A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E ESTADO FLORA PORLAN MELISSA DRINGOLI Telepresença e Ensino a distância.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E ESTADO FLORA PORLAN MELISSA DRINGOLI Telepresença e Ensino a distância."— Transcrição da apresentação:

1 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E ESTADO FLORA PORLAN MELISSA DRINGOLI Telepresença e Ensino a distância

2

3 TELEPRENÇA: cenário atual Há 10 anos no mercado; revolucionando as relações de trabalho Evolução da videoconferência -> uma experiência mais próxima com a vida real Avanço das tecnologias – >maior uso por parte das grandes Estima-se que em > 2,1 milhões de assentos em aviões (3,5 bilhões de dólares de faturamento do setor) deixarão de ser reservados.

4 O SISTEMA Telepresença Tecnologia da Informação Cenografia Sensação de estar fisicamente próximo de pessoas distantes.

5 Requisitos básicos Parâmetros como localização, tipos de usuários e tipos de reuniões; Infraestrutura tecnológica; Internet de alta qualidade; Salas com iluminação, paredes, carpetes e móveis iguais; Aparelhagem sonora; Treinamento de profissionais : um líder técnico para cada localização e um gerente de instalações, que administra o sistema da perspectiva do cliente, garantindo reservas e solicitações, além de compilar estatísticas de uso.

6 Formas de interação: Telepresença imersiva do outro lado da mesa: faz com que as pessoas sintam como se estivessem sentadas do outro lado da mesa. Mais comum atualmente. Telepresença imersiva na mesma sala: a tecnologia é exclusividade da Polycom, que utiliza monitores de cinema com vídeo de alta definição, que produzem imagens completas das outras salas em proporções similares a da vida real para que as pessoas possam parar e caminhar ao redor da sala e assim interagir de forma dinâmica com os demais participantes.

7 Custo x Benefício Gasto médio das grandes empresas reservas de carro, hotéis, passagens de avião e demais despesas relacionadas:R$ 2,1 milhões/mês. Estima-se uma grande economia para a organização e os resultados podem ser surpreendentes Alto custo inicial em infra-estrutura: de 30 mil a 500 mil dólares Reuniões mais rápidas e com maior freqüência, sem o desconforto dos aeroportos, longos vôos e custos altos de hotéis.

8 Exemplo prático Amostra: empresa com receita anual igual ou superior a US$ 1 bilhão; Retorno financeiro sobre o investimento no curto período de até 15 meses; Agiliza tomadas de decisão, aumenta a produtividade de funcionários e proporciona um melhor equilíbrio entre trabalho e vida privada; Pode economizar perto de 900 viagens a negócios no primeiro ano de utilização; Pode reduzir suas emissões em toneladas no prazo de cinco anos = à remoção de 434 carros de passageiros das ruas por um ano (em termos de volume emitido de gases estufa) Pode reduzir suas emissões de CO2 em um total de até 5,5 milhões de toneladas O estudo da The Telepresence Revolution (A revolução da telepresença), encomendado pela organização CDP (Carbon Disclosure Project)

9 Case Procter & Gamble Vídeo

10 EAD: atendendo a novas demandas Mudança no conceito de presencialidade devido ao avanço de tecnologias interativas de comunicação; Tendência da educação em acompanhar a evolução social e tecnológica; Rápida disseminação de informações exige constantes atualizações; Educação tradicional não dá conta das novas exigências; Enfrenta a barreira do deslocamento – problema crescente nos dias de hoje

11 Evolução 1833: 1ª geração - correspondências: pouca interação entre professor e aluno 1970: 2ª geração inicia-se o uso da tecnologia da comunicação (telefone e televisão) : contato mais próximo, porém exigia muito tempo e dedicação do professor 1985: Grandes tecnologias: relação entre professor e aluno mais eficaz. Tecnologia de suporte: correio- eletrônico » Está entre nós há mais tempo do que imaginamos

12 Pontos relevantes Mudança na forma de comunicação e não na metodologia de ensino » modelo de avaliação do ensino presencial ainda é o mais adequado; O simples uso da tecnologia não garante qualidade; Pode ser semi-presencial (parte presencial e parte a distancia) ou totalmente a distancia; Interesse, iniciativa e disciplina do aluno são essenciais – aluno como sujeito do seu processo de aprendizagem. Depende do perfil do usuário e tipo de curso

13 A Educação a Distancia hoje Já existem instituições destinadas exclusivamente à educação a distancia, como a Open University (Inglaterra) e a Universidade Nacional a Distancia da Espanha; No Brasil é oferecido predominantemente por instituições que usam ensino a distancia e também o presencial; Ainda não se cogita a aplicação para crianças » necessidades específicas de desenvolvimento e socialização; Para alunos mais velhos – 22% dos estudantes tem menos de 24 anos.

14 Categorias de Educação a Distancia Método síncrono: exigem participação simultânea dos estudantes e professores; Tecnologia streaming – internet audiovisual Método assíncrono: não é necessário que todos os usuários participem ao mesmo tempo; Também pode ser uma mistura de comunicação on-line e off- line. Ambos têm internet como parte fundamental. Vantagens: Custo da teleconferência Utilização de ferramentas para comunicação em grupo Aprendizado colaborativo Ajuda a selecionar problemas como timidez

15 O aprendizado colaborativo Denominado CSCL (Computer Supported Collaborative Learning) – subdivisão dos sistemas CSCW (Computer Supported Cooperative Work); Proporciona o aprendizado a partir de discussões reflexivas e de ações construtivistas; É necessário: Diversos meios de comunicação entre o grupo; Meios de representação do conhecimento; Base de dados (memória) de informações discutidas pelo grupo.

16 Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) Também chamado de Learning Management System (LMS); Software que facilita a gestão de cursos virtuais; Todo o contato professor-aluno é realizado por meio deste software; Exemplo: Blackboard – software pago Moodle – sistema gratuito e de código aberto Desvantagem: carecem de suporte pedagógico – acompanhamento do processo de aprendizagem

17 Considerações finais A educação a distância é uma forma de telepresença; Redução dos custos operacionais; Agiliza processos; Superação da barreira da distância -> vídeo

18 Dúvidas? Vídeo: feature=related feature=related


Carregar ppt "TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E ESTADO FLORA PORLAN MELISSA DRINGOLI Telepresença e Ensino a distância."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google