A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 ANTROPOLOGIA MARCONI, Maria de Andrade. Antropologia: uma introdução. 6.ed. – 3. reimpr.- São Paulo: Atlas, 2007. O Termo Antropologia deriva do grego.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 ANTROPOLOGIA MARCONI, Maria de Andrade. Antropologia: uma introdução. 6.ed. – 3. reimpr.- São Paulo: Atlas, 2007. O Termo Antropologia deriva do grego."— Transcrição da apresentação:

1 1 ANTROPOLOGIA MARCONI, Maria de Andrade. Antropologia: uma introdução. 6.ed. – 3. reimpr.- São Paulo: Atlas, O Termo Antropologia deriva do grego άνθρωπος anthropos, (homem / pessoa) e λόγος (logos - razão / pensamento) é a ciência preocupada em estudar o homem e a humanidade de maneira totalizante, ou seja, abrangendo todas as suas dimensões. É uma ciência social que estuda o homem. Preocupa-se em conhecer cientificamente o ser humano em sua totalidade. anthroposhomem humanidade

2 2 ANTROPOLOGIA CONCEITUAÇÃO Hoebel e Frost definem a antropologia como a ciência da humanidade e da cultura. Tem uma dimensão biológica, enquanto antropologia física; uma dimensão sociocultural, enquanto antropologia social e/ou antropologia cultural; e uma dimensão filosófica, enquanto antropologia filosófica, ou seja, quando se empenha em responder à indagação: o que é o homem? (Marconi, M. A & Presotto, Z. M N. Antropologia. p. 1)

3 3 OBJETO DE ESTUDO A Antropologia como ciência do biológico e do cultural tem seu objeto de estudo: o homem e suas obras. O objeto da antropologia engloba o conhecimento de sociedades humanas, letradas ou ágrafas, extintas ou vivas, existentes nas várias regiões da Terra. O antropólogo tem a tarefa de explicar os princípios da formação e do desenvolvimento das sociedades e culturas humanas. Toda investigação antropológica vale-se do método comparativo em busca de respostas para os por quês, na tentativa de compreender as semelhanças e as diferenças físicas, psíquicas, culturais e sociais entre os grupos humanos. Exemplo: brancos e negros; língua diversificadas; a indumentária do índio e do não-índio; o culto do sol e a presença da pirâmide no Egito e nas civilizações pré- colombianas...

4 4 OBJETIVO DA ANTROPOLOGIA A Antropologia fixa como seu objetivo o estudo da humanidade como um todo, visando ao homem como expressão global – biopsicocultural – isto é, o homem como ser biológico pensante, produtor de culturas e participante da sociedade, tentando chegar, assim, à compreensão da existência humana.

5 5 DIVISÕES E CAMPO DA ANTROPOLOGIA A Antropologia se divide em dois grandes campos de estudo: 1.Antropologia Física ou biológica Divide-se em: 1.1 – PALEONTOLOGIA 1.2 – SOMATOLOGIA 1.3 – RACIOLOGIA 1.4 – ANTROPOMETRIA 1.5 – ESTUDOS COMPARATIVOS DO CRESCIMENTO. 2. Antropologia Cultural Divide-se em: 2.1 – ARQUEOLOGIA 2.2 – ETNOGRAFIA 2.3 – ETNOLOGIA 2.4 – LINGUISTICA 2.5 – FOLCLORE 2.6 – ANTROPOLOGIA SOCIAL 2.7 – CULTURA E PERSONALIDADE

6 6 ANTROPOLOGIA FÍSICA Paleontologia. (Palaios = antigo + onto = ser + logos = estudo). Estuda a origem e a evolução humana através do conhecimento das formas fósseis do passado. Somatologia. (Somato = corpo humano + logos = estudo). Estuda as variedades existentes do homem, diferenças físicas individuais e diferenças sexuais (tipos sangüíneo, metabolismo basal, adaptação etc. Raciologia. (Raça = etnia + logos = estudo). Estuda a história racial do homem, a classificação da espécie humana em raças, a miscigenação (mistura de raças), características físicas etc.

7 7 ANTROPOLOGIA FÍSICA Antropometria. (anthropos = homem + metria = medida). Usa as técnicas de medição, procedimento quantitativo que fornece medidas do corpo humano (crânio, ossos etc.), elaboradas por instrumentos especiais, como o antropômetro. Estudos comparativos do crescimento. É uma ampliação do campo de estudo do somatólogo que querem conhecer as diferenças grupais relacionadas aos índices de crescimento e outros aspectos como alimentação, exercícios físicos, maturidade sexual etc.

8 8 ANTROPOLOGIA CULTURAL Arqueologia. (archaîos = antigo + logos = estudo) estuda as culturas do passado, extintas. Divide-se em: Arqueologia clássica: tenta reconstruir as antigas civilizações letradas (Egito, Grécia, Mesopotâmia, Etrúria etc.) Arqueologia Arqueológica: trata dos primórdios da cultura, relativa às populações extintas (culturas do Paleolítico, Mesolítico e Neolítico). Paleolítico (Idade Antiga da Pedra) ou pedra lascada. De 2 Milhões de anos a anos atrás. Mesolítico (Idade Média da Pedra). De ao aparecimento da agricultura (?) anos atrás. Neolítico (Idade Nova da Pedra). Ou pedra polida. Início com o aparecimento da agricultura e término com o aparecimento da escrita a.C.

9 9 ANTROPOLOGIA CULTURAL Etnografia. (Éthnos = povo + graphein = escrever). Consiste em descrever as sociedades humanas. O objeto de estudo são as culturas simples conhecidas como primitivas ou ágrafas. O etnógrafo é um investigador de campo, um coletor de informações. Ex. No Brasil, em 1957, dos 143 grupos tribais, 33 estavam ainda isolados, 45 em contato permanente etc. (D. Ribeiro). Etnologia. (Éthnos = povo + logos = estudo). Utilizando dos dados fornecidos pelos etnógrafos, o etnólogo analisa, interpreta e compara entre as mais diversas culturas existentes, considerando suas semelhanças e diferenças. Lingüística. A linguagem é um meio de comunicação e também um instrumento de pensamento. Há uma diversidade de línguas que acompanham as diversas culturas.

10 10 ANTROPOLOGIA CULTURAL Folclore. É um dos campos de investigação da Antropologia. Define –se como o estudo da cultura espontânea dos grupos humanos rurais ou urbanos. Ex. danças, artesanato, canções etc. Antropologia Social. Estudo dos processos culturais e da estrutura social, seu interesse está centrado na sociedade e nas instituições. Preocupa-se com aspecto da vida social – o familiar, o econômico, o político, o religioso, o jurídico – compreendido e estudado em relação aos demais grupos humanos. Cultura e Personalidade. Campo de investigação antropológico que estuda o indivíduo não como um simples receptor e portador de cultura, mas como um agente de mudança cultural, desempenhando papel dinâmico e inovador.

11 11 CIÊNCIAS AFINS A Antropologia como ciência social liga-se a: Sociologia História Psicologia Geografia Economia Ciências Políticas Como ciência Biológica, liga-se: Biologia Genética Anatomia Fisiologia Embriologia Medicina

12 12 MÉTODOS DA ANTROPOLOGIA Método Histórico: Consiste em investigar eventos do passado, a fim de compreender os modos de vida do presente, que só podem ser explicados a partir da reconstrução da cultura e da observação das mudanças ocorridas ao longo do tempo. Método Estatístico: Os dados, depois de coletados, são reduzido a termos quantitativos, demonstrados em tabelas, gráficos, quadros etc.

13 13 MÉTODOS DA ANTROPOLOGIA Método Comparativo: Permite verificar diferenças e semelhanças apresentadas pelo material coletado. A Antropologia Física compara fósseis ou grupos humanos existentes, analisando características anatômicas: cor de pele, do cabelo, dos olhos, índice cefálico etc. Pesquisa de Campo Técnicas de Pesquisas da Antropologia: 1.Observação 2.Entrevista 3.Formulário BB. MARCONI, Maria de Andrade. Antropologia: uma introdução. 6.ed. – 3. reimpr.- São Paulo: Atlas, 2007.


Carregar ppt "1 ANTROPOLOGIA MARCONI, Maria de Andrade. Antropologia: uma introdução. 6.ed. – 3. reimpr.- São Paulo: Atlas, 2007. O Termo Antropologia deriva do grego."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google