A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Implantação da República

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Implantação da República"— Transcrição da apresentação:

1 A Implantação da República
Um novo partido, que surge ainda no século XIX, vai aproveitar o descontentamento dos diferentes grupos sociais e, através de uma revolta, instaurar a República em Os Portugueses passaram a ser governados de outra forma.

2 Razões da Queda da Monarquia
A maior parte da população vivia mal Atraso do desenvolvimento agrícola e industrial Humilhação sentida pela cedência ao Ultimato O País tinha grandes dívidas Promessas do Partido Republicano Grande agitação e falta de liberdade

3 O Mapa Cor-de-Rosa O Ultimato Inglês
A Conferência de Berlim decidiu que os territórios africanos pertenceriam aos países que os ocupassem efectivamente. Portugal exigia o seu direito em ocupar os territórios compreendidos entre Angola e Moçambique – mapa cor-de-rosa O Ultimato Inglês Em 11 de Janeiro de 1890, a Inglaterra enviou ao rei D. Carlos um Ultimato: ou os Portugueses desocupavam os territórios situados entre Angola e Moçambique ou o governo inglês declarava guerra a Portugal.

4 O Governo viu-se obrigado a aceitar o Ultimato, o que provocou manifestações de descontentamento. Em 14 de Janeiro de 1890, o Partido Republicano Português organizou uma grande manifestação em Lisboa, acusando o rei D. Carlos e o Governo de terem traído os interesses dos Portugueses em África.

5 O Partido Republicano Os republicanos achavam que à frente do País não devia estar um rei, o qual nem sempre tinha as capacidades necessárias para o cargo, mas sim um presidente eleito pelos Portugueses e que governasse só durante alguns anos. Consideravam, portanto, que a forma de governo do País tinha de ser alterada. A monarquia devia ser substituída por uma república.

6 A acção do Partido Republicano
O 31 de Janeiro de 1891 Em 31 de Janeiro de 1891 deu-se, no Porto, a primeira revolta armada contra a monarquia. A guarda municipal, fiel à monarquia, venceu os revoltosos. O número de mortos foi grande O Regicídio No dia 1 de fevereiro de 1908, em Lisboa, dá-se um atentado contra a família real. São mortos o rei D. Carlos e o príncipe herdeiro, D. Luís Filipe.

7 Com a morte de D. Carlos e do
príncipe herdeiro, Luís Filipe, foi aclamado rei D. Manuel II, que tinha apenas 18 anos

8 A Revolução Republicana
 Bombardeamento do Palácio Real pelos republicanos.  Fuga do rei D. Manuel II para Inglaterra.  Prisão dos padres jesuítas pelos republicanos.  Barricadas republicanas na Rotunda.  Desembarque da marinha no Terreiro do Paço.  Proclamação da República na Câmara Municipal.  Visita do Governo Provisório aos revolucionários acampados na Rotunda.

9 Na manhã de 5 de Outubro de 1910, José Relvas e outros membros do directório do Partido Republicano Português, à varanda da Câmara Municipal de Lisboa e perante milhares de pessoas, proclamaram a República.

10 Símbolos da República: Hino Nacional
A Portuguesa

11 Símbolos da República: Bandeira Nacional
O verde, que é a cor da Natureza, simboliza a liberdade. O vermelho, que é a cor do sangue, representa a vida. A esfera armilar simboliza o mundo que os navegadores Portugueses descobriram. Os sete castelos simbolizam a independência de Portugal. O escudo com as cinco quinas representa o nascimento da Nação.

12 Diferenças entre Monarquia e República
O chefe de estado era o Rei O rei governava até à morte O Rei herdava o trono O chefe de estado é um Presidente O Presidente da República é eleito O seu mandato é limitado no tempo


Carregar ppt "A Implantação da República"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google