A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Teoria clássica da administração Jules Henri Fayol.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Teoria clássica da administração Jules Henri Fayol."— Transcrição da apresentação:

1 Teoria clássica da administração Jules Henri Fayol

2 Autor e criador Jules Henri Fayol nascido em 1841, formado em engenharia de minas aos 19 anos, por conta disso passou a trabalhar em uma companhia de metalurgia e minas, a Compagnie de Commentry- Fourchambeau-Decazeville em Commentry que se encontrava a beira da falência. Em decorrência de seu trabalho como gestor, levou a empresa a um novo patamar de resultados, foi promovido a diretor em 1888, quando a empresa já contava com cerca de 1000 funcionários, e manteve-se na posição até Fayol foi uma das primeiras pessoas que analisou a atividade empresarial e as principais atividades que cercam a gestão, como planejamento, o controle, a coordenação, a organização, dentre outros. Tornou-se um teórico clássico da administração fundando a Teoria clássica da administração pela qual é reconhecido no mundo inteiro. Ele também fundou o Centro de Estudos Administrativos, que reunia pessoas interessadas em administração, seja de negócios comerciais, industriais ou governamentais. Luther Guilicj, Oliver Sheldon, Lyndal F. Urwich e James d. Mooney são alguns dos seguidores do centro.

3 Teoria clássica da Administração Ênfase na estrutura Mais eficiência por meio da forma e disposição dos órgãos componentes da organização e das suas inter-relações estruturais. A teoria criada por Fayol identifica como as organizações são estruturadas e revela que existe uma ligação entre estratégia e teoria empresarial. Ela destaca que a empresa é uma organização que deve iniciar com uma estratégia, um plano e que para isso, o administrador deve definir os seus objetivos para praticar seu plano de administração, fala também que o líder é aquele que atua de forma firme, controlando, definindo e mantendo a ordem de sua organização. Fayol dizia que a administração é diferente das outras funções e por isso criou 14 princípios, que devem ser aplicados a gestão e são de imensa necessidade para o gestor, ele também destacou quais as funções do administrador.

4 Princípios da administração Unidade de direção;Uma cabeça e um plano para cada grupo de atividades que tenham o mesmo objetivo. Unidade de comando; Cada empregado deve receber ordens de apenas um superior. É o princípio da autoridade única. Disciplina: Depende da obediência, aplicação, energia, comportamento e respeito aos acordos estabelecidos. Autoridade e responsabilidade: Autoridade é o direito de dar ordens e o poder de esperar obediência; a responsabilidade é uma consequência natural da autoridade. Ambas devem estar equilibradas entre si. Divisão do trabalho;Consiste na especialização das tarefas e das pessoas para aumentar a eficiência. Subordinação dos interesses individuais aos da organização;Os interesses gerais devem sobrepor-se aos interesses particulares. Remuneração do pessoal;Deve haver justa e garantida satisfação para os empregados e para a organização em termos de retribuição. Centralização; Refere-se à concentração da autoridade no topo da hierarquia da organização. Ordem; Um lugar para cada coisa e cada coisa em seu lugar. É a ordem material e humana Cadeia; É a linha de autoridade que vai do escalão mais alto ao mais baixo. É o princípio do comando. Equidade; Amabilidade e justiça para alcançar lealdade do pessoal. Estabilidade do pessoal;A rotação tem um impacto negativo sobre a eficiência da organização. Quanto mais tempo uma pessoa permanecer num cargo melhor. Iniciativa; A capacidade de visualizar um plano e assegurar seu sucesso. Espírito de equipe; Harmonia e união entre as pessoas são grandes forças para a organização.

5 Funções do administrador - Prever e planejar: fazer uma previsão das possíveis situações de sua empresa; - Organizar: o gestor é responsável pelo organismo material e social da empresa; - Comandar: o gestor deve estar sempre pronto para dirigir e orientar sua organização. - Coordenar: o gestor deve estar pronto para harmonizar os conflitos de gestão: - Controlar: o gestor deve estar atento as normas que devem ser seguidas pela organização.

6 Frases de Henri Fayol "Administrar é prever, organizar, comandar, coordenar e controlar. "Coordenar é ligar, unir e harmonizar todos os atos e todos os reforços. "Administrar significa olhar à frente. "Dirigir é conduzir a empresa, tendo em vista os fins visados, procurando obter as maiores vantagens possíveis de todos os recursos de que ela dispõe. "A harmonia e a união das pessoas de uma empresa são grande fonte de vitalidade para ela. É necessário, pois, realizar esforços para estabelecê- la. "Controlar é velar para que tudo ocorra de acordo com as regras estabelecidas e as ordens dadas. "A primeira condição inerente ao chefe de uma grande empresa é a de ser bom administrador."

7 Caso G.M. - Alfred Sloan

8 GM Ao contrário da Ford que começara com uma pequena indústria individual extremamente centralizada, o G.M. era um conglomerado de empresas, compradas, aos poucos, e administradas ainda, pelos antigos donos. O conglomerado era administrado pelo seu criador, William Durant. Na década de 20, a GM era o caos, um emaranhado de negócios dispersos e desordenados. Endividada e com a produção à beira do colapso, a General Motors quase foi à falência.

9 Alfred Sloan na GM Ao assumir a presidência da empresa, Alfred Sloan, decidiu implantar a reestruturação que vinha estudando, fazia algum tempo. A solução para a General Motors em 1922 foi uma estrutura organizacional composta de oito divisões: cinco de automóveis e três de componentes automotivos. Essas divisões seriam denominadas, 50 anos mais tarde, de unidades estratégicas de negócios. Este modelo de administração foi denominado ADMINISTRAÇÃO DESCENTRALIZADA.

10 As diretriz básica da mudança se apoiaria em dois princípios O diretor de cada unidade de negócios (Chevrolet, Buick, Oldsmobile, Pontiac, Frigidaireetc) seria o responsável, com total independência, pela sua operação: projetar, desenvolver, fabricar e comercializar seus produtos. A Alta Administração se concentraria nas tarefas mais importantes da Corporação: diretrizes, auditoria, contabilidade, finanças, investimentos etc.

11 Estratégia de mercado Enquanto Henry Ford dizia que o consumidor poderia comprar qualquer carro desde que fosse um Ford preto, Sloan adotou a estratégia de um carro "para cada bolso e propósito". Sua linha ia do aristocrático Cadillac ao proletário Chevrolet. Resultado: em 1940, a GM alcançou o topo do mercado, com 47,5% das vendas, uma posição que seu concorrente não mais recuperaria.

12 CADILLAC CHEVROLET

13 Resultado Em 1940, a GM alcançou o topo do mercado, com 47,5% das vendas. A GM se tornou modelo de uma grande organização bem estruturada. As unidades de negócios eram centros de lucro, acompanhados com base nos números pela Alta Administração.

14 Frase de Alfred Sloan O importante é criar uma cultura, uma estratégia e uma direção global em toda empresa.

15 As ideias de Sloan foram implantadas na década de 20, mas sua divulgação ocorreu na década de 60, quando ele, perto dos 90 anos, escreveu suas memórias. Em 1946, Peter Drucker divulgou sua versão dessa estratégia, com a denominação de administração por objetivos, que foi sendo adotada pelas grandes empresas em todo o mundo. A invenção da administração descentralizada feita por Alfred Sloan na General Motors na década de 1920 exerceu um efeito mais profundo, embora menos visível sobre a sociedade do que a própria invenção do automóvel.

16


Carregar ppt "Teoria clássica da administração Jules Henri Fayol."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google