A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Material elaborado pelo Setor de Educação Profissional Maio/2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Material elaborado pelo Setor de Educação Profissional Maio/2011."— Transcrição da apresentação:

1 Material elaborado pelo Setor de Educação Profissional Maio/2011

2 Orientações Didático Pedagógicas

3 O BJETIVO N osso objetivo é o oferecimento de cursos de qualidade para todos os participantes, oferecendo aos monitores/instrutores dos cursos da FIC, suporte didático metodológico para o planejamento, elaboração e avaliação de suas aulas.

4 M ISSÃO, PRINCÍPIOS ÉTICOS E VISÃO DA FUNDAÇÃO BRADESCO M issão Promover a inclusão social por meio da educação e atuar como multiplicador das melhores práticas pedagógico-educacionais junto à população brasileira socioeconomicamente desfavorecida. P rincípios Éticos Integridade Equidade Compromisso com a informação e com a eficiência nos resultados Relacionamento construtivo Liderança responsável. V isão Queremos que nossas escolas sejam as melhores, principalmente na formação do homem, um homem de caráter. Amador Aguiar

5 C ONHECENDO A FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA NA FUNDAÇÃO BRADESCO O objetivo da Formação Inicial e Continuada é a inserção de jovens e adultos no mercado de trabalho, por meio da e qualificação profissional, em sintonia com o perfil socioeconômico e cultural da região.... os cursos e programas referem-se a capacitação, o aperfeiçoamento e a especialização, em todos os níveis de escolaridade. Poderão ser ofertados segundo itinerários formativos, objetivando o desenvolvimento de aptidões para a vida produtiva e social... Texto retirado do DECRETO Nº 5.154, DE 23 DE JULHO DE 2004

6 C ONHECENDO A FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA NA FUNDAÇÃO BRADESCO D iretrizes FIC – Planejamento dos Cursos, Gestão Pedagógica e Gestão Administrativa. E strutura de Áreas e Cursos N ormas e orientações da escola (cada escola deverá preencher as suas orientações especificas)

7 O PAPEL DO MONITOR/INSTRUTOR C apacitar e qualificar, disseminando o conhecimento, utilizando-se de um conjunto de atividades que visam o desenvolvimento de competências (conhecimentos, habilidades, atitudes, valores e emoções)* e formas de comportamento exigidos para o exercício das funções próprias de uma profissão ou grupo de profissões em qualquer ramo de atividade. *Referencial da Educação Profissional da Fundação Bradesco

8 jjjjjj O PAPEL DO MONITOR/INSTRUTOR Gostar, respeitar e acreditar naquilo que faz, ou seja, através de seus atos e ações ele servirá de modelo para seus alunos. Ensinar que a aprendizagem não ocorre somente em sala de aula. Se estivermos atentos aprendemos a todo momento e não só na escola com o monitor/instrutor. Assim, o participante irá desenvolver um espírito empreendedor e interessado pelas coisas que existem; ele desenvolverá uma necessidade por aprender, tornando-se um ser questionador e crítico da realidade que o circunda.

9 P LANEJANDO A AULA P rocure conhecer os cursos que a escola tem a oferecer e não apenas o seu assunto. C ertifique-se da coerência entre os trabalhos a serem desenvolvidos e o plano de aula. P laneje as atividades de forma a não extrapolar o tempo previsto, nem encerrar os trabalhos muito cedo. Preveja tempo para exemplos, exercícios de fixação e perguntas. Utilize o plano de aula e dimensione o tempo para cada atividade proposta. P repare os materiais de apoio com antecedência (textos, apostila, fotos, etc.), inclusive, os equipamentos que utilizará em sua aula. C ertifique-se das normas da escola. Acerte horários de intervalo, controle de presença e outros formulários do curso.

10 PLANEJANDO A AULA P ara uma aula eficaz, o monitor deve criar interesse primeiro, então maximizar o entendimento e a retenção, envolver os participantes durante a aula e reforçar o que está sendo apresentado. Existem algumas maneiras de se fazer isso.

11 P LANEJANDO A AULA A o planejar suas aulas atenção para: Os participantes (para que público vou falar?) Local onde elas acontecerão (como é o ambiente pedagógico e o que ele oferece?) Nível de conhecimento (há algum conhecimento prévio do trabalho proposto?) Interesses e peculiaridades (o que o aluno deseja neste curso e qual motivo?) Nível de atenção (como posso prender a atenção de todos?) Período do curso (manhã/tarde/noite) – perceba que em determinados períodos o estado físico e psicológico do participante pode requerer estratégia de ensino diferenciada.

12 O BSERVANDO E AVALIANDO CADA PARTICIPANTE P articipação em Sala (Iniciativa e Motivação) O participante: 1.Questiona para sanar dúvidas? 2.Faz perguntas pertinentes aos assuntos? 3.Responde aos questionamentos do monitor/instrutor? 4.Faz analogia entre os assuntos abordados apresentando suas experiências profissionais, de forma a elevar o nível do curso? 5.Apresenta-se como voluntário para dinâmicas e trabalhos propostos? 6.Contribui efetivamente nos trabalhos e dinâmicas de grupo? 7.Apresenta soluções criativas diante dos problemas propostos? 8.Está satisfeito em participar do curso? 9.Sente-se beneficiado com a oportunidade que a Fundação Bradesco está lhe proporcionando? 10.Demonstra entusiasmo em aprender mais com os assuntos tratados no programa?

13 O BSERVANDO E AVALIANDO CADA PARTICIPANTE I nteresse (Atenção e concentração) O participante: 1.Está concentrado no conteúdo? 2.Está atento às explicações? 3.Está disperso no assunto? 4.Está sonolento? 5.Quando sonolento busca formas alternativas para ficar atento? 6.Está sentado adequadamente demonstrando interesse pelo curso? 7.Está apático? 8.Conversa com os colegas do lado, de modo a atrapalhar a aula? 9.Faz brincadeiras impróprias?

14 O BSERVANDO E AVALIANDO CADA PARTICIPANTE I nteresse (Atenção e concentração) O participante: 10. Traz o material de leitura prévia e demonstra conhecer o seu conteúdo? 11.Tem necessidade de buscar mais informações sobre o assunto tratado? 12.Fica atento as respostas e/ou observações do monitor/instrutor? 13.Presta atenção quando outro colega do grupo faz perguntas ou observações sobre o assunto? 14.Ausenta-se da sala de aula? 15.Solicita constantemente saída antecipada do curso?

15 E DUCAÇÃO INCLUSIVA Cada vez mais as escolas e empresas estão despertando para a necessidade de se tornarem inclusivas. Conheça cada tipo de deficiência: Pessoa com deficiência física Pessoa com deficiência auditiva Pessoa com deficiência visual Pessoa com deficiência de fala Pessoa com paralisia cerebral Pessoa com deficiência intelectual Pessoa com deficiência múltipla Sugestão de consulta: Publicação - Conviva com a Diferença (Dicas para o relacionamento social com pessoa com deficiência) Fonte de pesquisa: Espaço da cidadania (www.ecidadania.org.br)

16 I NICIANDO OS TRABALHOS EM SALA DE AULA A presente-se, conte sua experiência, diga qual é sua expectativa em relação ao grupo, etc. S olicite a apresentação dos participantes (nome, lugar onde reside, quais expectativas em relação ao curso, conhecimentos prévios do curso, outros cursos, etc.) C omente temas atuais relacionados à aula. Explique a todos o seu programa, os objetivos da aula, a ordem em que os trabalhos serão desenvolvidos e a forma de condução da aula.

17 I NICIANDO OS TRABALHOS EM SALA DE AULA Incentive a participação dos alunos, abrindo espaço para discussão sobre o tema, cuidando para que o foco não seja desviado. Caso tenha algum imprevisto e vá se atrasar ou faltar, avise imediatamente a equipe escolar. Controle a duração de intervalos. Indique leituras e pesquisas complementares para quem quiser se aprofundar. Encerrada a aula, informe aos alunos sobre a próxima atividade, se houver.

18 D ICAS PARA UMA AULA DE SUCESSO Q ual o pré-requisito fundamental para uma boa aula ? Conhecimento da matéria/conteúdo e relacionamento interpessoal C omo conquistar a platéia ? Sugestão Livro: O Corpo Fala Os elementos não-verbais da comunicação social são responsáveis por aproximadamente 65% do total das mensagens enviadas e recebidas(gestos e expressões) Assim, apenas 35% do significado de uma conversa corresponderiam às palavras pronunciadas, tom de voz e palavras* A estrutura de sua aula deve ter: Começo Meio *Prof. Mônica Portella Fim Doutora em psicologia social Instituto MVC M. Vianna Costacurta & Associados Pierre Weill Editora Vozes

19 D ICAS PARA UMA AULA DE SUCESSO C rie interesse: Uma história para começar ou uma imagem visual interessante. Conte uma pequena história relevante, uma história de ficção, uma história em quadrinho, apresente uma imagem ou um gráfico que prendam a atenção dos participantes. Um problema para dar início. Apresente um problema em torno do qual a aula será estruturada. Uma pergunta anterior aos trabalhos em sala de aula. Faça uma pergunta aos participantes (mesmo se eles tenham pouco conhecimento prévio) de modo que eles fiquem motivados a assistir a sua aula para obter a resposta.

20 D ICAS PARA UMA AULA DE SUCESSO M aximize o entendimento e a retenção: Títulos. No desenvolvimento da aula utilize palavras-chave que ajam como ajuda para a memória. Exemplos e analogias. Dê idéias ou explanações da vida real durante a aula e se possível crie uma comparação entre o seu material e o conhecimento e a experiência que os participantes já tenham. Apoio. Explore recursos que utilizem todos os sentidos.

21 D ICAS PARA UMA AULA DE SUCESSO E nvolva os participantes durante a aula: Desafios momentâneos. Interrompa a aula periodicamente e desafie os participantes a dar exemplos dos conceitos apresentados até então ou a responder perguntas específicas. Atividades ilustrativas. Através da apresentação, entremeie atividades breves que ilustrem pontos que você está abordando.

22 D ICAS PARA UMA AULA DE SUCESSO R eforce a aula: Aplicações. Apresente um problema ou uma pergunta para os participantes resolverem baseados nas informações apresentadas na aula. Revisão. Peça aos participantes para reverem o conteúdo da aula um com o outro ou dê a eles um teste de auto-avaliação.

23 A TIVIDADES E RECUROS QUE PODERÃO CRIAR UMA MAIOR DINÂMICA PARA SUA AULA 1. aula expositiva 2. artigos de jornais / revistas 3. brainstorming 4. debate/discussão 5. demonstração 6. desenhos/figuras 7. filmes/vídeos 8. flip chart 9. gincanas 10. laboratório 11. leitura/interpretação de textos 12. painéis 13. visitas técnicas 14. narração de histórias 15. música 16. perguntas e respostas 17. pesquisa 18. pesquisa de campo 19. pôsteres 20. quadro negro/branco 21. relatórios/testemunhos 22. relaxamento 23. revisão 24. solução de problemas 25. trabalho em equipe 26. etc.

24 R EFLETINDO SOBRE VOCÊ Valorize seu conhecimento sobre o assunto. S ó aceite um convite para ministrar o curso caso se sinta motivado, confortável com o tema e disponível nas datas previstas. E vite situações de última hora e só prometa o que pode cumprir. C uidados com erros de português. Bom vocabulário e boa gramática também reforçam a competência. * *A Escola Virtual da Fundação Bradesco oferece cursos gratuitos Comunicação Escrita (www.ev.org.br) De acordo com o Novo Acordo (www.ev.org.br)

25 A TENÇÃO PARA VOCÊ! U ma boa imagem também reforça a competência. Lembre-se que você será muito observado e, certamente, servirá de modelo e exemplo para seus participantes. M uito cuidado com a apresentação pessoal: roupas inadequadas para o trabalho, perfumes e acessórios em excesso e, principalmente, a postura, podem comprometer sua mensagem. D iscrição no ambiente de trabalho é um fator que o diferencia. A Escola Virtual da Fundação Bradesco oferece cursos gratuitos Postura e Imagem Profissional (www.ev.org.br)

26 O RIENTAÇÕES GERAIS E star atento as tendência e inovações do mercado de trabalho, buscando uma visão globalizada do trabalho desenvolvido V isitar congressos, feiras e ambientes profissionais sobre o assunto C onsultar revistas, livros, filmes, etc. P rezar pela qualidade e organização dos materiais e utensílios e ambiente de trabalho A tentar para a vocação regional E stimular os alunos a recriar e melhorar o que já foi aprendido com qualidade e criatividade

27 O RIENTAÇÕES GERAIS E star atento aos requisitos de responsabilidade social e ambiental E stimular a formação continuada (Itinerário Formativo) O rientar sobre questões de segurança O portunize a realização de atividade práticas, pois elas são tão importantes quanto as aulas teóricas U tilizar, durante o curso, a tecnologia a favor do aluno

28 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS Auxiliar de Cabeleireiro Cortes de Cabelo Penteados Alisamento e Ondulação Livros DANTAS, Cristiane. ABC do colorista. In: Revista Cabelos e Cia. 66. ed. Rio de Janeiro: Ediouro, agosto GOMES, Álvaro Luiz. O uso da tecnologia cosmética no trabalho do profissional. São Paulo: Senac, PETTA, Rosângela. O belo século. In: Revista Nova Beleza. 21. ed. São Paulo: abril, Revistas Revista Cabelos & Beleza. São Paulo: Nova Cultural, I magem Pessoal - Beleza Colorimetria Livros DANTAS, Cristiane. ABC do colorista. In: Revista Cabelos e Cia. 66. ed. Rio de Janeiro: Ediouro, agosto GOMES, Álvaro Luiz. O uso da tecnologia cosmética no trabalho do profissional. São Paulo: Senac, PETTA, Rosângela. O belo século. In: Revista Nova Beleza. 21. ed. São Paulo: abril, Revistas Revista Cabelos & Beleza. São Paulo: Nova Cultural, Guia da Coloração nº 2 – Parte integrante da Revista Cabelos & Cia, pág. 67

29 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS Manicure e Pedicure Revistas PERSONALITÉ: revista profissional multidisciplinar. São Paulo, n. 18. jul./ago REVISTA CURSO PROFISSIONALIZANTE MANICURE. São Paulo, Ed. Escala. n ed Livros Série Atlas Visuais: anatomia humana. São Paulo, Ed. Ática. 1. ed Sites I magem Pessoal - Beleza

30 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS Maquiagem Livros KOUDELA, Ingrid D. Jogos teatrais. São Paulo: Perspectiva, VITA, Ana Carlota. História da maquiagem, da Cosmética e do Penteado. São Paulo: Anhembi Morumbi. Sites I magem Pessoal - Beleza

31 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS Auxiliar de Cozinha Livros A Boa Mesa – São Paulo, Nova Cultural Ltda, BLEU Le Cordon. Todas as Técnicas Culinárias. AMPUB Comercial LTDA. São Paulo, SP. 5ª impressão CARPER, Jean. Alimentos o melhor remédio para a boa saúde, 9ª ed, Rio de Janeiro, Campus, Centro de Vigilância Sanitária – Orientações para Estabelecimentos Comerciais de Alimentos. 2ª Edição – Revisada Sites T urismo e Hospitalidade - Serviços de Alimentação

32 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS Cozinha Quente Livros A BOA MESA. São Paulo: Abril Cultural, BARRETO, Ronaldo L. Pontes. Passaporte para o Sabor. São Paulo: Editora Senac, BOSSI, Betty. Gratins Potees et tous les Souffles. Zurich: Editions Betty Bousi S. A., La Cuisine de Maman. Zurich: Editions Betty Bousi S. A., Sites T urismo e Hospitalidade - Serviços de Alimentação

33 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS Cozinha Fria Livros A BOA MESA. São Paulo: Abril Cultural, BARRETO, Ronaldo L. Pontes. Passaporte para o Sabor. São Paulo: Senac, CASCUDO, Câmara. História da alimentação no Brasil. São Paulo: Companhia Editora Nacional, FANELLI, Ana et al. Larousse da Cozinha Prática. São Paulo: Larousse, Sites T urismo e Hospitalidade - Serviços de Alimentação

34 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS ConfeitariaLivros Publicação Celebrate: aprendendo a confeitar com bicos Wilton Le Cordon Bleu: Dessert Techniques 1999 / Bridget Jones & Laurent Duchene Ed. William Morrow and Company, INC / New York The Professional Pastry Chef Bo Friberg - 3rd edition 1996 / John Wiley & Sons, INC / New York Larousse Gastronomique Prosper Montagne Hardcover / 2001 / Martha Stewarts Pies & Tarts Hardcover T urismo e Hospitalidade - Serviços de Alimentação

35 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS Garçom Livros BARRETO, Margarita. Manual de iniciação ao estudo do turismo. Campinas: Papirus, BARRETO, Ronaldo L.P. Passaporte para o sabor: tecnologias para a elaboração de cardápios. 6ª.ed. São Paulo: Senac, São Paulo, BECK, Heinz; GIRAUDO, Umberto; PINOLI, Simone; REITANO, Marco. A arte e ciência do serviço. São Paulo: Editora Anhembi Morumbi, Sites segmentos/sol-e-praia/integra_bia?ident_unico=515 segmentos/sol-e-praia/integra_bia?ident_unico= T urismo e Hospitalidade - Serviços de Alimentação

36 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS Organizador de Eventos Livros BRENOL, Renato. Manual de Eventos. São Paulo,2001 COSTA, Cleuza Gimenez. Organização de Eventos. São Paulo: Summus,1997. GOLDANICK, Karin. Turismo de Eventos. São Paulo, NUNES, Marina Martinez. Cerimonial para executivos. Porto Alegre: Sagra, Recepcionista de Hospedagem/ Agente de Reservas Livros CANDIDO, Indio; VIEIRA, Elenara Vieira. Recepção Hoteleira. Caxias do Sul: EDUCS, GUIA Quatro Rodas Brasil. São Paulo. Ed. Abril – Diversos anos. PEREZ, Luis di Muro. Manual prático de recepção hoteleira. São Paulo: Roca, E ixo Tecnológico - Hospitalidade e Lazer

37 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS Artesanato Livros Em nome do autor – artistas e artesãos do Brasil (Beth Lima & Valfrido Lima) Catálogos do Sebrae Referências encaminhadas em 2010 Catálogos de lojas de decoração Filmes Videoconferência realizada em 2010 – Arte e Artesanato do Brasil Sites blogs de artesanato sites de revistas de decoração sites de lojas de artesanato Revistas Faça Fácil / Make / Casa Claudia / Casa e Jardim / Kasa / Marie Claire Idees Lazer e Desenvolvimento Social

38 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS Confecção Feminina Confecção Infantil Confecção Masculina Malharia e Moletom Lingerie Moda Praia Bijuterias Confecção de Bolsas em Tecido Moda Casa Patchwork Produção e Arte em Patchwork Customização Livros BELMIRO, Arnaldo. Modelagem para Confecção de Roupas, Ediouro, LEVENTON, Melissa. História Ilustrada do Vestuário Editora Publifolha, ROBATTO, Sonia. Corte e Costura, Editora Melhoramentos, Filmes O Diabo Veste Prada Prêt-à-Porter Caderno de notas sobre roupas e cidades COCO AVANT CHANEL Imagem Pessoal - Moda

39 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS Confecção Feminina Confecção Infantil Confecção Masculina Malharia e Moletom Lingerie Moda Praia Bijuterias Confecção de Bolsas em Tecido Moda Casa Patchwork Produção e Arte em Patchwork Customização Sites Revistas Revista Manequim – Editora Abril Revista Elle – Editora Abril Criativa – Editora Globo Costura Perfeita Estilo – Editora Abril Imagem Pessoal - Moda

40 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS Elétrica Eletricidade Básica Eletrônica Manutenção de Eletrodomésticos Instalações Elétricas Residenciais Livros AIUB, José E.;FILONI, Enio. Eletrônica: Eletricidade - Corrente Contínua. Editora Érica. ALBUQUERQUE, Rômulo O. Análise de Circuitos em Corrente Alternada. Editora Érica. ALBUQUERQUE, Rômulo O.; SEABRA, Antônio C. Utilizando Eletrônica com AO, SCR, TRIAC, UJT, PUT, CI 555, LDR, LED, FET e IGBT. Editora Érica. CAVALIN, Geraldo; CERVELIN, Severino. Instalações Elétricas Prediais. Editora Érica. CAPUANO, Francisco G.; Marino, Maria Aparecida M.Laboratório de Eletricidade e Eletrônica. Editora Érica CAPUANO, Francisco G.; IDOETA, Ivan V. Elementos de Eletrônica Digital. Editora Érica. CIPELLI, Antônio M. V.;SANDRINI, Waldir J.; MARKUS, Otávio. Teoria e Desenvolvimento de Projetos de Circuitos Eletrônicos. Editora Érica. CRUZ, Eduardo C. A.; JUNIOR, Salomão C. Eletrônica Aplicada. Editora Érica. FILHO, Domingos L.L. Projetos de Instalações Elétricas Prediais - Estude e Use. Editora Érica. Eixo Tecnológico - Controle e Processos Industriais

41 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS Elétrica Eletricidade Básica Eletrônica Manutenção de Eletrodomésticos Instalações Elétricas Residenciais Sites Revistas Revista Saber Eletrônica Revista Mecatrônica Atual Revista Mecatrônica Fácil Revista Elektor Eletrônica & Informática Eixo Tecnológico - Controle e Processos Industriais

42 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS Produção Gráfica Tecnologia e Impressão Offset Livros BAER, Lorenzo. Produção Gráfica, Editora Senac. CARRAMILLO, Mario Neto. Produção Gráfica I e II. Editora Global. ROSSI, Sergio F. Glossário de termos técnicos em comunicação Gráfica, Editorial Cone Sul. ROSSI, Sergio F. Manual para Solução de Problemas em Impressão Offset, Abigraf-MG. Truecolor System Offset Plana I. Ed. J.J.Carol Revistas e Sites Revista Tecnologia Gráfica ABTG/SENAI, Editora Clemente & Gramani Editora e Comunicações - Revista ABIGRAF, Editora Clemente & Gramani Editora e Comunicações. - Associação Brasileira da Indústria Gráficawww.abigraf.org.br Revista Publish, Editora Dabra Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica Indústria / Tecnologia Gráfica

43 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS Digitação Windows XP Word Básico Word 2007 Intermediário Word Avançado Internet 8.0 Excel Básico Excel 2007 Intermediário Excel Avançado PowerPoint 2007 Básico PowerPoint 2007 Avançado Access Avançado Montagem de Microcomputadores Livros FRYE, Curtis. Microsoft Office Access 2007-Rápido e fácil. Editora Artmed FRYE, Curtis. Microsoft Office Excel 2007-Rápido e fácil. Editora Artmed PAIXÃO, Renato R. Montagem e configuração de computadores: guia prático. Editora Érica. PAIXÃO, Renato R. Manutenção de computadores: guia prático. Editora Érica. MANZANO, André L. N. G; MANZANO, Maria Izabel L. N. G; Estudo Dirigido de Microsoft Office Word Editora Érica. MANZANO, André L. N. G; MANZANO; Estudo Dirigido de Microsoft Office Excel Editora Érica. MANZANO, André L. N. G; MANZANO; Estudo Dirigido de Microsoft Office Power Point Editora Érica. WANG, Wallace; Microsoft Office 2007 para leigos. Editora Alta Books WRITH, Almir. Hardware PC: Guia de Referência. Editora Alta Books Revista PC & Cia - Eixo Tecnológico – Informação e Comunicação

44 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS Informática para Deficientes Visuais Virtual Vision Internet Word 2007 – Básico Excel 2007 – Básico HTML com Acessibilidade Windows Livros CLEMENTE, Carlos Aparício. Cartilha Conviva com a Diferença. São Paulo, Espaço da Cidadania. MELO, Helena Flávia de Rezende. A cegueira trocada em miúdos. Campinas, Universidade Estadual de Campinas Sites Revistas Revista Incluir Revista Inclusão Revista Ciranda da Inclusão Eixo Tecnológico – Informação e Comunicação

45 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS CISCO Acessando a WAN Comutação de Rede Local e Sem Fio Fundamentos de Redes Protocolos e Conceitos de Roteamento IT Essentials - Hardware e Software Guia Site CCNA – Guia de Estudo para Certificação Eixo Tecnológico – Informação e Comunicação

46 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS Gestão Organizacional Auxiliar Administrativo Livros BERTERO, C. O. Ensino e Pesquisa em Administração. Editora Pioneira. GIBSON, J.L.; IVANCEVICH, J.M e DONNELLY Jr. Organizações. São Paulo: Editora Atlas. PASTORE, J. A Evolução do Trabalho Humano. São Paulo. LTR Editora. ROBBINS, S. Bem vindo ao inconstante mundo do trabalho, Administração: Mudanças e Perspectivas. Editora Saraiva Site Auxiliar Administrativo em Vendas Livros KOTLER, P. Marketing. Edição compacta. São Paulo. Editora Atlas. KOTLER, P. KELLER, K. L. Administração de Marketing. São Paulo. Editora Atlas. Site E ixo Tecnológico - Gestão e Negócios

47 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS Auxiliar Administrativo em Dep. Pessoal Livros BENDASSOLLI, P. F. Psicologia e trabalho. Editora Pioneira MASCARENHAS, A. O. J. M. Gestão Estratégica de Pessoas. Editora Pioneira VECCHIO. R. P. O. Comportamento Organizacional. Editora Pioneira. Site Auxiliar Administrativo Contábil e Financeiro Livros BRAGA. R. Fundamentos e técnicas de administração financeira. Editora Atlas. HOJI. Masakau. Administração Financeira: uma abordagem prática. São Paulo. Editora Atlas. SILVA. J. P. Análise Financeira das empresas. Editora Atlas Site E ixo Tecnológico - Gestão e Negócios

48 CURSOMATERIAISREFERÊNCIAS Gestão de Negócios Empreendedorismo: Transformando saberes em negócios Livros AIDAR, M. M. Empreendedorismo. Cengage Learning. BARKER, Alan. 30 Minutos para Gerar Grandes Idéias. São Paulo: Ed. Clio. DORNELAS, J. C. A. Empreendedorismo – transformando ideias em negócios. Editora Campus. DORNELAS, J. C. A. Empreendedorismo na prática. Editora Campus. DRUCKER, Peter. Administração de Organizações Sem Fins Lucrativos: Princípios e Práticas. São Paulo. Editora Pioneira. Site amento E ixo Tecnológico - Gestão e Negócios

49 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS Agricultura Forragicultura Fruticultura Paisagismo e Jardinagem Sistema de Produção Agroflorestal Cartografia e Topografia Mecanização Agrícola Produção de Hortaliças Agroindústria Derivados da Carne Derivados de Frutas e Hortaliças Derivados do Leite Gestão Agropecuária Administração Rural Capatazia Rural Livros Revistas Anualpec 2010 Agrianual 2010 Renergy 2010 DBO Revista Brasileira de Zootecnia – Revista Visão da Agricultura - E ixo Tecnológico - Agropecuária

50 CURSOSMATERIAISREFERÊNCIAS Pecuária Inseminação Artificial em Ovinos Inseminação Artificial em Bovinos Caprinocultura Bovinocultura de Leite Bovinocultura de Corte Equinocultura Ovinocultura Apicultura Avicultura Piscicultura Suinocultura Sites Sociedade Brasileira de Zootecnia - Portal Agripoint - (Portais Farm Point, Milk Point, Beef Point, Café Point)www.agripoint.com.br Laboratório de Análises Socioeconômicas e Ciência Animal DBO - Revista O Berro E ixo Tecnológico - Agropecuária

51 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS Mac OS Linguagem Visual Photoshop: Tratamento de Imagem Illustrator: Editoração Eletrônica InDesign: Editoração Eletrônica Finalização e Fechamento de Arquivos Digitais Direção de Arte Livros BOAS, Andre Villas. O que é e o que nunca foi Design Gráfico, Editora 2AB. BOAS, Andre Villas. Produção Gráfica para Designers, Editora 2AB. DABNER, David. Guia de artes gráficas, design e layout, Ed. Gustavo Gili FRASER, Tom e BANKS, Adam. O guia completo da cor, Editora Senac GAUDÊNCIO, Norberto Junior. Herança Escultórica da Tipografia, Editora Rosari. GUIMARÃES, Luciano. A Cor como Informação, Ed. Anna Blume KAHNER, Leander. A cabeça de Steve Jobs, Ed. Agir. MARTINS, José. A Natureza Emocional da Marca, Editora Negócio. NORTH, Winfried e SATAELLA, Lucia. Comunicação & Semiótica, Editora Hacker. PEDROSA, Israel. Da cor à cor inexistente. Editora Senac. PEDROSA, Israel. O Universo da Cor. Editora Senac. Comunicação/Artes – Artes Gráficas

52 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS Mac OS Linguagem Visual Photoshop: Tratamento de Imagem Illustrator: Editoração Eletrônica InDesign: Editoração Eletrônica Finalização e Fechamento de Arquivos Digitais Direção de Arte Livros ALVES, William Pereira. Adobe Illustrator Cs5 - Descobrindo E Conquistando, Editora Erica ANDRADE, Marcos Serafim de. Adobe Photoshop Cs5, Editora Senac. ANDRADE, Marcos Serafim de. Adobe InDesign Cs5, Editora Senac. FASCIONI, Lígia. O Design do Designer. Ed. Ciência Moderna. FIDALGO, João. Adobe Photoshop Cs5, Editora Erica. MUNARI, Bruno. Design e Comunicação Visual, Ed. Martins Fontes. PELTIER, Fabrice e SAPORTA, Henri. Design Sustentável, Ed. Senac. POGUE, David. MacOSX, Ed. Campus. Revistas e Sites Revista MacMais, EditoraDigerati - Revista Design Gráfico, Ed. Design Gráfico - Revista Publish, Editora Dabra - Comunicação/Artes – Artes Gráficas

53 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS HTML e CCS Básico Dreamweaver: Editoração para Website Flash: Desenvolvimento de Website Livros ALVES, William Pereira. Crie, Anime e Publique Seu Site Utilizando Fireworks, Flash e Dreamweaver - Cs5, Editora Erica. ANDRADE, Marcos Serafim de. Adobe Photoshop Cs5, Editora Senac. CHICOLI, Milton. Guia Prático de Criação de Sites - Html Css Javascript Dreamweaver Hospedagem e Publicação de Sites. Editora Digerati Books. FIDALGO, João. Adobe Photoshop Cs5, Editora Erica. MCFARLAND, David Sawyer. Css - O Manual que Faltava. Editora Digerati Books. MIYAGUSKU, Renata Hiromi Minami. Crie sites arrasadores. Editora Digerati Books. Comunicação e Artes

54 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS HTML e CCS Básico Dreamweaver: Editoração para Website Flash: Desenvolvimento de Website Livros MARCONDES, Christian Alfim. HTML 4.0 Fundamental - A Base da programação para Web, Editora Érica SAMY, Maurício Silva. Construindo Sites com Css e Html, Editora Novatec. Revistas e Sites Revista Wide - Revista Info Exame Revista Web - Comunicação e Artes

55 CURSOS MATERIAIS REFERÊNCIAS Desenho Artístico Fundamentos da Pintura Estilização Desenho Vetorial com Illustrator Pintura Digital com Photoshop Linguagem dos Quadrinhos Animação 2D em Flash Livros BENEDETII, Ivone C. Benedetti. Fundamentos do Desenho Artístico, Editora Martins Fontes Catálogo Ilustrando em revista. Editora Abril EDWARDS, Betty. Desenhando Com O Lado Direito do Cérebro, Editora Sinergia. HOGARTH, Burne. O desenho da Cabeça Humana sem Dificuldade, Editora Evergreen. HALLAWELL, Philip. A Mao Livre - Linguagem E Tecnicas Do Desenho, Editora Melhoramentos. PARRAMÓN, José M. Como desenhar a cabeça humana e retratos. Editorial Presença. PIOLOGO, Ricardo e Rodrigo. Flash Animado com os irmãos Piologo, Editora Novatec. Talento 14. Talento Publicações. Revistas e sites – Associação Brasileira dos Ilustradores Profissionais – Sociedade dos Ilustradores do Brasil Revista Computer Arts Brasil, Editora Europa - Comunicação e Artes – Artes Visuais

56 Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende. (Guimarães Rosa)


Carregar ppt "Material elaborado pelo Setor de Educação Profissional Maio/2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google