A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Profº André Augusto Contabilidade de Custos. Terminologia Contábil Gasto: Compra de um produto ou serviço qualquer, que gera sacrifício financeiro para.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Profº André Augusto Contabilidade de Custos. Terminologia Contábil Gasto: Compra de um produto ou serviço qualquer, que gera sacrifício financeiro para."— Transcrição da apresentação:

1 Profº André Augusto Contabilidade de Custos

2 Terminologia Contábil Gasto: Compra de um produto ou serviço qualquer, que gera sacrifício financeiro para a entidade. Sacrifício esse representado por entrega ou promessa de entrega de ativos. (normalmente dinheiro).

3 Gasto: Conceito extremamente amplo e que se aplica a todos os bens e serviços adquiridos. Assim, temos gastos com a compra de matérias- primas; gastos com mão-de-obra, tanto na produção como na distribuição; gastos com honorários da diretoria; gastos na compra de um imobilizado, etc. Terminologia Contábil

4 Gasto : Compreende todo e qualquer pagamento referente ao recebimento de ativos, custos ou despesas. Ex.: Gasto com mão de obra ( salários e encargos ) Gasto com aquisição de mercadorias destinadas a revenda. Gasto com aquisição de matéria-prima para industrialização. Gasto com compra de ativos, como equipamentos ou máquinas. Gasto com aluguel de equipamentos ou máquinas. Gasto com água ou energia elétrica. Gasto com aluguel de equipamentos ou do prédio. Gasto com material de escritório. Terminologia Contábil

5 GASTOS: CUSTOS; DESPESAS; INVESTIMENTOS; PERDAS.

6 Custos São os gastos relativos a um bem ou serviço utilizado na produção de outros bens ou serviços. O Custo é um gasto, só que reconhecido como tal, isto é, como custo, no momento da utilização dos fatores de produção (bens e serviços), para a fabricação de um produto ou execução de um serviço. Terminologia Contábil

7 Exemplo1: A Matéria-prima foi um gasto em sua aquisição que imediatamente se tornou investimento, e assim ficou durante o tempo de sua estocagem; No momento de sua utilização na fabricação de um bem, surge o Custo da matéria-prima como parte integrante do bem elaborado. Este é, de novo, um investimento, já que fica ativado até sua venda. Terminologia Contábil

8 Exemplo2: A energia elétrica é um gasto, no ato da aquisição, que passa imediatamente para custo (por sua utilização) sem transitar pela fase de investimento. Exemplo3: A máquina provocou um gasto em sua entrada, tornando investimento (ativo) e, parceladamente, transformado em custo, via depreciação, à medida que é utilizada no processo de produção de utilidades. Terminologia Contábil

9 O sentido original da palavra Custo é aplicado a contabilidade referindo-se aos fatores de produção que são retirados do estoque e colocados no processo produtivo, adicionando a MÃO DE OBRA DIRETA e os Custos Indiretos de Fabricação. Terminologia Contábil

10 Despesas: Bem ou serviço consumido direta ou indiretamente para a obtenção de receitas. Exemplo1 : A comissão do vendedor, por exemplo, é um gasto que se torna imediatamente uma despesa. Exemplo2 : O microcomputador da secretária do diretor financeiro, que fora transformado em investimento, tem uma parcela reconhecida como despesa (depreciação), sem transitar por custo. Todos os custos que estão incorporados nos produtos acabados que são fabricados pela empresa industrial são reconhecidos como DESPESAS no momento em que os produtos são vendidos. Terminologia Contábil

11 Outros Exemplos: DESPESAS Salários e encargos sociais do pessoal de vendas. Salários e encargos sociais do pessoal do escritório de administração. Energia elétrica consumida no escritório. Gasto com combustíveis e refeições do pessoal de vendas. Conta telefônica do escritório e de vendas. Aluguéis e seguros do prédio do escritório. Encargos financeiros incorridos pela empresa, mesmo aqueles decorrentes da aquisição de insumos para a produção, são sempre considerados DESPESAS. Terminologia Contábil

12 -Distinção entre custo e despesa. Do ponto de vista didático, todos os gastos realizados na fabricação dos produtos até que esteja pronto, isto é, "dentro da fábrica, são custos. O restante dos gastos é despesa. Separação entre custo e despesa

13 É bastante fácil a visualização de onde começam os custos de produção, mas nem sempre é da mesma maneira simples a verificação de onde eles terminam. É relativamente comum a existência de problemas de separação entre custos e despesas de venda. A regra é simples, bastando definir-se o momento em que o produto está pronto para a venda. Até aí, todos os gastos são custos. A partir desse momento, despesas.

14 Investimento: São os gastos efetuados em ativo que serão imobilizados ou custos que serão ativados. São todos os gastos na aquisição de bens e serviços que venham a gerar benefícios futuros em função de sua vida útil. - Aquisição de Imóveis. - Aquisição de máquinas ou equipamentos. - Aquisição de matéria-prima. - Despesas pré-operacional. Terminologia Contábil

15 Observação importante ! Matéria -Prima é Investimento ou Custo ? a) Quando da aquisição, a matéria-prima é um gasto contabilizado temporariamente como Investimento ! b) Quando da utilização da matéria-prima no processo de produção é classificado como Custo ! Terminologia Contábil

16 Desembolso: É o ato financeiro de pagar uma divida, um serviço ou um bem ou direito adquirido. Pode ocorrer no momento do gasto, que são os pagamentos á vista, ou após o gasto, que são os pagamentos a prazo. Pagamento é o desembolso resultante da aquisição de bem e serviço. Terminologia Contábil

17 Perda: É o consumo de um bem ou serviço de forma anormal e involuntária. A perda não apresenta esforço algum como característica geral da receita. No entanto, assim como as despesas, as perdas são lançadas diretamente na conta de resultado do período da empresa. As perdas normais de matéria-prima no processo de produção ( de pequeno valor) são consideradas custo de produção do período. Terminologia Contábil

18 Alguns exemplos de perdas: - Perdas com incêndio. - Obsolescência de estoque. - Gasto de mão-de-obra durante período de greve. - Material deteriorado por defeito no equipamento. Terminologia Contábil

19 Um gasto pode transformar-se de investimento para custo ou despesa ou diretamente custo ou despesa. - Na compra de uma máquina de calcular, teremos um investimento. Se a máquina for utilizada na fábrica, sua perda de valor (depreciação) será registrada como custo. Se for utilizada na administração, sua perda de valor (depreciação) será despesa. - As matérias primas, quando adquiridas, são investimentos (serão classificadas no ativo), quando usadas na produção são custos. Depois de pronto, o produto acabado, será estocado, logo será investimento e depois de vendido. Terminologia Contábil

20 MP AQUISIÇÃO ESTOQUE MP UTILIZAÇÃO PRODUÇÃO Matéria Prima

21 Resumo... Custos: Gastos com bens e serviços ocorridos dentro do processo produtivo (se existir o nome fábrica,produção, processo produtivo) Despesas: Gastos com bens e serviços ocorridos fora do processo produtivo, mas que são necessários para a obtenção de receitas. (gerais, administrativas, vendas,...) Investimentos: Gastos com bens e serviços que serão ativados. (aquisição de equipamentos, terreno) Perda: É o consumo de um bem ou serviço de forma anormal e involuntária.

22 Resumo...

23 Complete as frases a seguir: I. _________________ consistem no sacrifício financeiro da entidade para obtenção de um produto ou serviço qualquer. A sua destinação pode ou não estar ligada à atividade fim do negócio. II. Os dispêndios, relativos a bens ou serviços utilizados na produção de outros bens ou serviços, portanto, associado à atividade fim do negócio, são chamados de ___________________. III. Quando os dispêndios são destinados à obtenção de receitas, não associados à produção de um produto ou serviço, são chamados de ____________________. Marque a opção que completa CORRETAMENTE as frases: (A) gastos, despesas e custos. (B) gastos, custos e despesas. (C) custos, gastos e despesas. (D) despesas, custos e gastos. Exercício de Fixação

24 A cooperativa dos produtores rurais do Município Avante produz e vende sacos de 50 kg de milho. De acordo com estimativas do setor produtivo, somente 98% dos grãos são aproveitados no processo de ensacamento. O contador de custos da cooperativa deve considerar os 2% normalmente desperdiçados durante a produção como: (A) despesas (B) custos (C) perdas (D) receitas (E) investimentos Exercício de Fixação

25 Exercícios

26 Identificar os itens a seguir e classifique como Custos (C), Despesas (D), Investimentos (I) ou Perdas (P) Exercício 01 - ( ) Gastos na produção 02 - ( ) Aquisição de equipamentos 03 - ( ) Comissões de Vendas 04 - ( ) Aquisição de matéria-prima 05 - ( ) Matéria prima utilizada no processo produtivo 06 - ( ) Mão-de-obra utilizada na fábrica 07 - ( ) Energia elétrica da sede ( ) Depreciação das máquinas da fábrica ( ) Seguro das máquinas da fábrica 10 - ( ) Fretes sobre vendas 11- ( ) Aquisição de um terreno 12 - ( ) Aquisição de um computador 13 - ( ) Gasto de mão-de-obra durante período de greve

27 Exercício 14 - ( ) Transferência de materiais dos estoques para a produção 15 - ( ) Seguro do Escritório 16 - ( ) Embalagens efetuadas durante o processo produtivo 17 - ( ) Embalagens efetuadas depois de o produto estar pronto 18 - ( ) Depreciação dos móveis da área administrativa 19 - ( ) Gastos com alimentação do pessoal da fábrica 20 - ( ) Constituição de provisões para o 13º do pessoal da fábrica 21 - ( ) Perdas de matérias-primas no processo normal de produção 22 - ( ) Pagamento de encargos financeiros relativos a empréstimos 23 - ( ) Energia Elétrica da Fábrica 24 - ( ) Perdas de matérias-primas devido a fatores externos 25 - ( ) Encargos sociais do pessoal da administração 26 - ( ) Material de escritório 27 - ( ) Perdas com incêndio. Identificar os itens a seguir e classifique como Custos (C), Despesas (D), Investimentos (I) ou Perdas (P)

28 Exercício OPERAÇÕESCLASSIF. I-C-D-P DESEMB. S/N 1. compra, à vista, de um computador 2. compra, a prazo, de matérias-primas 3. compra, à vista, de materiais secundários 4. transferência de matérias-primas do almoxarifado para a produção. 5. transferência de materiais secundários do almoxarifado para a produção 6. pagamento de prêmios de seguro, cobrindo a fábrica e os imóveis da administração comercial e financeira, com vigência de 1 ano a partir da contratação. 7. apropriação do seguro da fábrica à produção num determinado mês. 8. apropriação do seguro da administração. 9. pagamento de energia elétrica relativa às instalações industriais. 10. pagamento de energia elétrica relativa ao escritório de vendas. 11. apropriação dos gastos de mão-de-obra (inclusive encargos sociais) relativos ao pessoal de vendas. 12. idem 11, relativo ao pessoal de produção. 13. pagamento de encargos financeiros relativos à compras de matérias- primas. 14. pagamento de taxas sobre talões de cheques nos bancos. 15. apropriação, à produção, de honorários da diretoria industrial. Identificar os itens a seguir e classifique como Custos (C), Despesas (D), Investimentos (I) ou Perdas (P)

29 Exercício Identificar os itens a seguir e classifique como Custos (C), Despesas (D), Investimentos (I) ou Perdas (P) OPERAÇÕESCLASSIF. I-C-D-P DESEMB. S/N 16. despesas à vista com refeições do pessoal. da fábrica. 17. idem 16, com pessoal de vendas. 18. depreciação de móveis e utensílios da área comercial e administrativa. 19. idem 18, da área de produção. 20. pagamento de fretes e carretos sobre matérias-primas e materiais secundários adquiridos (incorporam-se ao valor dos materiais comprados) 21. pagamentos de fretes e carretos sobre produtos vendidos pela fábrica. 22. construção de provisões para 13 e férias do pessoal da fábrica. 23. idem, do pessoal da administração comercial. 24. apropriação de variação monetária passiva sobre empréstimos pós-fixados de longo prazo para aumento das instalações da fábrica. 25. pagamento de 13 ao pessoal da fábrica, sendo que não houve nenhuma diferença em relação ao que foi provisionado. 26. danificação de matérias-primas em função de incêndio. 27. gasto (já pago) com mão-de-obra da fábrica num período de greve (acordo com o sindicato resultou no pagamento de dias parados). 28. perda de matérias-primas num processo normal produção. 29. embalagem efetuada em produto no decorrer do processo de produção 30. idem 29, após o processo de produção.


Carregar ppt "Profº André Augusto Contabilidade de Custos. Terminologia Contábil Gasto: Compra de um produto ou serviço qualquer, que gera sacrifício financeiro para."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google