A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Críticas à Abordagem Clássica da Administração Por Carlos Reis.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Críticas à Abordagem Clássica da Administração Por Carlos Reis."— Transcrição da apresentação:

1 Críticas à Abordagem Clássica da Administração Por Carlos Reis

2 Confronto entre as teorias CIENTÍFICA Taylor Autoridade funcional Poder do especialista Ênfase na tarefa Origem na AméricaCLÁSSICA Fayol Autoridade linear Poder do chefe Ênfase na estrutura Origem na Europa

3 CRÍTICAS À ABORAGEM CLÁSSICA A 1ª crítica severa foi uma pesquisa organizada pelo senado americano e dirigida pelo profº Hoxie. Um dos congressistas mostrou que a eficiência de um operário havia aumentado 300%, ma seus ganhos haviam crescido apenas 30%. Por outro lado, Taylor mostrou que seu esforço foi reduzido a 1/3. No fim houve uma proibição do uso do cronômetro e pagamentos por incentivos.

4 VISÃO COISIFICANTE Apesar de Taylor ser apontado por alguns como o pai das Relações Humanas, o homem era visto como mão de obra ou como recurso de produção; O homem era considerado preguiçoso e o que levava a produzir mais era o salário; Exemplo de Ford.

5 SUPERESPECIALIZAÇÃO Havia a idéia que a eficiência aumentava com a especialização; A especialização era alienante, pois distanciou o trabalhados do produto final, e monótono, pois era extremamente repetitivo; As operações eram simples o que facilitava o treinamento e a substituição do operário.

6 VISÃO MECANICISTA A visão do funcionamento da organização era semelhante a uma máquina; Determinadas ações ou efeitos decorrem de determinadas causas, dentro de uma correlação determinista; O homem era considerado um apêndice da máquina.

7 FALTA DE COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA E LIMITAÇÃO DO CAMPO DE ATUAÇÃO Seu método é empírico. Fundamentaram seus conceitos com base na observação e no senso comum, baseado na experiência direta; O campo de atuação ficou restrito as fábricas;

8 ABORDAGEM INCOMPLETA Se limita apenas aos aspectos formais e técnicos da organização, omitindo a organização informal e os aspectos humanos. Visualizava cada empregado individualmente, omitindo o trabalho em equipe; A organização era fechada como se não sofresse influências ambientais;

9 ABORDAGEM PRESCRITIVA E NORNATIVA Preocupada em prescrever princípios normativos que devem ser aplicados como uma receita de bolo; São soluções enlatadas que dizem como as coisas devem ser feitas; Os princípios eram usados como sinônimos de lei universal que poderiam ser utilizadas em todas as situações; Conhecida como Escola Universalista.


Carregar ppt "Críticas à Abordagem Clássica da Administração Por Carlos Reis."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google