A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Formação Comercial de Promotores do Grande Varejo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Formação Comercial de Promotores do Grande Varejo."— Transcrição da apresentação:

1 Formação Comercial de Promotores do Grande Varejo

2 O bjetivo Capacitar o Promotor para a atuação comercial em Lojas do grande varejo. Nivelar o conhecimento sobre as principais atividades cotidianas Estimular a criatividade

3 É o profissional que representa, no dia-a-dia, o Distribuidor nos supermercados Por ter contato direto e constante com o cliente, o promotor é a referência dos serviços prestados pelo Distribuidor Q uem é o promotor? Dinap Distribuidor Supervisor Promotor Loja Consumidor Brain Storming - qual a função do promotor

4 PROMOVER VENDAS! Loja Gerente da categoria Gerente da Loja P rincipal função

5 Abastecer a loja Expor os produtos nos displays, stripers, pontos extras, etc Detectar oportunidades promocionais Fazer manutenção dos displays/produtos Preparar/devolver o encalhe Monitorar as vendas de nossos produtos e da concorrência Planejar e executar idéias novas constantemente Estabelecer bons relacionamento D ia a dia do promotor

6 Q uem é quem na rede/loja A Matriz Interlocutor da rede Interlocutor da Indústria Comprador Diretor de Categoria Comprador Diretor de Categoria Supervisor de Vendas/Consultor Comercial Gerente de Vendas Supervisor de Vendas/Consultor Comercial Gerente de Vendas O Recebimento Recebedor Entregador Distribuidor ou coordenador Entregador Distribuidor ou coordenador A Loja Gerente de Setor Diretor de Loja Gerente de Setor Diretor de Loja Promotor Distribuidor ou coordenador Supervisor de vendas Promotor Distribuidor ou coordenador Supervisor de vendas Conhecer a estrutura das redes/lojas é imprescindível para a conquista de novas oportunidades

7 Excelente relacionamento com todos da loja

8 Principais atividades: Entregar o Pedido a cada semana Abastecer, com produtos novos, os displays de acordo com os princípios básicos de exposição Retirar produtos vencidos e/ou solicitados na chamada de encalhe Realizar, dentro dos prazos, o roteiro de visitas pré-estabelecido pelo coordenador Registrar na loja sua entrada e saída Mantenha contato constante com o entregador A bastecimento O roteiro do promotor deve estar em sintonia com a rota do entregador

9 SORTIMENTO O mix de produtos de cada loja é definido a partir de duas óticas Contato com o Distribuidor/Coordenador/Promotor Que terão o papel de absorver informações sobre o perfil da loja: público, check stand(quantidade e formato) Informações do Produto X Mix da loja Caracterísicas do produto, histórico de vendas, perfil da loja (AB, BC, ou CD), perfil de leitores, quantidade de displays e sugestão dos promotores M ix de Produtos Solicite ao seu Coordenador/Distribuidor um ranking loja a loja dos produtos mais vendidos. Isso trará maior poder de decisão na exposição dos produtos

10 G estão de estoques e categorias Mix loja a loja Ferramenta de gerenciamento para o distribuidor e para o promotor.

11 O objetivo principal de uma boa exposição é elevar ao máximo a compra por impulso. TÉCNICA PÃO QUENTE Premissas por prioridade 1º Revistas que vendem mais na loja e no mercado de revistas 2º Revistas mais recentes 3º Edições promocionadas, com brinde eventual ou de aniversário 4º Revistas com maior volume físico 5º Infantis sempre nas prateleiras baixas 6º Masculinas (Vip, Sexy, Playboy) nas prateleiras altas. E xposição

12 Considerar Periodicidades Semanais : Giro rápido Manter boa exposição durante pelo menos os 5 primeiros dias (expor na parte superior dos displays) Quinzenais :Giro rápido Precisam ter boa exposição durante pelo menos os 10 primeiros dias. Mensais Grande concentração de vendas nas 3 primeiras semanas. Manter boa exposição durante pelo menos os 20 primeiros dias. E xposição

13 IMPORTANTE ! Produtos com venda representativa nos últimos dias/semanas podem ser mantidos Produtos com venda constante devem ter boa exposição, pois a venda está concentrada nos primeiros dias Se houver pouco espaço nos displays a revista que substituir deve ter melhor performance Evite a repetição de títulos no mesmo display, exceto nos casos em que não existam revistas suficientes no display Os displays do check stand NÃO PODEM FICAR VAZIOS. Se os displays não estiverem preenchidos de revistas o supermerdado retira os displays e preenche os espaços com outros produtos. E xposição

14 Os produtos Abril DEVEM ficar na parte superior dos displays CHECK STAND ABRIL concorrência E xposição Abril concorrência

15 Neste exemplo os produtos ABRIL devem ficar onde a fila começa CHECK STAND E xposição concorrência Abril

16 Neste caso o display com as revistas ABRIL devem ficar no mesmo lado em que o consumidor irá passar seus produtos na esteira E xposição CHECK STAND

17 Rodízio de revistas entre displays distribuir o reparte em todos os displays intercalar quando o reparte for insuficiente redistribuir quando a revista não estiver vendendo no atual display E xposição

18 Títulos concorrentes em nossos Displays ou check-outs fechados! E xposição NUNCA

19 1- Contagem de revistas Faça a contagem das revistas recolhidas de acordo com a Chamada de Encalhe (CE) Recolha todo o encalhe, exemplares avariados e edições vencidas Procure ao redor dos ponto de exposição por exemplares perdidos, pois muitas vezes revistas retiradas dos displays não são devolvidas. D evolução

20 2 - Chamada de Encalhe Preencher a CE em 3 vias: 1ª Via : entregue a loja para a emissão da nota fiscal de devolução. Essa via DEVE ser anexada a nota fiscal para a devolução do pedido Atenção: Orientar o pessoal da loja para emitir a nota fiscal de devolução, no cadastro da Editora Abril, sob o CNPJ: / ª Via: Coloque dentro da 1ª caixa da devolução 3ª Via: Ficará com o Promotor para ser entregue ao Supervisor D evolução

21 3 - Etiqueta de devolução: Preenchimento da Etiqueta de devolução: Cidade: preencher com a cidade, o nome do Promotor e nº da guia do bloco de devolução; Supermercado: preencher com o nome e o bairro da loja; Data: preencher com a data em que foi preparada a devolução; Nº Nota Fiscal: este campo será preenchido pelo motorista; Nº de Volumes: preencher, antes da barra, com o nº da caixa e, após a barra, o nº total de caixas da devolução. Ex: Se for 1 caixa, escrever na etiqueta: 1/1; se forem 2 caixas, escrever na primeira caixa: 1 / 2 e, na segunda caixa: 2/2. D evolução

22 4 - Manuseio do físico Coloque o encalhe nas caixas de devolução Lacre com a fita exclusiva do varejo Coloque a etiqueta de devolução em cada caixa 5 - Preparar caixas para devolução Defina com o responsável da loja um local para colocar as caixas de devolução Note: é importante ter um local fixo para evitar problemas na hora da transportadora retirar as caixas da loja 6 - Nota fiscal de saída da loja A nota será gerada de acordo com a via de devolução entregue pelo Promotor 7 - Retirada do encalhe físico A transportadora, após entregar o novo pedido para o cliente, recolhe as caixas de devolução existentes D evolução

23 DEVOLUÇÃO DE REVISTAS BONIFICADAS: As revistas bonificadas terão que ser guardadas em caixas separadas das caixas das revistas que serão devolvidas e deverá ser escrito nelas: REVISTAS BONIFICADAS – NÃO PODEM SER DEVOLVIDAS ; Quando, num mesmo pedido, houver revistas bonificadas e faturadas, a devolução seguirá as seguintes regras, conforme exemplos : - Número de Vendas maior que o número de revistas bonificadas: Devolver todas as revistas restantes como encalhe. - Número de Vendas menor que o número de revistas bonificadas: Nesse caso as sobras de revistas faturadas devem ser consideradas encalhe a ser devolvido. Sobras de revistas bonificadas devem ser colocadas em caixas separadas. D evolução

24 C ancelamento Ocorre quando há divergência de informações entre o pedido/nota (quantidade, preço, etc) e o físico O QUE FAZER ?? Identifique o real motivo para a recusa de recebimento Comunique IMEDIATAMENTE seu supervisor/distribuidor Solicite ajuda para resolver o problema Gerente de Categoria, Gerente da Loja, Gerente de recebimento, etc. Brigue sempre pelo seu produto! Se o pedido não puder ser entregue, as vendas são seriamente prejudicadas

25 Da concorrência Monitorar, no dia-a-dia, atividades da concorrência e quaisquer outras situações/atividades que afetem nossas vendas. Ex.: Novos títulos Espaços extras Ações promocionais Comunicar ao supervisor de vendas as sugestões de alteração de Reparte. Ele por sua vez, encaminhará as sugestões para o comercial varejo. M onitoramento Das Vendas Comunicar imediatamente o supervisor

26 (( Sucesso e boa vendas! )) Game final


Carregar ppt "Formação Comercial de Promotores do Grande Varejo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google