhador especializado. 10RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

11 Especialização do trabalhador. Na produção de massa, as qualificações do trabalhador resumem-se ao conhecimento necessário para a execução de uma tarefa – a clássica atividade de apertar parafusos, parodiada por Charlie Chaplin no filme Tempos moderno. Essa mecanização da atividade humana, que produz a alienação do trabalhador, foi objeto das críticas mais contundentes que se fizeram à produção massificada. 11RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

12 Inovações de Ford Ford foi grande inovador em muitos outros aspectos. Também em janeiro de 1914, adotou o dia de trabalho de oito horas e duplicou o valor do salário, para 5 dólares por dia, medida que não foi vista com simpatia por seus concorrentes. Mas ele achava que seus operários deveriam poder comprar o produto que fabricavam o que sem dúvida é opinião avançada até mesmo hoje em dia. 12RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

13 Metodologia Taylorismo de Estudo Taylor publicou em 1911, de Princípios de Administração Científica. Com esse livro, Taylor propõe que administrar uma empresa deve ser tido como uma ciência. A ideia principal do livro é a racionalização do trabalho, que envolve a divisão de funções dos trabalhadores; com isso Taylor critica fortemente a Administração por incentivo e iniciativa, que acontece quando um trabalhador por iniciativa própria sugere ao patrão ideias que possam dar lucro à empresa, incentivando seu superior a dar-lhe uma recompensa ou uma gratificação pelo esforço demonstrado Isso é criticado por Taylor, pois, uma vez que se recompensa um subordinado por suas ideias ou atos, torna-se dependente deles. 13RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

14 Taylor tinha o objetivo de acelerar o processo produtivo, ou seja, produzir mais em menos tempo, e com qualidade. Para Taylor: 1) à gerência caberia: afixar trabalhadores numa jornada de trabalho controlada, supervisionada, sem interrupções, a seu controle, podendo o trabalhador só parar para descansar, quando for permitido, com particularização de cada movimento; 2) a gerência não podia deixar o controle do processo de trabalho nas mãos dos trabalhadores. Como os trabalhadores conheciam mais a função do que o gerente, este deveria aprender os métodos de trabalho com aqueles para então cobrar dos seus operários; 3) o ritmo lento de trabalho e a vadiação eram inimigas da produção; 4) o processo de trabalho não devia estar nas mãos dos trabalhadores, que de fato estava por meio do trabalho combinado. Sua grande descoberta foram os conhecimentos da produção de processo combinado. Contudo, o processo e as decisões deveriam passar pela gerência e não pelo trabalhador; 5) com o conhecimento da produção, a gerência poderia estabelecer os tempos necessários. Assim, fixou a distribuição do tempo de trabalho. 6) Taylor não estava interessado no avanço tecnológico, mas preocupado em controlar o trabalho a qualquer nível de tecnologia. 7) Fez pesquisa para analisar como o trabalhador poderia produzir mais num ritmo de trabalho controlado; 8) Também acreditava que o trabalhador devia apenas aprender a executar uma função, não podia perder tempo analisando o trabalho, visto que ele não tinha nem tempo, nem dinheiro para isso. Essa responsabilidade então deveria caber à gerência. 14RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

15 1) Estudo da fadiga humana: a fadiga predispõe o trabalhador à diminuição da produtividade e perda de qualidade, acidentes, doenças e aumento da rotatividade de pessoal; 2) Divisão do trabalho e especialização do operário; 3) Análise do trabalho e estudo dos tempos e movimentos: cada um se especializaria e desenvolveria as atividades em que mais tivessem aptidões; 4) Desenho de cargos e tarefas: desenhar cargos é especificar o conteúdo de tarefas de uma função, como executar e as relações com os demais cargos existentes; 5) Incentivos salariais e prêmios por produtividade; 6) Condições de trabalho: o conforto do operário e o ambiente físico ganham valor, não porque as pessoas merecessem, mas porque são essenciais para o ganho de produtividade; 7) Padronização: aplicação de métodos científicos para obter a uniformidade e reduzir os custos; 8) Supervisão funcional: os operários são supervisionados por supervisores especializados, e não por uma autoridade centralizada; 9) Homem econômico: o homem é motivável por recompensas salariais, econômicas e materiais. 10) A empresa era vista como um sistema fechado, isto é, os indivíduos não recebiam influências externas. O sistema fechado é mecânico, previsível e determinístico. Porém, a empresa é um sistema que movimenta-se conforme as condições internas e externas, portanto, um sistema aberto e dialético. 15RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

16 O mecanicismo é uma caracteristica da Administração Científica onde as organizações eram vistas como um arranjo rígido, construídas a partir de um projeto e montadas como peças mecânicas. A máxima eficiência era procurada através da avaliação pormenorizada do seu funcionamento. O lado humano, as emoções e os relacionamentos foram ignorados. As pessoas eram consideradas preguiçosas e ineficientes e precisavam ser controladas e estimuladas financeiramente para que cumprissem suas obrigações. 16RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

17 17RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

18 Processo administrativo segundo Fayol Segundo Fayol: Administração é função distinta das demais funções da empresa, como finanças, produção e distribuição. A administração compreende cinco funções: planejamento, organização, comando, coordenação e controle. 18RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

19 Funções da empresa, segundo Fayol. Função comercial Função financeira Planejamento EMPRESA Função de administração Organização Função de segurança Comando Função de contabilidade Coordenação Função técnica Controle 19RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

20 Fayol sugeriu que a função administrativa era a mais importante de todas e definiu cada de seus componentes da seguinte maneira: Planejamento (previsão): examinar o futuro e traçar um plano de ação a médio e longo prazo. Organização: montar uma estrutura humana e material para realizar o empreendimento. Comando: manter o pessoal em atividade em toda a empresa. Coordenação: reunir, unificar e harmonizar toda a atividade e esforço. Controle: cuidar para que tudo se realize de acordo com os planos e as ordens. 20RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

21 Fayol foi o pioneiro do reconhecimento de que a administração deveria ser vista como função separada das demais funções da empresa. O maior impacto dessa idéia está em identificar o trabalho dos administradores e separá-lo das atividades operacionais da empresa. 21RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

22 Os princípios de administração de Fayol. 22RH 1ª Série FNC DPS º Semestre

23 23RH 1ª Série FNC DPS º Semestre


Carregar ppt "Material para Avaliação Fundamentos da Administração Aula 1 Professor Douglas Pereira da Silva 1RH 1ª Série FNC DPS 2014 1º Semestre."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google