A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PAC: O que o clínico precisa saber? Bernardo Maranhão Professor Assistente da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro- UNIRIO SBPT.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PAC: O que o clínico precisa saber? Bernardo Maranhão Professor Assistente da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro- UNIRIO SBPT."— Transcrição da apresentação:

1 PAC: O que o clínico precisa saber? Bernardo Maranhão Professor Assistente da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro- UNIRIO SBPT

2

3 O passo a passo _______________________________ 1.Definir 2.Diagnosticar 3.Contextualizar 4.Avaliar gravidade 5.Definir o destino… 6.Abordar terapeuticamente

4

5 Definindo… _______________________________

6 Contextualizar _______________________________ Pneumonia Idade Comorbidades Origem Etilismo Tabagismo

7 A Importância do olhar … ___________________________________

8 …para diagnosticar _______________________________ Usando-se as manifestações clínicas e achados laboratoriais!!

9

10

11

12

13

14

15

16 Avaliando gravidade _______________________________ Pneumonia Severity Index (Fine, 1997)

17 Avaliando gravidade _______________________________ Pneumonia Severity Index (Fine, 1997)

18 Avaliando gravidade _______________________________ SMART COP, The Australian CAP Study 2008

19 Avaliando gravidade _______________________________ BTS, 2004 / SBPT, 2009

20 Avaliando gravidade _______________________________ BTS, 2004 / SBPT, 2009

21

22 Importância das infecções respiratórias > Incidência de Pneumonia Pneumococo- bacteremia Avaliando gravidade- e na AIDS? _______________________________ SMT/TMP TARV Tabagismo prev. Morris A & cols. Proc Am Thorac Soc 2011; 8, 17-26

23 Definindo destino… _______________________________ Comorb. CRB 65 PO 2 / RX Social e cogn F. econômico VO?? Julgamento clínico Diretrizes Brasileiras para PAC. SBPT, 2009

24 PAC grave- definição _______________________________ Critérios Maiores – presença de 1 indica necessidade de Terapia Intensiva Choque séptico necessitando de vasopressores Choque séptico necessitando de vasopressores Insuficiência respiratória aguda com indicação de ventilação mecânica Insuficiência respiratória aguda com indicação de ventilação mecânica Critérios Menores – presença de 2 indica necessidade de Terapia Intensiva Hipotensão arterial Hipotensão arterial Relação Pao 2 /Fio 2 menor do que 250 Relação Pao 2 /Fio 2 menor do que 250 Presença de infiltrados multilobares Presença de infiltrados multilobares Diretrizes Brasileiras para PAC. SBPT, 2009

25 Abordagem terapêutica _______________________________ Tempo para início ATB Ressuscitação volêmica- importância do lactato Em internação domiciliar? Novas interpretações… Corticóide sistêmico (Evidência B) Diretrizes Brasileiras para PAC. SBPT, 2009

26 Abordagem terapêutica _______________________________ Diretrizes Brasileiras para PAC. SBPT, Internação recente 2.ATB frequente 4x/ano ou 3 meses 3.VEF1 30% 4.Uso de corticóide sist. nas últimas 2 sem.

27 Perfil de isolamento- S. pneumonie _______________________________ Projeto Sireva II, 2011

28 Perfil de sensibilidade- S. pneumonie _______________________________ Projeto Sireva II, 2011

29 Ventilação não invasiva _______________________________ Evidência A Diretrizes Brasileiras para PAC. SBPT, 2009

30 Suspendendo VNI- critérios _______________________________ Intolerância à máscara Troca gasosa sem melhora e/ou dispnéia Instabilidade hemodinâmica Arritmia ventricular Isquemia cardíaca TOT para toillet brônquica ou proteção VAS Ausência de melhora cognitiva Antonelli & cols. Critical Care 2005 Vol 9 (1);98-103

31 Concluindo (I)… _______________________________ A análise da radiologia em conjunto com os achados clínicos e laboratoriais são as bases do diagnóstico da PAC, devendo ser iniciado seu tratamento no prazo mais rápido possível, observando-se os consensos vigentes, mas sem permitir que eles substituam o julgamento médico apropriado.

32 Concluindo (II)… _______________________________

33 Muito obrigado! O Doutor Luke Fildes ( ) Concluindo (II)… _______________________________


Carregar ppt "PAC: O que o clínico precisa saber? Bernardo Maranhão Professor Assistente da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro- UNIRIO SBPT."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google