A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANDRE LUIZ (PSICOGRAFIA DE CHICO XAVIER AND WALDO VIEIRA) Livro: Desobsessão As fotografias em preto e branco que ilustram este volume representam gentileza.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANDRE LUIZ (PSICOGRAFIA DE CHICO XAVIER AND WALDO VIEIRA) Livro: Desobsessão As fotografias em preto e branco que ilustram este volume representam gentileza."— Transcrição da apresentação:

1 ANDRE LUIZ (PSICOGRAFIA DE CHICO XAVIER AND WALDO VIEIRA) Livro: Desobsessão As fotografias em preto e branco que ilustram este volume representam gentileza dos companheiros de ideal e pertencem aos arquivos da Exposição Espírita Permanente do CENTRO ESPÍRITA C., de Uberaba, Minas.

2 Introdução Emmanuel nos alerta logo no início sobre esse livro ter um teor diferente daquele que geralmente vemos na série Andre Luiz Desobsessão é uma obra com a finalidade de fornecer subsídios e instruções para trabalhos específicos na Casa Espírita Esta obra reúne 73 capítulos nos quais serão abordados temasque orientam os trabalhadores das reuniões de desobsessão, desde o despertar no dia da reunião, superação de impedimentos, conversação anterior à reunião, pontualidade, equipe, educação mediúnica, passes, até o seu encerramento. Trata, ainda, de importantes procedimentos posteriores ao trabalho de desobsessão. Expõe a necessidade se haver reuniões de tratamento de desobsessão no Centro Espírita não somente para sua defesa e conservação, como também para socorrer as vítimas da desorientação espiritual. O estudo de hoje refere-se aos Capítulos 1 à 23 KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

3 Cap. 1 – Preparo para a reunião: Despertar No dia marcado para as tarefas de desobsessão, os integrantes da equipe precisam, a rigor, cultivar atitude mental digna, desde cedo: Elevar o nível do pensamento, seja orando ou acolhendo idéias de natureza superior. Intenções e palavras puras, atitudes e ações limpas. Evitar deliberadamente rusgas e discussões. Elevar o nível do pensamento, seja orando ou acolhendo idéias de natureza superior. Intenções e palavras puras, atitudes e ações limpas. Evitar deliberadamente rusgas e discussões. Reunião de Desobsessão é um trabalho sério de muita responsabilidade com a surpevião da espiritualidade, daí a importância na preparação. Cada componente do conjunto é peça importante no mecanismo do serviço. Todo o grupo é instrumentação KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

4 Cap. 2 - Preparo para a reunião:Alimentação A alimentação, durante as horas que precedem o serviço de intercâmbio espiritual, será leve. Não comer em demasia e não comer qualquer alimento. Estômago cheio, cérebro inábil. A digestão laboriosa consome grande parcela de energia, impedindo a função mais clara e mais ampla do pensamento, que exige segurança e leveza para exprimir-se nas atividades da desobsessão. comer pratos leves abstenção do uso de álcool abstenção total de fumo, carna, café e temperos fortes. Não sendo posssível evitar reduzir ao máximo o consumo. comer pratos leves abstenção do uso de álcool abstenção total de fumo, carna, café e temperos fortes. Não sendo posssível evitar reduzir ao máximo o consumo. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

5 Cap. 3 - Preparo para a reunião: Repouso físico e mental Após o trabalho, seja ele realizado fora ou em casa, o trabalhador da reunião de desobsessão deve reservar um tempo para descanso com o intuito de refazimento do corpo e da alma. Os responsáveis pelas tarefas da desobsessão devem compreender que as comunicações reclamam espontaneidade e que o preparo a que nos referimos é de ordem geral, sem a fixação da mente em exigências ou gratificações de sentimento pessoal. Relaxe, com ideações edificantes. Abstenção de pensamentos impróprios. Aspirações para cima. Distância de preocupações inferiores. Preparação íntima, podendo incluir leitura moralizadora e salutar. Relaxe, com ideações edificantes. Abstenção de pensamentos impróprios. Aspirações para cima. Distância de preocupações inferiores. Preparação íntima, podendo incluir leitura moralizadora e salutar. NO CAMPO MENTAL KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

6 Cap. 4 - Preparo para a reunião: Prece e meditação Pelo menos durante alguns minutos, horas antes dos trabalhos, seja qual for a posição que ocupe no conjunto, dedique-se o companheiro de serviço à prece e à meditação em seu próprio lar. Ligue as tomadas do pensamento para o Alto Retire-se, em espírito, das vulgaridades do terra-a-terra, e ore, buscando a inspiração da Vida Maior. Reflita que, em breve tempo, estará em contacto, embora ligeiro, com os irmãos domiciliados no Mundo Espiritual, para onde irá igualmente, um dia, e antecipe o cultivo da simpatia e do respeito, da compaixão produtiva e da bondade operosa para com todos aqueles que perderam o corpo físico sem a desejada maturação espiritual. Assim, obterá a ajuda digna dos benfeitores espirituais KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

7 Cap. 5 - Superação de impedimentos: Chuva Na hora de sair para a reunião é necessário vencer os percalços que podem ocorrrer devido a mau tempo como uma chuva inesperada. Chuva ou Frio… O integrante da equipe não se prenderá em casa por semelhantes obstáculos. Chuva ou Frio… O integrante da equipe não se prenderá em casa por semelhantes obstáculos. Claro que não estamos nos referindo aqui as tempestades com risco de tornado ou furacão que é peculiar à região do sul da Flórida nos EUA. Para isso o integrante da equipe deve se valer das informações oferecidas pela mídia para verificar se é seguro sair de casa. Em caso de furacão ter sempre em mão o telefone para emergência do Centro Espírita e nome do responsável para maiores informações quanto a manutenção dos trabalhos naquele dia. No mais, qualquer chuva ou frio não devem impedir o trabalhador de comparecer à reunião do dia, consciente das obrigações que lhe competem. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

8 Cap. 6 & 7- Superação de impedimentos: Visitas & Contratempos E quanto aquela visita inesperada? O que fazer? Isso não deve servir de obstáculo para ir a reunião. O trabalhador deve usar de franquia e humildade explicando ao irmão ou irmã que o procura da necessidade que se impõe naquele momento que deve partir sem entretanto deixar de demonstrar interesse em ajudar marcando um outro momento para poderem conversar. Isso não deve servir de obstáculo para ir a reunião. O trabalhador deve usar de franquia e humildade explicando ao irmão ou irmã que o procura da necessidade que se impõe naquele momento que deve partir sem entretanto deixar de demonstrar interesse em ajudar marcando um outro momento para poderem conversar. Outros impedimentos que podem surgir: Uma criança cai, explodindo em choro... - Desaparece a chave de uma porta... Um recado chega, de improviso, suscitando preocupações... --Alguém chama para solicitar um favor... - Certo familiar se queixa de dores súbitas... - Colapso do sistema de condução... - Dificuldades de trânsito... Outros impedimentos que podem surgir: Uma criança cai, explodindo em choro... - Desaparece a chave de uma porta... Um recado chega, de improviso, suscitando preocupações... --Alguém chama para solicitar um favor... - Certo familiar se queixa de dores súbitas... - Colapso do sistema de condução... - Dificuldades de trânsito... Providencie, de imediato, as soluções razoáveis para esses pequeninos problemas e siga ao encontro das obrigações espirituais que o aguardam, lembrando-se de que mesmo as festas de natureza familiar, quais sejam as comemorações de aniversário ou os júbilos por determinados eventos domésticos, não devem ser categorizados à conta de obstrução. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

9 Cap. 8 - Impedimento natural Outras circunstâncias que oferecem obstáculo ao trabalhador para comparecer à renuião de desobsessão: viagem inesperada moléstia grave em parente ou no próprio servidor enfermidades epidêmicas: gripe viagem inesperada moléstia grave em parente ou no próprio servidor enfermidades epidêmicas: gripe São situações onde a ausência do servidor ao trabalho se justifica. Surgindo o impasse, é importante que o companheiro ou a companheira se comunique, rápido, com os responsáveis pela sessão, atentos a que se deve assegurar a harmonia do esforço de equipe tanto quanto possível. São situações onde a ausência do servidor ao trabalho se justifica. Surgindo o impasse, é importante que o companheiro ou a companheira se comunique, rápido, com os responsáveis pela sessão, atentos a que se deve assegurar a harmonia do esforço de equipe tanto quanto possível. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

10 Cap. 9 - Templo espírita Assim como certas enfermidades exigem hospitalização para que o doente consiga obter tratamento adequado, assim o é com a obesidiado. Assim a reunião desobsessão deve ser realizada no centro espírita onde a Espiritualidade maior mantém ou aloca recursos espirituais avançados a realização dos trabalhos Razoável, ainda, observar que os servidores de semelhante realização não podem assumir, sem prejuízo, compromissos para outras atividades medianímicas, antes ou depois do trabalho em que se comprometem a benefício dos sofredores desencarnados. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

11 Cap. 10 Recinto das reuniões O recinto das reuniões pede limpeza e simplicidade. A mesa, com alguns dos livros básicos da Doutrina Espírita, de preferência O Livro dos Espíritos, O Evangelho segundo o Espiritismo e um volume que desenvolva o pensamento kardequiano, conjugado aos ensinamentos do Cristo, estará cercada pelas cadeiras devidas ao número exato dos componentes da reunião, apresentando- se despida de toalhas, ornamentos, recipientes de água e objetos outros. A mesa, com alguns dos livros básicos da Doutrina Espírita, de preferência O Livro dos Espíritos, O Evangelho segundo o Espiritismo e um volume que desenvolva o pensamento kardequiano, conjugado aos ensinamentos do Cristo, estará cercada pelas cadeiras devidas ao número exato dos componentes da reunião, apresentando- se despida de toalhas, ornamentos, recipientes de água e objetos outros. Em seguida à fila dos assentos, colocar- se-á pequena acomodação, seja um simples banco ou algumas cadeiras para visitas eventuais. relógio gravador relógio gravador KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

12 Cap. 11 – Chegada dos Companheiros Os benfeitores espirituais de plantão, na obra assistencial aos irmãos desencarnados sofredores, esperam sempre que os integrantes da equipe alcancem o recinto de serviço em posição respeitosa. Nada de vozerio, tumulto, gritos, gargalhadas. Lembrem-se os companheiros encarnados de que se aproximam de enfermos reunidos, como num hospital, credores de atenção e carinho. A obra de socorro está prestes a começar. Nada de vozerio, tumulto, gritos, gargalhadas. Lembrem-se os companheiros encarnados de que se aproximam de enfermos reunidos, como num hospital, credores de atenção e carinho. A obra de socorro está prestes a começar. Necessário inclinar o sentimento ao silêncio e à compaixão, à bondade e à elevação de vistas, a fim de que o conjunto possa funcionar em harmonia na construção do bem. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

13 Cap. 12 – Conversação anterior à reunião Há sempre margem a conversações no recinto para os que chegam mais cedo, cabendo aos seareiros do conjunto evitar a dispersão de forças em visitas, mesmo rápidas, mas impróprias, a locais vizinhos, sejam casas particulares ou restaurantes públicos. Compreensível rogar aos colaboradores da tarefa a total abstenção de temas contrários à dignidade do trabalho que vão desempenhar. Evitem-se os anedotários jocosos, as considerações injuriosas a quem quer que seja. Compreensível rogar aos colaboradores da tarefa a total abstenção de temas contrários à dignidade do trabalho que vão desempenhar. Evitem-se os anedotários jocosos, as considerações injuriosas a quem quer que seja. Esqueçam-se críticas, comentários escandalosos, queixas, azedumes, apontamentos irônicos. Toda referência verbal é fator de indução. Se somos impelidos a conversar, durante os momentos que precedem a atividade assistencial, seja a nossa palerstra algo de bom e edificante que auxilie e pacifique o clima do recinto, ao invés de conturbá-lo. Esqueçam-se críticas, comentários escandalosos, queixas, azedumes, apontamentos irônicos. Toda referência verbal é fator de indução. Se somos impelidos a conversar, durante os momentos que precedem a atividade assistencial, seja a nossa palerstra algo de bom e edificante que auxilie e pacifique o clima do recinto, ao invés de conturbá-lo. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

14 Cap Dirigente Qualidades que a Espiritualidade Superior espera ver no dirigente da reunião de desobsessão: Direção e discernimento Bondade e energia Autoridade fundamentada no exemplo. Hábito de estudo e oração. Dignidade e respeito para com todos. Afeição sem privilégios. Brandura e firmeza. Sinceridade e entendimento. Conversação construtiva. Claro que não será exigido qualidades superiores à do homen comum mas o dirigente precisa compreender que as suas funções, diante dos médiuns e freqüentadores do grupo, são semelhantes às de um pai de família, no instituto doméstico. Claro que não será exigido qualidades superiores à do homen comum mas o dirigente precisa compreender que as suas funções, diante dos médiuns e freqüentadores do grupo, são semelhantes às de um pai de família, no instituto doméstico. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

15 Cap Pontualidade Pontualidade – tema essencial no quotidiano, disciplina da vida. Assim como em qualquer outra situação na vida cotidiana seja ela no trabalho, escola, família, encontros sociais a pontualidade é uma regra indispensável ao bom andamento dos trabalhos. Nas lides da desobsessão, é forçoso entender que benfeitores espirituais e amigos outros desencarnados se deslocam de obrigações graves da Vida Superior, a fim de assistir-nos e socorrer-nos. Nas lides da desobsessão, é forçoso entender que benfeitores espirituais e amigos outros desencarnados se deslocam de obrigações graves da Vida Superior, a fim de assistir-nos e socorrer-nos. Pontualidade é sempre dever, mas na desobsessão assume caráter solene. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

16 Cap. 15 – Mobiliário para os trabalhos A sala destinada a reunião de desobesessão deve conter objetos simples e resistentes. A sala não deve ser decorada de objetos que lembrem rituais e amuletos, símbolos e ídolos de qualquer espécie. Caso haja necessidade de acrescentar algo serão dois bancos para vsisitantes O ambiente deve ser limpo e simples para auxiliar os Espíritos sofredores que por ali passam a esquecer iluões ou experiências infelizes que viveram na Terras KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

17 Cap Cadeiras As cadeiras devem oferecer comforto mas não ao ponto de provocar sonolência nos médium. Evitar cadeiras que não estando com sua estrutura sólida podem provocar ruídos desncessários e não serem seguras para suportar o médiuns empenhados no socorro espiritual aos irmãos perturbados. BOM SENSO É A PALAVRA CHAVE Exemplos de cadeiras NÃO apropriadas aos trabalhos KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

18 Cap Iluminação Inicialmente uma luz de intensidade normal para facilitar a leitura e outras tarefas. Na prece inicial diminuir a intensidade da luz. Essa luz pode ou não ser de cor vermelha. As lâmpadas não devem ficar muito próximas aos médiuns para que se evitem acidentes. Na prece inicial diminuir a intensidade da luz. Essa luz pode ou não ser de cor vermelha. As lâmpadas não devem ficar muito próximas aos médiuns para que se evitem acidentes. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

19 Cap. 18 – Isolamento hospitalar A desobsessão abrange em si obra hospitalar das mais sérias. Compreenda-se que o espaço a ela destinado, entre quatro paredes, guarda a importância de uma enfermaria, com recursos adjacentes da Espiritualidade Maior para tratamento e socorro das mentes desencarnadas, ainda conturbadas ou infelizes. A desobsessão abrange em si obra hospitalar das mais sérias. Compreenda-se que o espaço a ela destinado, entre quatro paredes, guarda a importância de uma enfermaria, com recursos adjacentes da Espiritualidade Maior para tratamento e socorro das mentes desencarnadas, ainda conturbadas ou infelizes. Hospital no mundo espiritual Cena do filme Nosso Lar Coloquemo-nos no lugar dos desencarnados em desequilíbrio e entenderemos, de pronto, a inoportunidade da presença de qualquer pessoa estranha a obra assistencial dessa natureza. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

20 Cap. 18 – Isolamento hospitalar – cont. O amparo e o esclarecimento aos Espíritos dementados ou sofredores é serviço para quem possa compreendê-los e amá-los, respeitando-lhes a dor. Atendimento ao obsediado Daí nasce o impositivo de absoluto isolamento hospitalar para o recinto dedicado a semelhantes serviços de socorro e esclarecimento, entendendo-se, desse modo, que a desobsessão, tanto quanto possível, deve ser praticada de preferência no templo espírita, ao invés de ambientes outros, de caráter particular. Daí nasce o impositivo de absoluto isolamento hospitalar para o recinto dedicado a semelhantes serviços de socorro e esclarecimento, entendendo-se, desse modo, que a desobsessão, tanto quanto possível, deve ser praticada de preferência no templo espírita, ao invés de ambientes outros, de caráter particular. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

21 Cap. 19 – Aparelhos elétricos Gravador Um aparelho para gravação de vozes das entidades, notadamente aquelas que se caracterizam por manifestações construtivas, para que se lhes fixem os ensinos ou experiências com objetivo de estudo. Um aparelho para gravação de vozes das entidades, notadamente aquelas que se caracterizam por manifestações construtivas, para que se lhes fixem os ensinos ou experiências com objetivo de estudo. Uma lanterna para emergência no caso de queda total de luz. Esses aparelhos não são essenciais para a realização da reunião. Podendo utilizá-los o dirigente da reunião ficará incumbido da sua manutenção evitando atropelos de última hora. Lanterna KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

22 Cap. 20 – Componentes da reunião IMPORTANTE: o grupo deve ser coeso em elevação de pensamentos e correção de atitudes, antes, durante e depois de cada tarefa. IMPORTANTE: o grupo deve ser coeso em elevação de pensamentos e correção de atitudes, antes, durante e depois de cada tarefa. NÃO DEVE HAVER PREOCUPAÇÕES COM ROUPAS OU APARATOS ESPECIAIS Distribuição do grupo: 2 a 4 médiuns esclarecedores; 2 a 4 médiuns passistas e 4 a 6 médiuns psicofônicos. Distribuição do grupo: 2 a 4 médiuns esclarecedores; 2 a 4 médiuns passistas e 4 a 6 médiuns psicofônicos. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

23 Cap. 20 – Componentes da reunião – cont. Compenetrem-se de que se acham no recinto exercendo fraternalmente um mandato de confiança. Na Doutrina Espírita não há lugar para fé cega. Evitem-se, no entanto, no ambiente da desobsessão, pesquisas ociosas e vãs indagações, críticas e expectações insensatas. Os médiuns esclarecedores e passistas, além dos deveres específicos que se lhes assinala, servirão, ainda, na condição de elementos positivos de proteção e segurança para os médiuns psicofônicos, sempre que estes forem mobilizados em serviço. Os médiuns esclarecedores e passistas, além dos deveres específicos que se lhes assinala, servirão, ainda, na condição de elementos positivos de proteção e segurança para os médiuns psicofônicos, sempre que estes forem mobilizados em serviço. EVITAR O SONO POIS PODE LEVAR AO DESDOBRAMENTO INOPORTUNO KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

24 Cap Visitantes A reunião de desobsessão não é um acontecimento social e sim uma reunião de trabalho onde se desenvolve atividades de atendimento à entidades que atormentadas. Entretanto é possível acomodar visitantes para que possam observar a reunião com o intuito de apredizagem. É sugerido não acomodar muitas pessoas para não atrapalhar o campo vibratório já existente entre o grupo de trabalho do contrário poderá gerar situações inoportunas. Compreende-se que os visitantes não necessitem de comparecimento que exceda de 3 a 4 reuniões. Compreende-se que os visitantes não necessitem de comparecimento que exceda de 3 a 4 reuniões. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

25 Cap. 22- Ausência justificada Com frequência poderá acontecer que o trabalhador esteja impedido de comparecer à reunião. Viagem inadiável Problema pessoal grave Exigência profissional Enfermidade súbita O trabalhador que se encontra em uma dessas situações deve entrar em contato com o dirigente da reunião mesmo que minutos antes da mesma iniciar para que evite preocupações desnecessárias entre o grupo gerando assim indisciplina no campo mental. Mesmo com um número reduzido de participantes a reunião deve ocorrer. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

26 Cap. 23 – Chegada inesperada de doente Pode acontecer a chegada de obsidiados e doentes sem aviso prévio. Neste caso considere as seguintes situações e forma de agir: 1- Na maioria das vezes os necessitados terão assistência que se dará na fase preparatória dos trabalhos, recebendo passes e orientação quanto ao departamento da casa espírita para a qual devam ser encaminhados. Terminado o socorro eles devem se retirar da sala. 2- Nos caso leves ou iniciais de obsessão o procedimento acima também se aplica. Após os socorrro também devem se retirar, uma veze que o contato com entidades mais pertubadas pode ser prejudicial dada às condições em que se encontram, pois estào mais suscetíveis a influênciação e sugestões negativas. 3- Nos caso graves de obsessão o grupo pode e deve acolher os doentes à reunião e acomodá-los em cadeiras atrás da mesa onde o grupo trabalha pois receberão a ajuda devida. KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA

27 Bibliografia Desobsessãode André Luiz, pisciografia de André Luiz eWaldo Vieira Powerpoint por KSSF – Kardecian Spiritist Society of Florida KSSF - KARDECIAN STUDY SOCIETY OF FLORIDA


Carregar ppt "ANDRE LUIZ (PSICOGRAFIA DE CHICO XAVIER AND WALDO VIEIRA) Livro: Desobsessão As fotografias em preto e branco que ilustram este volume representam gentileza."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google