A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Bens de capital para o setor sucroenergético: a indústria está preparada para atender adequadamente a novo ciclo de investimentos em usinas de cana-de-açúcar?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Bens de capital para o setor sucroenergético: a indústria está preparada para atender adequadamente a novo ciclo de investimentos em usinas de cana-de-açúcar?"— Transcrição da apresentação:

1 Bens de capital para o setor sucroenergético: a indústria está preparada para atender adequadamente a novo ciclo de investimentos em usinas de cana-de-açúcar? Diego Nyko Departamento de Biocombustíveis Ribeirão Preto, 9 de abril de 2013.

2 Agenda 1.Introdução 2.Cenário referencial 3.A pesquisa 4.Os resultados 5.As alternativas e sugestões de políticas 6.Conclusões

3 Agenda 1.Introdução 2.Cenário referencial 3.A pesquisa 4.Os resultados 5.As alternativas e sugestões de políticas 6.Conclusões

4 Introdução Bens de capital para o setor sucroenergético: a indústria está preparada para atender adequadamente a novo ciclo de investimentos em usinas de cana-de-açúcar? BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n. 36, p , set Autores: Marcelo S. Valente; Diego Nyko; Brunno L. S. F. S. dos Reis; e Artur Y. Milanez. Disponível em:

5 Introdução Indústria de máquinas e implementos agrícolas Indústria de insumos agrícolas Produtores de cana-de-açúcar Usinas de cana-de-açúcar Etanol Açúcar Energia elétrica Indústria de máquinas e equipamentos industriais (BK industrial) Distribuidores Industriais de bebidas, cosméticos, química etc. Postos revendedores CONSUMIDOR FINALCONSUMIDOR FINAL Atacado Varejo Indústria de Alimentos e outras Distribuidores Consumidor livre

6 Agenda 1.Introdução 2.Cenário referencial 3.A pesquisa 4.Os resultados 5.As alternativas e sugestões de políticas 6.Conclusões

7 Cenário referencial No período, 122 novas usinas (por ano, média de 17 usinas de 2 a 3 MM de ton.). Incremento de cana processada de cerca de 250 milhões de ton. Perspectivas de crescimento contínuo da demanda potencial por etanol (Mercado Interno & Exportação). A partir de 2009, estagnação no incremento da área plantada e processada de cana, e, portanto, no investimento em novas usinas. Fonte: UNICA.

8 Cenário referencial Fonte: BNDES. A queda dos desembolsos reflete a retração das decisões de investimento dos grupos do setor. Desembolsos do BNDES (R$ mil)

9 Cenário referencial Segundo previsões do MME/EPE(2011) para o crescimento da demanda por etanol Segundo previsão do MAPA para a demanda interna e externa de açúcar A estimativa para o número de novas Usinas/Capacidade de processamento de cana adicional para atender a esta demanda adicional seria: 134 novas usinas de 4 MM ton. cada; Incremento de 536 MM de ton. de cana até 2021 Incremento de área plantada de 7,2 MM de ha até usinas por ano, a partir de 2015, até 2021 Se esse cenário se concretizar, grande será o esforço do setor de BK (agrícola e industrial) para atender a estes números.

10 A demanda Fonte: MME/EPE (2012) *Valor realizado Segundo projeções da EPE, demanda potencial continuará crescendo de maneira sustentada. Em 2013, estima-se que as exportações possam atingir mais de 4 bilhões de litros.

11 Agenda 1.Introdução 2.Cenário referencial 3.A pesquisa 4.Os resultados 5.As alternativas e sugestões de políticas 6.Conclusões

12 A pesquisa Planejamento Preparo Plantio Cultivo Colheita Transporte Planejamento Preparo Plantio Colheita Transporte Distribuição Fabricantes Segundo Principal Mercado de atuação AMOSTRA = 24 FORNECEDORES + 6 GRUPOS DE USINAS

13 A pesquisa Notas 3 (situação problemática/restrição) 2 (posição intermediária) 1 (situação pouco problemática) Intervalo Quantif. Notas Risco Alto: media >= 2,3 1,7 < Risco médio < 2,3 Risco Baixo: <= 1,7 Planejament o Prepar o Planti o Cultiv o Colheita Transpo rte Planejament o Prepar o Planti o Colheita Transpo rte Variáveis - Especificidade - Capacidade de Entrega - Número de Fornecedores - Dependência do Setor Pesos - Capacidade de Entrega - 1/2 - (3,0) - Número de Fornecedores – 1/4 - (1,5) - Especifidade - 1/6 - (1,0) -- Dependência do Setor - 1/12 - (0,5)

14 Agenda 1.Introdução 2.Cenário referencial 3.A pesquisa 4.Os resultados 5.As alternativas e sugestões de políticas 6.Conclusões

15 Os resultados - Fornecedores Planejament o Prepar o Planti o Cultiv o Colheita Transpo rte Planejament o Prepar o Planti o Colheita Transpo rte

16 Os resultados - Usinas Planejamento Preparo Plantio Cultivo Colheita Transport e Planejamento Preparo Plantio Colheita Transport e

17 Os resultados - Geral Planejamento Preparo Plantio Cultivo Colheita Transport e Planejamento Preparo Plantio Colheita Transport e

18 Os resultados - Resumo Planejamento Preparo Plantio Cultivo Colheita Transport e Planejamento Preparo Plantio Colheita Transport e

19 Os resultados – orçamento I Planejamento Preparo Plantio Cultivo Colheita Transport e Planejamento Preparo Plantio Colheita Transport e Planejament o Prepar o Planti o Cultiv o Colheita Transpo rte Planejament o Prepar o Planti o Colheita Transpo rte

20 Planejamento Preparo Plantio Cultivo Colheita Transport e Planejamento Preparo Plantio Colheita Transport e Planejament o Prepar o Planti o Cultiv o Colheita Transpo rte Planejament o Prepar o Planti o Colheita Transpo rte Os resultados – orçamento II

21 Agenda 1.Introdução 2.Cenário referencial 3.A pesquisa 4.Os resultados 5.As alternativas e sugestões de políticas 6.Conclusões

22 22 A equação do Investimento é complexa. Vários fatores influenciam a tomada de decisão do empresário. Assim, para a retomada dos Investimentos, diversas medidas poderiam ser tomadas: Diminuição da capacidade ociosa nas usinas. Alternativas e Sugestões Fonte: BNDES Estimativa de ociosidade industrial no Centro-Sul BNDES PRORENOVA – R$ 1,4 bilhão de desembolsos em Estimativa Datagro é de que a ociosidade caia para 5% em 13/14.

23 23 Alternativas e Sugestões Maiores incentivos tributários ao etanol. Ambiente de contratação de Longo Prazo para fornecimento de etanol => cenário de demanda previsível = reduzir o caráter cíclico dos investimentos.

24 24 Alternativas e Sugestões Execução de leilões regionais de energia limpa => incentivaria a cogeração a partir de bagaço de palha. Inovação tecnológica => PAISS (BNDES e Finep) com mais de R$ 1,5 bilhão em aprovações. Diversificação setorial => empresas mais diversificadas em termos de produtos e mercados tendem a apresentar melhores resultados. Parcerias e fusões => podem aumentar a eficiência e a competitividade do setor. Apoio aos fornecedores => qualificação técnica/gestão, formação de mão-de-obra, programas específicos etc.

25 25 Alternativas e Sugestões SiglaNomeObjetivoVigência BNDES Finame – Moderniza BK Programa BNDES Finame de Modernização de Máquinas e Equipamentos Instalados no País 1. Reconstrução e/ou recuperação da máquina ou equipamento, mediante a incorporação de novas tecnologias e/ou peças e componentes que ampliem a vida útil e/ou otimizem sua performance original, gerando um aumento da capacidade de produção e da produtividade para a economia nacional. mar/14 2. Conversão da máquina ou equipamento sem dispositivo de segurança para adequação aos requisitos de segurança do trabalho estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). BNDES PSI – Bens de Capital Programa BNDES de Sustentação do Investimento – Bens de Capital Produção e aquisição isolada de máquinas e equipamentos novos, de fabricação nacional, credenciados no BNDES, inclusive agrícolas, e o capital de giro a eles associados. dez/13 BNDES Revitaliza Programa BNDES de Revitalização de Empresas Financiar a revitalização das empresas brasileiras que atuam em setores afetados negativamente pela conjuntura econômica internacional, priorizando a agregação de valor ao produto nacional, a adoção de métodos de produção mais eficientes, o fortalecimento da marca das empresas e a ampliação da inserção de bens e serviços brasileiros no mercado internacional. dez/13 BNDES Finame Componentes Programa BNDES Finame de Aquisição de Peças, Partes e Componentes de Fabricação Nacional, por Fabricantes de Bens de Capital Financiar a aquisição de peças, partes e componentes de fabricação nacional para incorporação em máquinas e equipamentos em fase de produção ou desenvolvimento e serviços tecnológicos relacionados à produção ou ao desenvolvimento de máquinas e equipamentos. dez/13 Fonte: BNDES.

26 Agenda 1.Introdução 2.Cenário referencial 3.A pesquisa 4.Os resultados 5.As alternativas e sugestões de políticas 6.Conclusões

27 27 Conclusões As previsões de demanda indicam forte demanda por combustíveis líquidos até 2020/2021 Neste contexto, verificou-se que: 1) Na visão dos fabricantes, não haveria problemas para atendimento de novo ciclo vigoroso de investimentos, salvo para um grupamento de equipamentos: moendas e difusores 2) Na visão das usinas, o ciclo anterior de investimentos não foi atendido plenamente, sem passar por problemas de prazo de entrega, por exemplo. Foram nove os equipamentos que poderiam gerar problemas no caso de nova expansão 3) Na visão consolidada: 3 equipamentos aparecem com alto grau de risco: Moendas e Difusores Caldeiras Destilarias

28 28 Conclusões Tal situação sinaliza problemas, pois: Tratam-se de equipamentos de grande porte, que exigem longo prazo de fabricação; Necessitam de significativa base industrial instalada; Mão de obra treinada e especializada; Em muitos casos, engenharia e projetos próprios; e Representam cerca de 40% do investimento em novas usinas Numa retomada de investimentos robusta, equipamentos cruciais poderiam se tornar obstáculos para a instalação de novas usinas. A mitigação desses riscos passa necessariamente pela retomada gradual, planejada e sustentada dos investimentos no setor sucroenergético. Dessa forma, quanto mais tempo demorar tal retomada, maiores serão os riscos futuros associados à entrega de equipamentos essenciais para esse setor.

29 Obrigado! Diego Nyko Departamento de Biocombustíveis


Carregar ppt "Bens de capital para o setor sucroenergético: a indústria está preparada para atender adequadamente a novo ciclo de investimentos em usinas de cana-de-açúcar?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google