A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lavratti.com Orçamento de despesas gerais a)Conceitos; b)Custos; c)Premissas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lavratti.com Orçamento de despesas gerais a)Conceitos; b)Custos; c)Premissas."— Transcrição da apresentação:

1 lavratti.com Orçamento de despesas gerais a)Conceitos; b)Custos; c)Premissas.

2 lavratti.com Slide 2/6 Orçamento de despesas gerais Conceitos Padoveze, Clóvis Luís. Controladoria básica. Aspectos a serem observados: a)Orçamento seguindo a hierarquia estabelecida; b)Departamentalização; c)Orçamento para cada área de responsabilidade; d)Custos controláveis; e)Quadro de premissas; f)Levantamento das informações base; g)Observação do comportamento dos custos; h)Orçar cada despesa segundo sua natureza e comportamento.

3 lavratti.com Slide 3/6 Orçamento de despesas gerais Conceitos Padoveze, Clóvis Luís. Controladoria básica. Organograma empresarial e departamentalização: o critério mais utilizado para a estrutura do orçamento é o da departamentalização. São criados centros de custos ou centros de despesas. Accoutability e custos controláveis: cada centro de custos deve ter seu orçamento e sua responsabilidade. Cada responsável deve fazer sua prestação contas. Rateio no orçamento de despesas departamentais: deve-se evitar o rateio nos orçamentos. As despesas devem ser alocadas aos centos de custos. Orçamento por atividades: as empresas que utilizam o Custeio ABC para os custos, devem utilizar o mesmo método para os orçamentos. Características comportamentais dos gastos: cada despesa deve ser orçada segundo duas características comportamentais. Geralmente são custos e despesas fixas e custos e despesas variáveis.

4 lavratti.com Slide 4/6 Orçamento de despesas gerais Custos Padoveze, Clóvis Luís. Controladoria básica. Custos fixos comprometidos: são os custos ligados intrinsecamente à utilização de um parque fabril ou comercial são os gastos para manter a fábrica ou as vendas em operação. Aluguéis de imóveis operacionais, prestação de arrendamento mercantil de equipamentos, taxas de funcionamento, gastos com associações de classe, contratos de manutenção e conservação de imóveis e edifícios. Custos fixos discricionários: são os gastos administrados e podem ser alterados, dependendo da dotação orçamentária anual. Podem ser evitados ou minimizados. Despesas com publicidade e propaganda, contratos de assessoria e consultoria, benefícios sociais a empregados, doações e subvenções, despesas com treinamento de pessoal. Custos variáveis: quando o custo tem relação direta e proporcional com o volume de produção. Materiais diretos e comissões sobre vendas. Custos semivariáveis: custo que tem sua variação diferente da proporção do volume produzido. Gastos com ferramentas, dispositivos, manutenção, materiais auxiliares, materiais de escritório. Custos semifixos: têm uma parcela fixa e uma parcela que varia com a produção. Despesas com telefone, energia elétrica, água e esgoto, contratos de consumação mínima.

5 lavratti.com Slide 5/6 Orçamento de despesas gerais Custos Padoveze, Clóvis Luís. Controladoria básica. Custos estruturados: quando há variação em relação ao elemento sob o qual é estruturado ou ligado, e é a causa de seu valor maior ou menor. Despesas de viagens relacionadas com a quantidade de vendedores, assistentes técnicos e compradores, despesas de consulta a entidades de proteção ao crédito, que estão relacionadas com os pedidos de venda e análise de crédito a serem efetuados, despesa de cobrança com duplicatas são estruturadas em relação à quantidade de duplicatas emitidas. Determinação do comportamento dos custos e orçamento: a experiência empresarial é suficiente para classificar os custos. Mas, pode ser necessário um estudo mais aprofundado. Despesas a serem orçadas: cada departamento deve ter seu próprio orçamento. São quatro grupos gerais: mão-de-obra direta e mão-de-obra; consumo de materiais indiretos; despesas gerais departamentais; depreciações e amortizações departamentais. Mão-de-obra: remuneração paga aos funcionários e os encargos sociais incidentes. Salários, horas extras, prêmios de venda, prêmios de produção, adicionais legais. Encargos legais, férias, décimo terceiro salário, assistência médica, alimentação, transporte de funcionários, plano de aposentadoria.

6 lavratti.com Slide 6/6 Orçamento de despesas gerais Premissas Padoveze, Clóvis Luís. Controladoria básica. Dados quantitativos: número de funcionários por centro de custo, direitos e indiretos; horas a serem trabalhadas por centro de custo, diretas e indiretas. Consumo de materiais indiretos: materiais auxiliares, ferramental e dispositivos, combustíveis, lubrificantes, material de manutenção, material de conservação e limpeza, materiais de segurança do trabalho, material de expediente, material de escritório. Despesas gerais departamentais: energia elétrica; telecomunicações e comunicações; despesas de viagens, estadias e refeições; gastos com consumo de água e esgoto; publicidade, propaganda, brindes, anúncios, publicações; comissões sobre vendas; aluguéis e arrendamento mercantil; fretes e carretos de venda; outros fretes e carretos não incorporados ao custo dos materiais; seguros de todos os tipos; serviços terceirizados; outros serviços de terceiros não incorporados ao custo dos materiais; consultoria, assessoria, auditoria externa; despesas legais; serviços autônomos. Depreciações e amortizações: no orçamento, deve-se colocar os itens já existentes e os que serão adquiridos. Premissas e dados base: aumentos periódicos, indicadores de correção de preços, variações de produtividade, sazonalidade.


Carregar ppt "Lavratti.com Orçamento de despesas gerais a)Conceitos; b)Custos; c)Premissas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google