A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Alimentação e Qualidade de Vida Dra. Vanderli Marchiori CRN 3 - 3343.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Alimentação e Qualidade de Vida Dra. Vanderli Marchiori CRN 3 - 3343."— Transcrição da apresentação:

1 Alimentação e Qualidade de Vida Dra. Vanderli Marchiori CRN

2 Qual é a verdadeira importância da hidratação e da nutrição em sua vida ? É possível nos alimentarmos corretamente ? Quais são as conseqüências da inadequação ?

3 EQUILÍBRIO HÍDRICO + CONSUMO FIBRAS Estímulo do funcionamento intestinal eliminando toxinas Importância da água para a pele Água = vida Água + vida = pele viva

4 Beta caroteno Vitamina E Vitamina C Complexo B Zinco, Selênio Carboidratos Proteínas / Aminoácidos Lipídeos Nutrientes Importantes

5 Desequilíbrio de Peso Causado por: Predisposição hereditária Alterações enzimáticas e hormonais Sedentarismo Fumo Hábitos alimentares inadequados Alterações circulatórias e inflamatórias Excesso de peso + CÉLULAS ADIPOSAS COMPRESSÃO DE VASOS SG E LF EDEMA E FIBROSE

6 ÁREAS ENDURECIDAS E NODULARES INFLAMAÇÃO E DOR LOCAL

7 Parede intestinal

8 Associações: Risco aumentado de: Doenças cardíacas Diabetes Hipertensão Transtornos de humor Câncer Risco

9 Acetilcolina – controle tônus, aprendizado, emoções, pressão sanguínea no ato sexual Noradrenalina / Norepinefrina – estimulante, memória, aumento pressão arterial Dopamina – inibidor e controlador; calma, êxtase Prostaglandina - dor Endorfina – calmante, diminui dor, euforia, êxtase Serotonina – bem estar, excitação, melatonina, anti depressão Principais neurotransmissores

10 Colina DHA Feniletilamina Lecitina DMAE Zinco Cálcio Vitamina C Vitamina B1 Vitamina B5 Vitamina B6 Hiperizina Triptofano Tirosina Histamina Omega 3 Vitamina E Selenio L glutamina Coenzima Q10 Principais Nutrientes Envolvidos

11 Fatores de risco de câncer rFatores genéticos rFumo rSedentarismo rObesidade rStress rConsumo excessivo de gordura saturada rBaixa ingestão de frutas e vegetais rConsumo de alimentos com corantes, conservantes e agrotóxicos rConsumo excessivo de álcool rDeficiência Vitamina D rConsmo Elevado de sal rPoluição rAlimentos defumados ou assados na brasa rExcessiva exposição ao sol rInfecções HPV Hepatite B&C

12 Fatores de risco de doença cardíaca rFatores genéticos rDiabetes rFumo rHipertensão rFalta de exercício rDepressão rFalta de pensamento positivo rObesidade rStress rFalta de fé rElevada taxa de colesterol e triglicérides rElevada taxa de Homocisteína rConsumo inadequado de frutas e vegetais rProteína C-Reativa rHipotireoidismo rConsumo Inadequado Omega3 rResistência Insulínica

13 Formas de reduzir a resistência a insulina rReduzir obesidade rParar de fumar rExercícios (com acompanhamento profissional) rDiminuição do PCR Modificações dietéticas rRedução de consumo de ácidos graxos saturados, trans e Ômega 6 na dieta qConsumir grãos integrais qAumentar o consumo de Ômega 3 qAumentar o consumo de alimentos fontes de Cromo

14 Formas de reduzir a resistência a insulina Modificações dietéticas rRedução de consumo de ácidos graxos saturados, trans e Ômega 6 na dieta qConsumir grãos integrais e de fibras alimentares qAumentar o consumo de Ômega 3 qAumentar o consumo de alimentos fontes de Cromo rAumentar consumo de gorduras monoinsaturadas qConsiderar a possibilidade de se tornar vegetariano qConsumir derivados de leite com baixo teor de gordura qConsiderar a redução do consumo de café qPreferir alimentos orgânicos qEvitar o consumo de açúcar refinado

15 Porque Envelhecemos? Fatores externos Que Produzem Oxidação Poluição Fumo Álcool Distúrbios do Sono Stress Drogas Alterações Constantes de Peso Excesso Atividade Fìsica Alguns Alimentos Alteram Funções dos orgãos Com Alimentos antioxidantes, pois diminuem os efeitos dos Radicais Livres + RL

16

17 AlimentoEfeito Brássicas (couve-flor, brócolis) Ricos em antocianatos e tiocianatos que protegem contra o câncer de maneira geral LeguminosasFibras, folato e Inibidores de protease oferecem proteção contra doenças cardíacas e câncer Liliáceas (aspargo, alho, cebola) Compostos sulfurados capazes de prevenir o câncer CítricasVitamina C, Limoeno e Cumarínicos apresentam propriedades anti- cancerígenas Solanáceas (pimentas, batatas, tomate) Diversos fitoquímicos com efeitos anti-cancerígenos Umbela (cenoura, aipo, salsa) Frutas e Vegetais e seus efeitos sobre a saúde

18 Tipo de CâncerAlimento Benéfico Boca e GargantaCenoura, frutas cítricas, Hortaliças verdes Pulmão Cenoura, verduras folhosas, tomate (o efeito protetor desaparece diante da fumaça de cigarro) Estômago Cenoura, verduras folhosas, tomate, alho, cebola e crucíferas BexigaHortaliças crucíferas Cólon e RetoHortaliças verde-escuras, ricas em ácido fólico MamaCenoura PróstataTomate Frutas e Vegetais e Prevenção de Câncer

19 Mudanças de hábitos CONSUMO DE FIBRAS E ALIMENTOS ANTIOXIDANTES (frutas e legumes com casca, vegetais crus, cereais integrais, farelo de aveia, semente de linhaça) MASTIGAÇÃO : ambiente calmo e tranqüilo, organizar tempo para as refeições EQUILIBRIO HIDRICO ESTIMULAR A DIGESTÃO: evitar consumo de líquidos nas refeições, manter a flora intestinal íntegra LADRÕES DE ENERGIA ALIMENTOS QUE COLOCAM NOSSA VIDA EM RISCO

20 É um bulbo comestível que pode ser usado sob as mais variadas formas culinárias: Crú Cozido / Frito Pó Triturado Inteiro Cápsulas Alho como estratégia funcional de prevenção de doenças

21 Aliina - Hipotensor, hipoglicemiante Ajoeno (ajocisteína) - Prevenção de coágulos, antiinflamatório, vasodilatador, hipotensor, antibiótico Alicina e tiosulfinatos - antibiótica,antifúngica, antiviral Alil maercaptano – hipocolesterolemiante S- alil-cisteína e compostos -glutâmico - Hipocolesterolemiante, antioxidante, quimioprotetor frente ao câncer Sulfeto dialil - Hipocolesterolemiante Fitoquímicos Sulfurados

22 Adenosina - Vasodilatadora, hipotensora, miorelaxante Fructanos (Escorodosa) – Cardioprotetora Fração protéica F-4 - Imunoestimulante Quercetina – Antialergênica Saponinas (gitonina F, eurobósido B) - Hipotensora, antimicrobiana Escordinina - Hipotensora, aumenta a utilização de B1, antibacteriana Selênio - Antioxidante Ácidos fenólicos - Antiviral e antibacteriana Saponinas - Anticancerígena* ( ainda em estudos) Fitoquímicos Não Sulfurados

23 Redução das concentrações séricas de LDL e triglicerídeos Redução da pressão arterial Aumento da atividade fibrinolítica Inibição da agregação plaquetária Bactericida, fungicida e antiviral Melhora do sistema imunológico Combate ao câncer Resultados Práticos

24 Pilares Para Excelência em Saúde 1. Redução dos Fatores de Risco 2. Prática de Exercício Físico 3. Nutrição adequada (macro) 4. Suplementação (micro) 5. Descanso diário 6. Atitude mental positiva 7. Acompanhamento preventivo 8. Meio ambiente adequado

25 Qualidades dos alimentos consumidos 1. Alimentos orgânicos 2. Vegetais hidropônicos – qualidade de cultivo e nutrição da planta 3. Agrotóxicos e nutrientes 4. Local e técnicas de preparo das refeições 5. Condições de consumo dos alimentos 6. Combinação das preparações 7. Sinergia e biodisponibilidade de nutrientes

26 Se você tem uma dieta balanceada, você não precisa tomar suplementos de vitaminas e minerais. É uma afirmativa válida? Suplementos?

27 As RDAs (Ingestão Diária Recomendada) 20 anos como o guia seguido pelos médicos e nutricionistas especialistas; Necessidade diária de vitaminas e minerais para fornecer saúde normal e prevenir doenças por deficiências; Estimativa da necessidade de nutrientes de 95% da população por faixa etária e sexo; Necessidade mínima – não é a mesma para prevenção doenças crônicas;

28 As RDAs (Ingestão Diária Recomendada) Dificuldades em manutenção de concentração de nutrientes frente à qualidade do solo e baixa oferta de alimentos orgânicos Solo pobre em nutrientes Tempo entre colheita e consumo efetivo muito longo Condições de armazenamento inadequadas Necessidades diferenciadas de gestantes e nutrizes

29 taxa superior à 30% na população infanto-juvenil brasileira independe da classe socioeconômica consumo inadequado de macro e micro nutrientes atividade física insuficiente baixo rendimento escolar Obesidade Infantil

30 Uma deficiência de qualquer dos micronutrientes: ácido fólico, vitamina B12, vitamina B6, niacina, vitamina C, vitamina E, ferro ou zinco, imitam a radiação no dano ao DNA causando simples e duplas quebras na estrutura, lesões oxidativas, ou ambas… Tratamento com os micronutrientes deficientes pode levar a uma melhora na saúde e aumentar a longevidade a baixo custo. Ames BN. Mutat Res 2001 April 18;475(1-2):7-20 Micronutrientes

31

32 Nosso cérebro prefere recursos naturais para a manutenção de bons níveis de saúde... Quanto melhor for a fonte de nutrientes mais eficaz será o funcionamento do nosso corpo e de nossa mente !!! A sabedoria da natureza


Carregar ppt "Alimentação e Qualidade de Vida Dra. Vanderli Marchiori CRN 3 - 3343."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google