A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MUDANÇAS CLIMÁTICAS E SUSTENTABILIDADE Saulo Rodrigues Filho Centro de Desenvolvimento Sustentável (CDS-UnB) Palestra SOEAA, Florianópolis, 28 de setembro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MUDANÇAS CLIMÁTICAS E SUSTENTABILIDADE Saulo Rodrigues Filho Centro de Desenvolvimento Sustentável (CDS-UnB) Palestra SOEAA, Florianópolis, 28 de setembro."— Transcrição da apresentação:

1 MUDANÇAS CLIMÁTICAS E SUSTENTABILIDADE Saulo Rodrigues Filho Centro de Desenvolvimento Sustentável (CDS-UnB) Palestra SOEAA, Florianópolis, 28 de setembro de 2011

2 1. Definições e Conceitos 2. O Sistema Climático 3. Evidências e Incertezas (Impacto Antrópico) 4. Respostas de Governança 5. Efeitos Projetados de Mudanças Climáticas 6. Conclusões Estrutura da Apresentação

3 I- Definições e Conceitos Elementos essenciais envolvidos: - Energia (alimento e movimento) - Água (vida e energia) - Clima (energia, vida e água) Mudanças Climáticas

4 I- Definições e Conceitos Regulação do Clima na Terra Sendo a atmosfera transparente à luz solar, a radiação que torna nosso planeta habitável atinge o solo e é refletida, também sob a forma de calor, que por sua vez é parcialmente dissipado por ser a atmosfera um isolante térmico. Essa propriedade é conhecida como efeito estufa (Goldemberg, 2000). Mudanças Climáticas

5 I- Definições e Conceitos Causas de mudanças climáticas Antropogênicas – O aquecimento global é potencializado pelo aumento na concentração de gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera, causado principalmente pela queima de combustíveis fósseis. Naturais – Alterações cíclicas do eixo da Terra (Milankovitch), dinâmica interna do Sol, emissões vulcânicas, deriva continental, correntes marítimas e meteoritos. Mudanças Climáticas

6 I- Definições e Conceitos Gases de Efeito Estufa (GEE) São considerados gases importantes no processo de aquecimento do planeta, segundo o Protocolo de Kyoto: Dióxido de Carbono (CO2); Metano (CH4); Óxido Nitroso (N2O); Ozônio (O3) e as famílias dos perfluorcarbono, em especial Hidrofluorcarbonos (HFCs); Perfluoretano (C6F6); Hexafluoreta de Enxofre (SF6). Mudanças Climáticas

7 II- O Sistema Climático ( IPCC, TAR, 2001) Mudanças Climáticas

8 Química Atmosférica - Fluxos

9 Mudanças Climáticas O Ciclo Hidrológico # 70% da superfície terrestre é ocupada por água Department of Atmospheric Sciences (DAS)Department of Atmospheric Sciences (DAS) at the University of Illinois at Urbana-Champaign. Distribuição: Oceanos: 97,5% Continentes: 2,4% Atmosfera: 0,1%

10 Fonte: A Atmosfera Terrestre

11 Evolução das Emissões Antrópicas Anuais de Carbono

12

13 Fonte: Woods Hole Research Center, 2007 Evolução das Emissões Antrópicas Anuais de Carbono

14 Fonte: Vostok Ice Core, NATURE |VOL 399 | 3 JUNE 1999 | III- Evidências e Incertezas Importância da escala temporal Mudanças Climáticas

15 III- Evidências e Incertezas A Terra Pulsa

16 Mudanças Climáticas III- Evidências e Incertezas -Modelos Climáticos (incertos) como engenharia do clima - A ciência do clima, por outro lado, já dispõe de muitas evidências da influência antrópica sobre o clima

17 Evidências - desde 1979, perda de 20% da camada glacial do Polo Norte Evidências - desde 1979, perda de 20% da camada glacial do Polo Norte III- Evidências e Incertezas

18 Fonte: Vostok Ice Core, NATURE |VOL 399 | 3 JUNE 1999 | Evidências - Variações naturais de temperatura e o impacto de emissões antrópicas: distintas escalas de tempo Amplitude das variações naturais de (glaciações): até 10 graus em intervalos de (1 grau em 2000 anos) Amplitude das variações antrópicas: até 1 grau em intervalo de apenas 150 anos

19 Antrópico Natural

20 III- Evidências e Incertezas Fonte: Mann, SCIENCE, VOL 297 (2002) Mudanças Climáticas

21 Obs.: Balanço relativo aos fatores externos, período de 1750 até hoje. Fonte: IPCC, FAR (2007)

22

23

24

25 A Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima de 1992 faz parte de uma série de acordos recentes por meio dos quais países do mundo inteiro estão se unindo para enfrentar o desafio do aquecimento global. (www.mct.gov.br) Mudanças Climáticas IV- Respostas de Governança

26 IV- Respostas de Governança: O IPCC

27 Os resultados apresentados pelo IPCC concluem: - A maior parcela do aquecimento global, muito provavelmente, se deve às atividades humanas que aumentam a concentração de GEE na atmosfera; - A composição química da atmosfera continuará se alterando ao longo do século XXI com efeitos persistentes por vários séculos; - Modelos climáticos estimam que a temperatura global irá aumentar de 1.4 a 5.8º C neste século (XXI), dependendo do esforço das nações para implementar políticas de mitigação de gases de efeito estufa. (Salati et al., 2002) Mudanças Climáticas IV- Respostas de Governança

28 Os resultados apresentados pelo Intergovernamental Panel on Climate Change (IPCC) concluem ainda: - 80% do aquecimento global atual são devidos ao CO2; - 80% de toda energia produzida são consumidos por 25% da população mundial que vivem nas nações industrializadas; - Existem 30% mais CO2 hoje na atmosfera terrestre do que na época da revolução industrial. (Salati et al., 2002) Mudanças Climáticas IV- Respostas de Governança

29 O Protocolo de Quioto O Protocolo estabelece metas e prazos para cortar emissões dos países desenvolvidos. A Convenção incentiva esses países a estabilizar as emissões; no Protocolo, os países comprometem- se a reduzir suas emissões coletivas em pelo menos 5%. Os níveis de emissões de cada país serão calculados como a média dos anos Esses cinco anos são conhecidos como o primeiro período de compromisso. (www.mct.gov.br) Mudanças Climáticas IV- Respostas de Governança

30 Emissões de GEE, excluindo uso da terra Fonte: World Resources Institute (2005)

31 Emissões de Gases de Efeito Estufa no Brasil (2005) (MCT, 2009)

32 Emissões de Gases de Efeito Estufa no Brasil (2005)

33 Emissões de Gases de Efeito Estufa, Brasil (2005) (MCT, 2009)

34 Fonte: Stern Review (2006) V-Efeitos Projetados das Mudanças Climáticas

35 Fonte: WRI (2011) Adaptação e Vulnerabilidades

36 Fonte: Stern Review (2006) V-Efeitos Projetados das Mudanças Climáticas

37 VI – Conclusões -Evidente déficit de pesquisas sobre os efeitos socioambientais (vulnerabilidades) das mudanças climáticas, especialmente em regiões tropicais e sub-tropicais; - O mesmo déficit se relaciona ao conhecimento da dinâmica climática nessas regiões (passada, presente e projetada); - Mesmo na ausência de conhecimentos específicos mais aprofundados já se pode, e se deve, traçar estratégias de adaptação, pois essas serão as regiões que arcarão com os maiores prejuízos socioambientais.

38 Obrigado ! Contato Saulo Rodrigues Filho Diretor CDS-UnB


Carregar ppt "MUDANÇAS CLIMÁTICAS E SUSTENTABILIDADE Saulo Rodrigues Filho Centro de Desenvolvimento Sustentável (CDS-UnB) Palestra SOEAA, Florianópolis, 28 de setembro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google