A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VIVER A EDUCAÇÃO É SABER VIVER COM AS DIFERENÇAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VIVER A EDUCAÇÃO É SABER VIVER COM AS DIFERENÇAS."— Transcrição da apresentação:

1

2 VIVER A EDUCAÇÃO É SABER VIVER COM AS DIFERENÇAS.

3 Sumário 1.O que é “Viver a educação” ? 2.Uma pitada de teoria:Pedagogia crítica e autocrítica na educação escolar; 3.Os 4 pilares da educação para o século XXI; 4.Diferença: do que falamos? 5.Saber viver com as diferenças em sala de aula.

4 Dedicar-se, motivado, ao trabalho pedagógico. Gostar muito de ensinar para que o Sujeito aprenda. Experimentar alegrias e incertezas. 1. VIVER A EDUCAÇÃO É: É compreender e “sentir” a educação como processo de desenvolvimento integral do Sujeito humano!

5 CONSIDERANDO-SE QUE PASSAMOS MUITO TEMPO DE NOSSA VIDA NO INTERIOR DA ESCOLA, VIVER A EDUCAÇÃO É PROBLEMATIZAR AS RELAÇÕES E AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS QUE SE ESTABELECEM, EM BUSCA DE MELHOR COMPREENDER SEUS MODOS DE FUNCIONAMENTO, PARA OTIMIZÁ-LO.

6

7 2. UMA PITADA DE TEORIA Aspectos epistemológicos. Conhecer:  o processo educacional, em geral: o objeto a ser ensinado; metodologias didáticas.  o processo de aprendizagem e suas especificidades;  algumas tendências pedagógicas. 1. viver a educação é:

8 Aspectos psicológicos: O sujeito aprendente: sua trajetória seus interesses, suas motivações, suas dificuldades, seus ritmos e estilos de aprendizagem viver a educação é:

9 Afetividade, crença no potencial humano e educação 1. viver a educação é:

10 Henry Giroux (1943), americano, estudioso das ideias emancipadoras de Paulo Freire é um dos criadores da teoria crítica educacional como instrumento de renovação pedagógica bem como instrumento de uma revolução educacional necessária no mundo pós-moderno. 3. Pedagogia crítica e autocrítica na educação escolar

11 José Carlos Libâneo, paulista, (1945) desenvolveu inúmeras reflexões sobre didática e prática de ensino considerando as transformações que ocorrem no mundo e o papel da escola na luta contra as desigualdades e contra a exclusão social. Propõe a Pedagogia Crítica Social dos Conteúdos. 3. Pedagogia crítica e autocrítica na educação escolar

12 Pedro Demo, catarinense (1941), defende a educação reconstrutiva, e afirma que o “nível educacional se atinge quando aparece um sujeito capaz de propor, de questionar”. Para despertar esse espírito na criança, ele receita muita pesquisa e incentivo à elaboração própria de cada aluno (a). Também defende a autocrítica para conferir coerência à crítica. 3. Pedagogia crítica e autocrítica na educação escolar

13 Um exemplo que devemos abandonar Pedagogia crítica e autocrítica na educação escolar

14 3. OS QUATRO PILARES PARA A EDUCAÇÃO DO SÉCULO XXI

15 UNESCO/ RELATÓRIO DELLORS 2. Os quatro pilares para a educação do século XXI UNESCO/ RELATÓRIO DELLORS- 1996

16 2. Os quatro pilares para a educação do século XXI Alguns comentários, teorizando...

17 2. Os quatro pilares para a educação do século XXI APRENDER A CONHECER Transmissão de conhecimentos? APRENDER A CONHECER Transmissão de conhecimentos? PSIU! Ensino não significa, necessariamente, que houve aprendizagem!

18 2. Os quatro pilares para a educação do século XXI APRENDER A CONHECER PSIU! A importância da atividade para aprender a conhecer! Construção dos conhecimentos, pelas próprias experiências de relações com o saber e relações de saber.

19 2. Os quatro pilares para a educação do século XXI APRENDER A FAZER Desenvolver habilidades e competências: motoras, relacionais, cognitivas… aplicando, na prática, o conhecimento teórico.

20 2. Os quatro pilares para a educação do século XXI APRENDER A VIVER JUNTO A convivência harmônica depende de atitudes e valores. EU +TU= NÓS ≠ de ELES.

21

22 2. Os quatro pilares para a educação do século XXI APRENDER A SER A convivência harmônica depende de atitudes e valores. EU +TU= NÓS ≠ de ELES. Valorizar os próprios atributos e reconhecer as limitações; Desenvolver o corpo, a mente, a sensibilidade, a ética, a estética, a afetividade e a espiritualidade.

23 APRENDER A SER 2. Os quatro pilares para a educação do século XXI

24 4. DIFERENÇA: DO QUE FALAMOS?

25 4. Diferença: do que falamos? OS TERMOS /DIFERENÇA/ E /DESIGUALDADE/, NO DICIONÁRIO: DIFERENÇA DESIGUALDADE Falta de semelhança; dessemelhança, desigualdade. Em matemática: resultado da subtração. Conjunto de elementos que pertencem a um conjunto, mas não pertence a outros... Qualidade do que é desigual. Em matemática: relação entre os membros de um conjunto que envolve os sinais de maior ou menor, de mais ou menos, em certos atributos.

26 Como estão os “diferentes” em nosso imaginário? Ou... Como vivemos com a diferença? 4. Diferença: do que falamos?

27

28 DIFICULDADES ENCONTRADAS POR PROFESSORES EM SALA DE AULA 5. Saber viver com as diferenças em sala de aula

29 E, então… Cada um de nós, Educadores, devemos encarar nossa tarefa como prática social global, para o que precisamos conhecer (saberes teóricos) e saber fazer metodologia didática), bem como, saber conviver e saber ser.

30 Esperando ter contribuído, deixo com vocês meu carinho, gratidão e uma melodia de esperanças com estímulos para vivermos a educação, intensamente!

31

32 ROSITA EDLER CARVALHO Fone: (21)


Carregar ppt "VIVER A EDUCAÇÃO É SABER VIVER COM AS DIFERENÇAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google