A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Contabilidade de Custos Fácil Prof. William Barreto

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Contabilidade de Custos Fácil Prof. William Barreto"— Transcrição da apresentação:

1 Contabilidade de Custos Fácil Prof. William Barreto

2 Capítulo 2 Conceitos de Custos

3 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo – vários significados em uma empresa comercial: pode ser utilizado para representar o custo das compras de mercadorias, o custo de mercadorias disponíveis para venda, custo das mercadorias vendidas etc.; empresa de prestação de serviços: o custo dos serviços prestados etc.; empresa industrial: representa o custo das compras de matérias-primas, o custo das matérias-primas disponíveis, o custo direto de fabricação, os custo dos produtos vendidos etc. Custos, Despesas e Investimentos

4 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Gasto Desembolso à vista ou a prazo para a obtenção de bens ou serviços, independentemente da destinação que esses bens ou serviços possam ter na empresa. Investimentos Gastos com a aquisição dos bens de uso e dos bens que serão inicialmente mantidos em estoque para que no futuro sejam negociados, integrados ao processo de produção ou consumidos. Custo Compreende a soma dos gastos com bens e serviços aplicados ou consumidos na fabricação de outros bens. Custos, Despesas e Investimentos

5 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Diferença entre Custo e Despesa (em uma empresa industrial) Custo O custo integra o produto; vai para o estoque e aumenta o AC. Despesa A despesa reduz o lucro; vai para o resultado e reduz o PL. Custos, Despesas e Investimentos

6 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Conceito: Soma dos gastos com bens e serviços aplicados ou consumidos na fabricação de outros bens. Elementos: Materiais Mão-de-obra Gastos gerais de fabricação Custo de Fabricação ou Custo Industrial

7 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Materiais: objetos utilizados no processo de fabricação, podendo ou não entrar na composição do produto. Classificação: a)Matéria-prima: substância bruta principal e indispensável na fabricação de um produto. b)Materiais secundários: materiais aplicados na fabricação em menores quantidades que a matéria-prima. c)Materiais auxiliares: todos os materiais, que embora necessários ao processo de fabricação, não entram na composição dos produtos; d)Materiais de embalagem: materiais destinados a acondicionar ou embalar os produtos antes que eles deixem a área de produção. Custo de Fabricação

8 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Mão-de-obra: É o esforço do homem aplicado na fabricação de produtos. Ex.: salários, benefícios e outros. Gastos Gerais de Fabricação: Demais gastos necessários para a fabricação dos produtos, os quais, pelas própria natureza, não se enquadram como materiais ou como mão-de-obra. Ex.: aluguéis, energia elétrica, serviços de terceiros etc. Custo de Fabricação

9 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Classificação dos Custos de Fabricação Em Relação aos Produtos Custos Diretos Custos Indiretos Em Relação ao Volume de Produção Custos Fixos São custos que permanecem estáveis independentemente de alterações no volume da produção. Exemplos: aluguel, água, energia elétrica, salários e encargos, seguro do imóvel etc. Custo de Fabricação

10 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custos Variáveis São custos que variam em decorrência do volume da produção Exemplo: matéria-prima Custos Mistos Custos semifixos: são custos fixos que possuem parcela variável. Custos semivariáveis: custos variáveis que possuem uma parcela fixa. Custo de Fabricação

11 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo dos Produtos Vendidos Soma dos gastos com materiais, mão-de-obra e gastos gerais de fabricação aplicados ou consumidos na fabricação dos produtos que foram fabricados e vendidos pela empresa. Fórmula: CPV = Custo dos produtos vendidos EIPA = Estoque inicial de produtos acabados CPAP = Custo da produção acabada no período EFPA = Estoque final de produtos acabados Custo de Fabricação CPV = EIPA = CPAP - EFPA

12 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo dos Produtos Vendidos Custo de Fabricação Demonstração do custo dos produtos vendidos 1. Estoque inicial de Matérias-primas 2. (+) Compras Líquidas de Matérias-primas* 3. (=) CUSTO DAS MATÉRIA-PRIMAS DISPONÍVEIS (1+2) 4. (-) Custo das Matérias-primas Não Aplicadas na Produção 4.1 Estoque Final de Matérias-primas 4.2 Custo das Vendas de Matérias-primas 4.3 Subprodutos Acumulados no Período 4.4 Outros 5. (=) CUSTO DAS MATÉRIAS-PRIMAS APLICADAS (3-4) 6. (+) Mão-de-obra Direta 7. (=) CUSTO PRIMÁRIO (5+6) *Valor pago ao fornecedor, influenciado pelos fatos que alteram os valores das compras. continua...

13 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo de Fabricação Demonstração do custo dos produtos vendidos 8.0 (+) Outros Custos Diretos 8.1 Materiais Secundários 8.2 Materiais de Embalagem 8.3 Outros Materiais 8.4 Gastos Gerais de Fabricação Diretos 9. (=) CUSTOS DIRETOS DE FABRICAÇÃO (7+8) 10. (+) Custos Indiretos de Fabricação Materiais Indiretos Mão-de-obra Indireta Gastos Gerais de Fabricação Indiretos 11. (=) CUSTO DE PRODUÇÃO DO PERÍODO (9+10) 12. (+) Estoque Inicial de Produtos em Elaboração continua...

14 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo de Fabricação Demonstração do custo dos produtos vendidos 13. (=) CUSTO DE PRODUÇÃO (11+12) 14. (-) Estoque Final de Produtos em Elaboração 15. (=) CUSTO DA PRODUÇÃO ACABADA NO PERÍODO (13-14) 16. (+) Estoque Inicial de Produtos Acabados 17. (=) CUSTO DOS PRODUTOS DISPONÍVEIS PARA VENDA (15+16) 18. (-) Estoque final de Produtos Acabados 19. (=) CUSTO DOS PRODUTOS VENDIDOS (17-18)

15 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Expressões Técnicas Utilizadas na DCPV Custo das Matérias-primas Disponíveis Total das matérias-primas que a empresa teve à disposição durante o período para aplicar na produção. Fórmula: Custo de Fabricação CMPD = EIMP + CLMP

16 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo das Matérias-primas Aplicadas Custo das Matérias-primas Disponíveis diminuído do somatório dos seguintes valores: custo do estoque final de matérias- primas, custo das vendas de matérias-primas, valor dos subprodutos acumulados durante o período e outros eventos que venham a reduzir o custo das matérias-primas disponíveis. Fórmula: Custo de Fabricação CMPA = CMPD – EF – V – SP -O

17 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo Primário Gastos com Matérias-primas Aplicadas mais os gastos com Mão- de-obra Direta. Fórmula: Custo de Fabricação CP = MP + MOD Custo de Transformação Soma dos gastos com mão-de-obra (direta e indireta) com os gastos gerais de fabricação (diretos e indiretos), aplicados na transformação dos materiais em produtos. Fórmula: CT = MOT + GGFT

18 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo de Produção do Período ou custo de Fabricação do Período Soma dos custos incorridos na produção do período dentro da fábrica. Fórmula: Custo de Fabricação CPP = Materiais + MO + GGF Custo de Produção Custo de Produção do Período mais o Estoque Final de Produtos em Elaboração. Fórmula: CP = EIPE + CPP

19 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo de Produção Acabada no Período Custo de Produção menos o Estoque final de Produtos em Elaboração. Fórmulas: Custo de Fabricação CPA = CP - EFPE Custo de Produtos Disponíveis para Venda Todos os custos dos produtos que a empresa teve à sua disposição para vender durante o período. Fórmula: CPDV = EIPA + CPA CPA = EIPE + CP - EFPE

20 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Fórmula Simplificada para Apuração do Custo de Produção do Período Fórmula: Custo de Fabricação CPP = MP + MOD + CIF CPP = Custo de produção do período; MP = Matéria-prima; MOD = Mão-de-obra direta; CIF = Custos indiretos de fabricação (todos os materiais diretos e indiretos, exceto a matéria-prima, a mão-de-obra indireta e os gastos gerais de fabricação diretos e indiretos).

21 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo de Fabricação Custo dos Serviços Prestados é uma expressão em uso nas empresas que prestam serviços; o serviço a terceiros pode ser prestado tanto por pessoas físicas (profissionais autônomos), ou por empresas; Custo de prestação de serviço valor do salário e encargos do trabalhador que executou uma tarefa;

22 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Existem vários sistemas: uns com fins específicos de alocar aos produtos os Custo Indiretos (Custeio Departamental e Custeio ABC) capítulos 9 e 10 do presente livro; Outros com fins específicos de promover a composição do Custo Total de Fabricação dos produtos (Custeio Direto, Absorção e RKW) Sistema de Custeio

23 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Sistema de Custeio Direto e Variável Contempla como custo de fabricação somente os custos diretos ou variáveis; Não é aceito pelo Fisco para direcionar a contabilização dos custos incorridos aos produtos; A adoção do sistema de custeio direto fica restrita a fins gerenciais. Sistema de Custeio por Absorção Contempla como custo de fabricação todos os custos incorridos no processo de fabricação do período, sejam eles diretos ou indiretos. Sistema de Custeio

24 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Sistema de Custeio RKW (Reichskuratorium für Wirtschaftlichtkeit) Criado por um órgão governamental da Alemanha, contempla como custo dos produtos todos os custos e as despesas incorridos no período; No Brasil, contabilmente é inviável a adoção desse sistema, por ferir os Princípios Fundamentais de Contabilidade. Sistema de Custeio

25 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Considere as seguintes informações extraídas do controle interno de uma empresa industrial, relativa ao mês de fevereiro de X1. Foram iniciadas e concluídas durante um mês, a fabricação de 100 unidades do produto A; Matéria-prima, mão-de-obra direta e outros Custos Diretos importaram em $20.000,00; Os custos indiretos de fabricação importaram em $5.000,00 As despesas incorridas no período importaram em $7.000,00 Exemplo Prático

26 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo de Fabricação Custo Diretos20.000,00 =Custo de Fabricação do Período20.000,00 Resultado Custo Indiretos5.000,00 + Despesas7.000,00 =Prejuízo do período12.000,00 Custeio Direto

27 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo de Fabricação Custo Diretos20.000,00 +Custo Indiretos 5.000,00 =Custo de Fabricação do Período25.000,00 Resultado Despesas7.000,00 =Prejuízo do período7.000,00 Custeio por Absorção

28 Capa da Obra Capítulo 2 Conceitos de Custos Custo de Fabricação Custo Diretos20.000,00 +Custo Indiretos 5.000,00 +Despesas 7.000,00 =Custo de Fabricação do Período32.000,00 Resultado (Sem movimentação) Custeio por RKW


Carregar ppt "Contabilidade de Custos Fácil Prof. William Barreto"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google