A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Implementação do Código Hospitalar Nacional do Medicamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Implementação do Código Hospitalar Nacional do Medicamento."— Transcrição da apresentação:

1 Implementação do Código Hospitalar Nacional do Medicamento

2 Implementação do CHNM (1) Análise da Base de dados em Access enviada pelo INFARMED Serviços farmacêuticos: Analisar a informação que é disponibilizada pelo INFARMED e decidir qual a informação que é relevante para a gestão do medicamento em meio hospitalar. Serviços de informática: Verificar que tipo de alterações são necessárias fazer à aplicação para permitir a utilização da informação pelo hospital. Nota: O MED_ID (identifica o medicamento) e o EMB_ID (identifica a embalagem) são essenciais para a utilização da informação proveniente do INFARMED porque permitem: - O Acesso aos RCMs e FIs disponíveis no website do INFARMED; - A actualização mensal da informação de forma automática.

3 Implementação do CHNM (2) Mapeamento para o Código Hospitalar 1. Listar todos o códigos existentes no Hospital para medicamentos e AUEs; (Suplementos alimentares, pensos e reagentes não são medicamentos) 2. Extrair da Base de Dados do CHNM as seguintes listagens em Excel: - Listagem de todos os CHNM associados a embalagens (código e descrição) Nota: Para os hospitais que vão iniciar o mapeamento só interessam os códigos que tem embalagens associadas. Esta deverá ser a listagem que os hospitais deverão utilizar para o mapeamento. - Listagem de todos os CHNM associados a embalagens e informação que poderá auxiliar o mapeamento nomeadamente marcas comerciais, embalagens, vias de administração e classificação farmacoterapêutica Nota: Esta listagem deverá ser utilizada quando o hospital tiver dúvidas no mapeamento.

4 Implementação do CHNM (3) 3. Tratar a lista de CHNM associados a medicamentos e AUEs Retirar da lista de CHNMs a mapear todas as DCIs que não podem ser prescritas no hospital; (Todos os CHNMs deverão ser introduzidos na base de dados do Hospital mas apenas deverão ficar visíveis os seleccionados) 4. Estabelecer uma correspondência entre o código interno do hospital e o CHNM.

5 Implementação do CHNM (3) Código do Hospital versus CHNM Código do HospitalDescrição do Hospital ACIDO FUSIDICO 1% GELE OFTALMICO BISN 5 G ACIDO FUSIDICO 1% GELE OFTALMICO BISN UNITARIA 0,2 G ACIDO FUSIDICO 2% CREME BISN 15 G ACIDO FUSIDICO 2% POM BISN 15 G CHNMDescrição do CHNM Ácido fusídico 2 mg/0.2 g Col, susp Recip unid 0,2 g Ácido fusídico 250 mg Comp Ácido fusídico 10 mg/g Gel oft Bisn 5 g Ácido fusídico 20 mg/g Cr Bisn 15 g Ácido fusídico 20 mg/g Cr Bisn 30 g Ácido fusídico 20 mg/g Pom Bisn 15 g Ácido fusídico 20 mg/g Pom Bisn 30 g

6 Implementação do CHNM (4) Correspondência entre o Código do hospital e o CHNM CódigoDescrição do HospitalCHNMDescrição do CHNM ACIDO FUSIDICO 1% GELE OFTALMICO BISN 5 G Ácido fusídico 10 mg/g Gel oft Bisn 5 g ACIDO FUSIDICO 1% GELE OFTALMICO BISN UNITARIA 0,2 G Não existe nenhum código CHNM ACIDO FUSIDICO 2% CREME BISN 15 G Ácido fusídico 20 mg/g Cr Bisn 15 g ACIDO FUSIDICO 2% POM BISN 15 G Ácido fusídico 20 mg/g Pom Bisn 15 g

7 Actualização da informação (1) Novos CHNMs Motivos que levam ao aparecimento de novos códigos: (a) Aprovação de novos medicamentos ou embalagens; (b) Alteração das características de medicamentos já aprovados (Ex. alteração de via de administração); (c) Correcção da informação na base de dados do INFARMED. Sempre que exista a geração de um novo código devido às razões (b) ou (c) terá que existir uma transferência de medicamentos/embalagens para o novo CHNM. Ex. Sempre que a transferência de embalagens implicar que o código antigo deixe de ter embalagens associadas este deverá ser escondido para que o médico e o farmacêutico não o possam seleccionar. Emb_IDVersão do CHNMCHNM/descrição Piperazina 1000 mg/ml Xar Fr 120 g Piperazina 100 mg/g Xar Fr 120 g

8 Actualização da informação (2) Alteração da informação associada ao código sem geração de novo CHNM As alterações que não incidem sobre os critérios de geração do código também implicam uma actualização de informação. Ex. Alteração do estatuto quanto à dispensa do medicamento Alteração da classificação CFT ou ATC Alteração da taxa de comparticipação

9 CHNM Optimização do circuito do medicamento na Farmácia Hospitalar Acesso a informação fiável e actualizada sobre medicamentos disponíveis na Farmácia Hospitalar


Carregar ppt "Implementação do Código Hospitalar Nacional do Medicamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google