A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Mão de Obra Mão-obra... afinal, o que é isto?. Mão de Obra Conceito A mão-de-obra compreende o trabalho do homem aplicado direta ou indiretamente na.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Mão de Obra Mão-obra... afinal, o que é isto?. Mão de Obra Conceito A mão-de-obra compreende o trabalho do homem aplicado direta ou indiretamente na."— Transcrição da apresentação:

1 1 Mão de Obra Mão-obra... afinal, o que é isto?

2 Mão de Obra Conceito A mão-de-obra compreende o trabalho do homem aplicado direta ou indiretamente na fabricação dos produtos. O custo com a mão-e-obra não corresponde apenas aos gastos com salários, mas engloba todos os gastos com o pessoal envolvido na produção: aqueles decorrentes da folha de pagamento, com os encargos sociais e trabalhistas (salários, décimo terceiro salário, férias, contribuições de previdência, contribuição para FGTS, seguro contra acidentes do trabalho,gratificação etc.), e também os demais gastos com o pessoal, como assistência médica e social, transportes, viagens e estadias, lanches e refeições etc.

3 Classificação Mão-de-Obra Direta e Mão-de-Obra Indireta

4 4 Mão-de-Obra Direta

5 5 Mão de Obra Mão de Obra Direta (MOD): todo o salário pago ao operário que trabalha diretamente no produto, cujo tempo pode ser identificado com a unidade que está sendo produzida. Mão de Obra Direta (MOD): todo o salário pago ao operário que trabalha diretamente no produto, cujo tempo pode ser identificado com a unidade que está sendo produzida.

6 6 Conceito de MOD Refere-se apenas ao pessoal que trabalha diretamente sobre o produto em elaboração, "desde que seja possível a mensuração do tempo despendido e a identificação de quem executou o trabalho, sem necessidade de qualquer apropriação indireta ou rateio" (Martins, 1998: 143). Refere-se apenas ao pessoal que trabalha diretamente sobre o produto em elaboração, "desde que seja possível a mensuração do tempo despendido e a identificação de quem executou o trabalho, sem necessidade de qualquer apropriação indireta ou rateio" (Martins, 1998: 143).

7 Mão-de-Obra Direta Compreende os gastos com pessoal que trabalha diretamente na fabricação dos produtos. A Mão-de-obra Direta é aquela que pode ser facilmente identificada em relação aos produtos, como por exemplo o salário do torneiro mecânico, do tecelão, do carpinteiro,os quais trabalham diretamente na transformação das matérias-primas.

8 8 Mão-de-obra Indireta

9 Mão-de-Obra Indireta Compreende os gastos com pessoal que trabalha na empresa sem interferir diretamente na fabricação dos produtos: Sempre que não for possível identificar o gasto com pessoal em relação às unidades produzidas, esse gasto será Mão-de-obra Indireta. Como exemplos de Mão-de-obra Indireta citamos: salário dos supervisores da fábrica, dos chefes de seção, dos faxineiros, dos eletricistas e mecânicos que fazem manutenção nas máquinas e equipamentos industriais etc. Esse pessoal não age diretamente na fabricação deste ou daquele produto, porém os serviços que prestam beneficiam toda a produção em conjunto, sendo portanto necessário que esses gastos sejam rateados, por critérios estimados ou arbitrados, para os diversos produtos fabricados.

10 Contabilização da Mão-de-Obra Direta Gastos decorrentes da folha de pagamento A empresa industrial deve manter controles que permitam perfeita identificação da Mão-de-obra Direta em cada produto fabricado. Para isso, apontamentos são feitos em mapas, boletins de mão-de-obra diários ou até mesmo diretamente nas ordens de produção, facilitando a atribuição do valor do respectivo gasto para cada mês. No final de cada mês, as empresas industriais, a exemplo dos demais tipos de empresas, elaboram a folha de pagamento contendo os gastos com salários e demais encargos sociais e trabalhistas incorridos no respectivo mês.

11 Contabilização da Mão-de-Obra Direta A folha de pagamento poderá englobar os gastos com o pessoal que trabalha direta ou indiretamente na fabricação. Porém, é sempre conveniente que a Mão-de-obra Direta seja relacionada em folha de pagamento separada. As empresas industriais de grande porte, que possuem departamento de serviços separados dos departamentos produtivos, elaboram folhas de pagamento para cada departamento específico.

12 Exemplo A folha de pagamento do pessoal da produção da Indústria de Peças para Motos Gambiarra S.A., no mês de janeiro de x5, apresentou os seguintes dados:. Valor bruto da folha = R$ Contribuição de Previdência retida dos empregados (9%) = R$ IRR Fonte retido dos empregados = Contribuição de Previdência _ parte da empresa (25,2%) = R$ Quota de Seguro contra Acidentes do Trabalho (2%) = R$ FGTS (8%) = R$

13 13 Contabilização A apropriação dos gastos com a folha de pagamento na empresa industrial é feita debitando-se as contas que representam os respectivos custos e creditando-se as Contas de Obrigações próprias. A apropriação dos gastos com a folha de pagamento na empresa industrial é feita debitando-se as contas que representam os respectivos custos e creditando-se as Contas de Obrigações próprias.

14 14 Contabilização Salários Salários a Salários a Pagar a Salários a Pagar Pela apropriação da folha de pagamento do pessoal da produção, referente ao mê de janeiro de x Pela apropriação da folha de pagamento do pessoal da produção, referente ao mê de janeiro de x

15 15 Contabilização Salários a Pagar Salários a Pagar a Diversos a Diversos Pelas retenções conf. folha: Pelas retenções conf. folha: a Contribuições de Previdência a Recolher 9% retidos conf. folha % retidos conf. folha a IRRF Fonte a Recolher Valor retido conf. Folha Valor retido conf. Folha

16 16 Contabilização dos Encargos Sociais Encargos Sociais Encargos Sociais a Diversos a Diversos Pela apropriação dos encargos sobre a Folha do pessoal da produção etc.: Pela apropriação dos encargos sobre a Folha do pessoal da produção etc.: a Contribuições de Previdência a Recolher 25,2% ref. parte patronal mais 2% ref. 25,2% ref. parte patronal mais 2% ref. ao SAT ao SAT a FGTS a Recolher 8% conf. Folha % conf. Folha

17 17 Conceito de MOD Refere-se apenas ao pessoal que trabalha diretamente sobre o produto em elaboração, "desde que seja possível a mensuração do tempo despendido e a identificação de quem executou o trabalho, sem necessidade de qualquer apropriação indireta ou rateio" (Martins, 1998: 143). Refere-se apenas ao pessoal que trabalha diretamente sobre o produto em elaboração, "desde que seja possível a mensuração do tempo despendido e a identificação de quem executou o trabalho, sem necessidade de qualquer apropriação indireta ou rateio" (Martins, 1998: 143).

18 18 Considerações Importantes No cálculo da MOD, é importante considerar: No cálculo da MOD, é importante considerar: –restrições e imposições da legislação; –encargos sociais; –No Brasil, o trabalhador custa caro mas ganha pouco.

19 19 Cálculos da MOD Contribuições


Carregar ppt "1 Mão de Obra Mão-obra... afinal, o que é isto?. Mão de Obra Conceito A mão-de-obra compreende o trabalho do homem aplicado direta ou indiretamente na."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google