A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 EMPREENDEDORISMO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof.: Sérgio Alves * www.profsergio.net - PVH – RO, ____________________________________________________________________.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 EMPREENDEDORISMO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof.: Sérgio Alves * www.profsergio.net - PVH – RO, ____________________________________________________________________."— Transcrição da apresentação:

1 1 EMPREENDEDORISMO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof.: Sérgio Alves * - PVH – RO, ____________________________________________________________________ * Mestrado em Ciências da Saúde (linhas de pesquisa: TICs e Informática em Saúde) UnB; Pós-graduado em Redes de Computadores e Segurança da Informação – FIP, Pós-graduado em Metodologia do Ensino Superior - FEC; MBA em Gestão de Negócios Tecnológicos – UCAM.

2 Questão Fundamental Quais são seus planos profissionais? Vida Acadêmica Funcionário de Empresa de Informática Funcionário de Grande Empresa Funcionário Público Empresário Outra Opção Em quais destas opções é necessário ser empreendedor?

3 Objetivos Disseminar a Cultura Empreendedora Estimular a Formação de Empreendimentos em Informática Juncionar teoria e prática promovendo a Efefivação dos empreendimentos previstos nos B.P´s. Resultantes da disciplina.

4 A Síndrome do Empregado É dependente, no sentido de que necessita de alguém para se tornar produtivo; para trabalhar. Descuida de outros conhecimentos que não sejam voltados à sua especialidade. Domina somente parte do processo. Não é auto-suficiente; exige supervisão e espera que alguém lhe forneça o caminho. Não busca conhecer o negócio como um todo: a cadeia produtiva, a dinâmica dos mercados, a evolução do setor. Não se preocupa com o que não existe ou não é feito; tenta entender, especializar-se e melhorar somente o que existe. Não se preocupa em transformar as necessidades dos clientes em produtos/serviços. Fonte: Flávio Miguel Varejão

5 Não sabe ler o meio ambiente externo: ameaças, oportunidades; Não é pró-ativo; Raramente é agente de inovações, não é criativo, não gera mudanças e não muda a si mesmo; Faz mais do que aprende; Não se preocupa em formar a sua rede de relações, estabelece baixo nível de comunicações; Tem medo do erro, (que é punido em nosso sistema de ensino e em nossa sociedade) e não o toma como fonte de aprendizagem. Prioriza o que se passa dentro da organização, em detrimento do que acontece fora. A Síndrome do Empregado

6 Características de Empreendedores O empreendedor tem um modelo que o influencia. Tem iniciativa autonomia, autoconfiança, otimismo, necessidade de realização. O fracasso é visto como um resultado. Energia Luta contra padrões impostos. Diferencia-se. Tem a capacidade de ocupar um intervalo não ocupado por outros no mercado. Tem forte intuição. Como no esporte, o que importa não é o que se sabe, mas o que se faz. Comprometimento. Ele crê no que faz. Orientado para resultados. Fonte: Flávio Miguel Varejão

7 Trabalhador incansável. Sonhador realista. É racional, mas usa também a parte direita do cérebro. Líder. Sistema próprio de relações com empregados. Líder de banda. Orientado para o futuro. Dinheiro como uma das medidas de desempenho Rede de relações moderadas. Rede interna é também muito importante. Conhecimento do negócio. Cultiva a imaginação e aprende a definir visões Características de Empreendedores

8 Desenvolvimento Capital Humano Capital Social Empreendedorismo Rede Democracia Cooperação Fonte: AED Qual é o tema do empreendedorismo

9 9 Conceitos Fundamentais Empreendedorismo ? Tecnologia da Informação ?

10 empreendedorismo Campos do empreendedorismo geração de empresas geração do auto-emprego empregado-empreendedor pesquisador-empreendedor funciónário público- empreendedor inúmeros outros empregado-empreendedor pesquisador-empreendedor funciónário público- empreendedor inúmeros outros Fonte: Flávio Miguel Varejão

11 11 (Porter & Millar, 1985) (...) Deve-se conceber a Tecnologia da Informação em sua forma mais ampla, para abranger todas as informações criadas e utilizadas pelos negócios. Portanto, além dos computadores.... Necessidade de visão abrangente sobre a Tecnologia da Informação - T.I.

12 12 ESPECIALISTAS X GENERALISTAS ????

13 Sistema de Informação

14 14 HARDWARE (Computadores) PESSOAS BANCO DE DADOS SOFTWARE PROCEDIMENTOS REDE SI Informatizado

15 15 Sistema de Informação

16 16 OLIVEIRA, Jair. Pg 154 O Empreendedor de T.I. Deve Ver a Empresa Como um Sistema

17 Mas na verdade tem que estabelecer relações com... Fonte: Flávio Miguel Varejão

18 Na verdade, o empreendedor emergente tem que conseguir a interdependência com cada um destes grupos em condições de incerteza

19 19 O Modelo Michael Porter Aplicado aos Negócios de T.I. CLIENTES SUBSTITUTIVOS FORNECEDORESCONCORRENTES POTENCIAIS ENTRANTES

20 20 Tecnologia da Informação: Investimento de Risco Elevado!?!?

21 21 O E 3 na concepção de produtos e serviços E

22 22 A banalização da Internet: Plataforma de Conhecimentos? Plataforma de Negócios? Futilidades e Ilícitos?

23 23 Os diversos sabores do e Business

24 24 Breve Relato de Cases de Empreendedorismo Tecnológico com Fundo Social. NOTEBOOK DE U$ 100,00

25 25 Breve Relato de Cases de Empreendedorismo Tecnológico com Fundo Social. LINUX KURUMIN

26 26 Breve Relato de Cases de Empreendedorismo Tecnológico com Fundo Social. CDI

27 27 Breve Relato de Cases de Empreendedorismo Tecnológico com Fundo Social. METARECICLAGEM

28 28 Sem Ética, não há empreendedorismo! DESAFIO DA RESPONSABILIDADE E DO CONTROLE: Garantir que a Informática Seja Utilizada de Maneira Ética e Socialmente Responsável Empregos Analfabetismo Tecnológico Analfabetismo Tecnológico Dependência X Produtividade Permanência na WEB Permanência na WEB

29 29 Sem Ética, não há empreendedorismo! DESAFIO DA RESPONSABILIDADE E DO CONTROLE: Garantir que a Informática Seja Utilizada de Maneira Ética e Socialmente Responsável Privacidade Comércio de Banco de Dados Segurança

30 30 Sem Ética, não há empreendedorismo! Tecnostresse Propriedade Intelectual Pirataria, Plágio, etc. As Crias da Internet Filhote de Hacker

31 31 CONVITE À NOVAS PERSPECTIVAS O Profissional de Informática Executor X Projetista, Gestor, Estrategista, Empreendedor

32 32 "A oportunidade é perdida pela maioria das pessoas porque ela vem vestida de macacões e se parece com trabalho." -- Thomas EdisonReflexões "Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais seguro para o sucesso é sempre tentar apenas uma vez mais." -- Thomas Edison E o estudo? Ver EINSTEIN...

33 .."Não fracassei nenhuma vez. Inventei a lâmpada! Acontece que foi um processo de passos. – Disse Edison. Empreendedorismo requer persistência

34 Baumol: inovação e liderança.O empreendedor (queira ou não, também exerce a função de gerente) tem uma função diferente. É seu trabalho localizar novas idéias e colocá-las em prática. Ele deve liderar, talvez ainda inspirar; ele não pode deixar que as coisas se tornem rotineiras e, para ele, a prática de hoje jamais será suficientemente boa para amanhã. (1968). Drucker: prática; visão de mercado; evolução. "O trabalho específico do empreendedorismo numa empresa de negócios é fazer os negócios de hoje capazes de fazer o futuro, transformando-se em um negócio diferente. Não é nem ciência, nem arte. É uma prática. (1974) Definições para Empreendedorismo


Carregar ppt "1 EMPREENDEDORISMO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof.: Sérgio Alves * www.profsergio.net - PVH – RO, ____________________________________________________________________."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google