A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Reciclagem Reciclagem do plástico. Introdução: Neste trabalho vamos falar da reciclagem do plástico! Neste trabalho vamos falar da reciclagem do plástico!

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Reciclagem Reciclagem do plástico. Introdução: Neste trabalho vamos falar da reciclagem do plástico! Neste trabalho vamos falar da reciclagem do plástico!"— Transcrição da apresentação:

1 Reciclagem Reciclagem do plástico

2 Introdução: Neste trabalho vamos falar da reciclagem do plástico! Neste trabalho vamos falar da reciclagem do plástico! Iremos também ver algumas das razões pelas quais a reciclagem do plástico é necessária! Iremos também ver algumas das razões pelas quais a reciclagem do plástico é necessária!

3 O três princípios constituem a conhecida sigla dos 3 Rs: Reduzir, Reutilizar e Reciclar. Dada a grande perda de trabalho e tecnologia incorporada na maioria dos produtos quando passamos da segunda para a terceira opção, importa aqui questionar-nos se os esforços necessários à implementação das duas primeiras hipóteses estão ser encarados de forma igual à actualmente dedicada à reciclagem. Só partindo desta análise será correcto que esta Comissão venha a debruçar-se sobre o problema dos RIP, visto que a produção de resíduos deste tipo em grande quantidade é o resultado de um processo de industrialização, sendo portanto a produção industrial a causa primeira de aparecimento de RIP. Importa avaliar, antes de procurar uma solução para os resíduos, se estarão a ser desenvolvidos os necessários esforços para evitar a produção dos resíduos perigosos, pois como é do senso comum, a melhor forma de resolver um problema é evitar o seu aparecimento. Se cada vez que um problema deste tipo surgir nos limitarmos a procurar medidas para a sua remediação, então estaremos de forma, porventura inconsciente, a contribuir para a perpetuação da situação. Dada a grande perda de trabalho e tecnologia incorporada na maioria dos produtos quando passamos da segunda para a terceira opção, importa aqui questionar-nos se os esforços necessários à implementação das duas primeiras hipóteses estão ser encarados de forma igual à actualmente dedicada à reciclagem. Só partindo desta análise será correcto que esta Comissão venha a debruçar-se sobre o problema dos RIP, visto que a produção de resíduos deste tipo em grande quantidade é o resultado de um processo de industrialização, sendo portanto a produção industrial a causa primeira de aparecimento de RIP. Importa avaliar, antes de procurar uma solução para os resíduos, se estarão a ser desenvolvidos os necessários esforços para evitar a produção dos resíduos perigosos, pois como é do senso comum, a melhor forma de resolver um problema é evitar o seu aparecimento. Se cada vez que um problema deste tipo surgir nos limitarmos a procurar medidas para a sua remediação, então estaremos de forma, porventura inconsciente, a contribuir para a perpetuação da situação. O uso das melhores tecnologias actualmente disponíveis em condições economicamente aceitáveis, (BATNEC), permite fabricar produtos com elevada longevidade. Não corresponde portanto ao avanço tecnológico o slogan implícito da nossa sociedade: "deite fora e compre novo". O uso das melhores tecnologias actualmente disponíveis em condições economicamente aceitáveis, (BATNEC), permite fabricar produtos com elevada longevidade. Não corresponde portanto ao avanço tecnológico o slogan implícito da nossa sociedade: "deite fora e compre novo".

4 Redução, reutilização e Reciclagem No Cap. 3 do relatório elaborado, a Comissão Científica Independente considera extremamente importante a Redução, Reutilização e Reciclagem de resíduos. Assim apresenta-se aqui um pequeno resumo acerca deste tema. Para mais informações aconselha-se uma leitura cuidada ao Cap. 3, sendo dado como adquirido que o relatório é um todo, em que as conclusões reportam os aspectos mais relevantes para a primeira fase do processo previsto no DL 120/99, isto é a escolha da solução tecnológica do problema. No Cap. 3 do relatório elaborado, a Comissão Científica Independente considera extremamente importante a Redução, Reutilização e Reciclagem de resíduos. Assim apresenta-se aqui um pequeno resumo acerca deste tema. Para mais informações aconselha-se uma leitura cuidada ao Cap. 3, sendo dado como adquirido que o relatório é um todo, em que as conclusões reportam os aspectos mais relevantes para a primeira fase do processo previsto no DL 120/99, isto é a escolha da solução tecnológica do problema. Quando se trata um problema de controlo de resíduos é necessário que essa abordagem siga uma hierarquia: Quando se trata um problema de controlo de resíduos é necessário que essa abordagem siga uma hierarquia: Em primeiro lugar é necessário verificar se não será possível evitar a produção do resíduo, por exemplo utilizando produtos fabricados de forma diferente, ou prolongando o tempo de vida útil do produto. Em primeiro lugar é necessário verificar se não será possível evitar a produção do resíduo, por exemplo utilizando produtos fabricados de forma diferente, ou prolongando o tempo de vida útil do produto. Em segundo lugar é necessário verificar se não é possível encontrar uma nova serventia para esse produto, em que grande parte das suas propriedades ainda possam ser rentabilizadas, caso por exemplo de um pneu que seja recauchutado; grande parte dos materiais usados para o seu fabrico e toda a tecnologia vão ser aproveitados, apenas se acrescentando a borracha gasta durante o seu primeiro ciclo de vida. Em segundo lugar é necessário verificar se não é possível encontrar uma nova serventia para esse produto, em que grande parte das suas propriedades ainda possam ser rentabilizadas, caso por exemplo de um pneu que seja recauchutado; grande parte dos materiais usados para o seu fabrico e toda a tecnologia vão ser aproveitados, apenas se acrescentando a borracha gasta durante o seu primeiro ciclo de vida.

5

6 A Decomposiçao do plástico:

7 Conclusão: Concluímos assim, com este trabalho que toda a reciclagem é essencial para o planeta recuperar do estado de degradação em que se encontra agora! O planeta tem os seus próprios meios de reciclagem mas se não dermos uma ajuda, o planeta também não vai conseguir salvar-se sozinho! Por isso, não só a reciclagem do plástico, mas todos os tipos de reciclagem, de todos os resíduos e necessária!! Concluímos assim, com este trabalho que toda a reciclagem é essencial para o planeta recuperar do estado de degradação em que se encontra agora! O planeta tem os seus próprios meios de reciclagem mas se não dermos uma ajuda, o planeta também não vai conseguir salvar-se sozinho! Por isso, não só a reciclagem do plástico, mas todos os tipos de reciclagem, de todos os resíduos e necessária!!


Carregar ppt "Reciclagem Reciclagem do plástico. Introdução: Neste trabalho vamos falar da reciclagem do plástico! Neste trabalho vamos falar da reciclagem do plástico!"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google