A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROJECTO DOMICÍLIOS 100% LIVRES DE FUMO Instituto de Educação – Universidade do Minho 02 de Novembro de 2011 José Precioso (a), Manuel Macedo (b), Carolina.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROJECTO DOMICÍLIOS 100% LIVRES DE FUMO Instituto de Educação – Universidade do Minho 02 de Novembro de 2011 José Precioso (a), Manuel Macedo (b), Carolina."— Transcrição da apresentação:

1 PROJECTO DOMICÍLIOS 100% LIVRES DE FUMO Instituto de Educação – Universidade do Minho 02 de Novembro de 2011 José Precioso (a), Manuel Macedo (b), Carolina Araújo (a) a)Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho Braga - Portugal b)Hospital de Braga- Braga - Portugal

2 1.OBJECTIVOS: Promover o abandono do consumo de tabaco no interior das casas Proteger as crianças da exposição do fumo do tabaco Prevenir o consumo de tabaco pelas crianças e adolescentes

3 2. FUNDAMENTOS Desvantagens do fumo ambiental do tabaco para as crianças Elevada prevalência de crianças expostas Relação entre o consumo de tabaco dos pais no domicilio e o consumo de tabaco pelos filhos

4 3. ESTRATÉGIA 1. Pequena abordagem teórica dobre os efeitos do fumo passivo e ativo 2. Elaboração de materiais preventivos (Dístico para colocar em casa). 3. Enviar um desdobrável sobre as consequências do fumo passivo aos pais. 4. Envolver as crianças para que elas exerçam o seu poder de persuasão e tentem fazer com que os pais não fumem em casa (role playing). 5. Assinatura de uma declaração em que o pai/mãe se compromete com a criação de um domicílio sem fumo. 6. Afixação de autocolantes em casa e no carro a informar que é proibido fumar. 7. Afixação de cartazes por locais estratégicos tendo os pais como alvo.

5 Pequena abordagem teórica sobre os efeitos do fumo passivo e activo

6 O consumo de tabaco pelas crianças, os adolescentes e jovens adultos é um problema de saúde grave.

7 Amigdalite Bonquite Otite

8

9

10

11

12

13

14

15

16 O Maior risco que as crianças e os jovens correm quando começam a fumar, é o de ficarem dependentes do tabaco, muitas vezes para a vida inteira e vir a sofrer da inúmeras doenças causadas pelos tabaco.

17 Uma vez iniciada a dependência expõem-se a eles próprios a um risco imediato e futuro de contrair doenças graves (Health Education Authority, 1991).

18

19

20 1.Risco acrescido de aborto espontâneo; 2. Aumento da incidência de parto prematuro; 3. Excesso de mortalidade pré-natal 4. Nascimento de bebés com baixo peso. 5. Síndrome da Morte Súbita do Lactente

21 Existem evidências suficientes para inferir uma relação causal entre fumo do tabaco e um desenvolvimento e função pulmonar diminuída, sintomas respiratórios (tosse, expectoração, pieira e dispneia) (U.S. Department of health and human Services, 2004).

22 No relatório de do Surgeon General de 2004, pode ler-se que as crianças expostas ao fumo passivo têm um maior risco de sofrer infecções respiratórias, problemas de ouvidos e ataques de asma mais graves

23

24 Elaboração de materiais preventivos

25 Mantenha o ar limpo Não fume! O 2 Educação 1ºAno Pense verde

26

27

28

29 em casa! Proibido fumar!

30 Distribuir folhetos aos pais sobre o fumo passivo e ativo.

31 O professor deve distribuir os folhetos pelos alunos. Estes devem levá-los para casa e entregar ao pai/mãe!

32 Envolver as crianças para que elas exerçam o seu poder de persuasão e tentem fazer com que os pais não fumem em casa (role playing)

33 TREINAR AS CRIANÇAS A PERSUADIR OS PAIS A NÃO FUMAREM EM CASA

34

35 ENSINAR AS CRIANÇAS A CONVENCER OS PAIS A NÃO FUMAREM EM CASA. 1)Pedir aos alunos que pensem em argumentos para convencer os pais a não fumarem em casa. 2)Fazer exercícios de role playing na aula, nos quais o professor faz de pai/mãe e o aluno tenta convencer (pai/mãe) a não fumar em casa! 3)Registar os melhores argumentos no quadro. 4)Cada aluno deve escolher os argumentos mais adequados ao seu contexto e aplicá-los em casa.

36 ALGUNS ARGUMENTOS QUE OS FILHOS PODEM UTILIZAR PARA CONVENCER OS PAIS A NÃO FUMAREM EM CASA! Pai/mãe não fumes em casa porque faz mal à tua e à minha saúde. Pára de fumar porque estás a poluir o ar. Estás a provocar um cheiro insuportável dentro de casa..

37 Assinatura de uma declaração, em que o pai/mãe se compromete com a criação de um domicílio sem fumo, não fumando em casa.

38 Eu,_____________________________,, PROMETO proteger o(a) meu(minha) filho(a) ________________________________ dos riscos para a saúde associados ao fumo do tabaco passivo, mantendo a minha casa e o meu automóvel livres de fumo! Janeiro de 2007 _________________ Assinatura do Filho(a) _________________ Assinatura do Pai/Mãe

39 O professor deve distribuir as declarações pelos alunos. Estes devem levá-la para casa e pedir ao pais/mãe para assinar. As declarações depois de assinadas devem ser entregues ao professor/a. O professor/a devolve a declaração ao aluno/a para este entregar ao pai/mãe.

40 Afixação de autocolantes em casa e no carro.

41 em casa! Proibido fumar…

42 O professor deve distribuir os autocolantes pelos alunos. Estes devem levá-los para casa e pedir ao pais/mãe para os afixarem em casa e no carro!

43 Afixação de cartazes em locais estratégicos.

44

45


Carregar ppt "PROJECTO DOMICÍLIOS 100% LIVRES DE FUMO Instituto de Educação – Universidade do Minho 02 de Novembro de 2011 José Precioso (a), Manuel Macedo (b), Carolina."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google