A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Edson-20121 DISCIPLINA SISTEMAS DE CARGA E PARTIDA EEP001 Prof. Edson.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Edson-20121 DISCIPLINA SISTEMAS DE CARGA E PARTIDA EEP001 Prof. Edson."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Edson-20121 DISCIPLINA SISTEMAS DE CARGA E PARTIDA EEP001 Prof. Edson

2 Prof. Edson-20122 Objetivos Específicos: - Corrente Alternada (Boylestad Cap 13) - Geração (Martignoni Cap. 9) - Potência AC (Boylestad Cap 13) - Potência Aparente e Reativa (Boylestad Cap 14 e Cap 19) - Transformadores e Bobinas de Ignição (Boylestad Cap 21)

3 Prof. Edson-20123 Sistemas em Corrente Alternada (Boylestad Cap. 13.1 e 13.2) Robert L. Boylestad Introductory Circuit Analysis, 10ed.

4 Prof. Edson-20124 Sistemas em Corrente Alternada (Boylestad Cap. 13.3) Robert L. Boylestad Introductory Circuit Analysis, 10ed.

5 Prof. Edson-20125 Deslocamento de Fases (Boylestad Cap. 13.5) Robert L. Boylestad Introductory Circuit Analysis, 10ed.

6 Prof. Edson-20126 Geração de um sinal alternado em um campo magnético Alfonso Martignoni, Eletrotécnica.

7 Prof. Edson-20127 Tensão de saída de um alternador AC (Boylestad Cap.13.7 e 13.8)_ A tensão eficaz é valor que energeticamente produz o mesmo trabalho que um tensão contínua. Pm=Vef.Ief

8 Prof. Edson-20128 Potência Média e Fator de Potência (Boylestad Cap.14.5)

9 Prof. Edson-20129 Valor Eficaz da Corrente Alternada

10 Prof. Edson-201210 Circuito Puramente Ôhmico (Boylestad Cap. 19.1 e 19.2)

11 Prof. Edson-201211 Circuito Puramente Indutivo (Boylestad Cap. 19.4) Potência média dissipada no indutor ideal

12 Prof. Edson-201212 Circuito Resistivo/Indutivo (Boylestad Cap. 19.5, 19.6 e 19.7) Z R X

13 Prof. Edson-201213 Indutância Mútua (Boylestad Cap.21.1)

14 Prof. Edson-201214 Transformador com Núcleo de Ferro (Boylestad Cap.21.3)

15 Prof. Edson-201215 Determine o fluxo máximo m e o número de espiras do secundário.

16 Prof. Edson-201216 Sistema de Ignição Automotiva Para iniciar uma combustão a ignição deve produzir uma centelha com energia inicial de 0,2mJ, podendo ir até 3,0mJ.

17 Prof. Edson-201217 Sistema de Ignição Automotiva com Sensor Hall e Distribuição Mec. Para iniciar uma combustão a ignição deve produzir uma centelha com energia inicial de 0,2mJ, podendo ir até 3,0mJ.

18 Prof. Edson-201218 Evolução das Bobinas de Ignição A função da bobina é criar um plasma a partir da quebra do dielétrico do meio gasoso combustível/ar Bobina Asfáltica BIC – Bosch Ignition CoilBobina tipo Pencil Família de Bobinas Plásticas

19 Prof. Edson-201219 Bobinas de Ignição Bosch Terminal de Saída Conector do primário Núcleo Laminado Enrolamento Secundário Resina de Isolação Núcleo isolado Enrolamento Primário próximo ao núcleo

20 Prof. Edson-201220 Bobinas de Ignição Bosch

21 Prof. Edson-201221 Sistema de Ignição com Driver Flyback Descontínuo

22 Prof. Edson-201222 Bobina com uma saída e distribuição mecânica

23 Prof. Edson-201223 Bobina com saídas duplas

24 Prof. Edson-201224 Bobina com 2 saídas duplas

25 Prof. Edson-201225 High Voltage Ignition Coil Driver Power IC VB325SP

26 Prof. Edson-201226 Paschen estudou o efeito da quebra de dielétrico entre dois eletrodos e um meio gasoso. Ele postulou que: Na qual a e b são constantes que dependem da composição do gás. Para o ar seco à 1 atm. temos: a = 43,6X10 6 b = 12,8 p = 1atm. Friedrich Paschen (1865 – 1947)

27 Prof. Edson-201227 Tensão mínima para o Ar Seco, comparado com N 2 e H 2.

28 Prof. Edson-201228 Lei de Paschen

29 Prof. Edson-201229 Alguns Módulos de Ignição Bosch para Diferentes Fabricantes

30 Prof. Edson-201230 Ler as duas dissertações que estão no site da disciplina para o realizar o projeto e para a P1. TCC Injeção eletrônica programável para automóveis Thesis Digital ignition and electronic fuel injection - Kosik-2000. Ler Capítulo 8 do Denton


Carregar ppt "Prof. Edson-20121 DISCIPLINA SISTEMAS DE CARGA E PARTIDA EEP001 Prof. Edson."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google