A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial."— Transcrição da apresentação:

1 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial Vida Artificial e Ambientes Virtuais Marcio Lobo Netto 2012 Vida Artificial Introdução Universidade de São Paulo Escola Politécnica - Engenharia de Sistemas Eletrônicos Núcleo de Apoio à Pesquisa em Ciência Cognitiva

2 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Objetivo Desta Disciplina compreensão dos processos relacionados à vida sistematização para abordar o assunto classificação sobre critérios diversos simulação computacional de alguns aspectos

3 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Estudos e Conhecimento na Área progresso no estudo de organismos vivos –limitado pela complexidade do assunto –dificuldade em se propor e realizar experimentos adequados –análise do organismo (alguns resultados) –síntese do organismo (nenhum resultado)

4 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial Histórico ideias & modelos experimentos set-nov 20124

5 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Histórico propostas / modelos / descobertas –questionamento de Schrödinger (1943) publicação do livro: o que é vida? –questionamentos a respeito das suas qualidades essenciais –proposição da existência de um cristal mantenedor da informação da vida (posteriormente identificado com código genético no DNA) –proposição da estrutura helicoidal do DNA (1952) – Nobel 1962 (dupla hélice) Francis Crick –Britânico, físico e bioquímico James Watson –Americano, biólogo

6 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Histórico experimentos –experimento de Miller (1953) síntese de aminoácidos a partir de substâncias primitivas como água, amônia, metano num ambiente com elevada temperatura e com descargas elétricas simulando a combinação atmosférica primitiva do planeta Terra mostra a possibilidade de criar tais aminoácidos, que são elementos fundamentais para formação de células (compõe proteínas, polipetídeos e enzimas) que permitem a existência de DNA e RNA e consequentemente a vida mas não mostra o surgimento da vida propriamente !!!

7 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Histórico computação –permitiu o estudo dos princípios e modelos de vida, e assim proposições matemáticas que a descrevessem – vida artificial Máquina de Turing Automata Celular computadores –enquanto laboratórios virtuais, permitindo a elaboração e execução de experimentos de vida artificial, seguindo os mais variados modelos e conceitos

8 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial Seres Vivos – Observações matéria – inorgânica e orgânica física, química e biologia set-nov 20128

9 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Seres Vivos – Observações matéria inorgânica –análise de decomposição (reducionismo) permite identificar o elemento fundamental de uma certa matéria átomos / moléculas –e assim identificar a essência da substância, algo que a retrate integralmente, e cujas propriedades se encontram na substância, independentemente da quantidade analisada (ex: ponto de ebulição da água) a água (molécula) ou o ferro (átomo) são o que são independentemente da quantidade analisada

10 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Seres Vivos – Observações matéria orgânica –análise de decomposição (reducionismo) permite identificar certas características da matéria átomos / moléculas / células / tecidos / órgãos permite a classificação estrutural e funcional –mas não é suficiente para caracterizar as qualidades essenciais de ser vivo não permite explicar o fenômeno de ser vivo

11 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Seres Vivos – Observações áreas do conhecimento física –enquanto ciência procura explicar fenômenos observados contemplando apenas objetos do domínio estudado, sem considerar fatores que trancendam tais domíniois, o que é tratado pela metafísica (sobrenaturais) –trata de classificar os objetos de sua observação tais classes reunem propriedades intrinsicas dos objetos analisados ex: estrelas –explicação dos fenômenos leis físicas, válidas para elementos de qualquer natureza no universo explicam determinados aspectos, não todos (como vida)

12 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Seres Vivos – Observações áreas do conhecimento química –estudo da estrutura da matéria e das possibilidades de combinação de elementos átomos e moléculas –inorgânicas e orgânicas reações (transformações de substâncias) –explicação dos fenômenos leis químicas, válidas para elementos químicos de qualquer natureza no universo explicam determinados aspectos, não todos (como vida)

13 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Seres Vivos – Observações áreas do conhecimento biologia –estudo da estrutura e funcionalidade de organismos vivos seres vivos –explicação dos fenômenos classificação e explicação de comportamentos e formações biológicas explicam determinados aspectos da vida, não todos, como por exemplo seu surgimento

14 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Seres Vivos – Observações áreas do conhecimento bioquímica –estabelece relações entre as áreas da química e da biologia, permitindo compreender aspectos biológicos a partir do explicação química biologia molecular –estabelece ligações entre estruturas moleculares e suas funções, permitindo análisar o DNA e os processos de síntese proteica, considerados essenciais para o desenvolvimento e perpetuação da vida código genético como informação descritora do que e de como fazer (construir e controlar o ser biológico)

15 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial Vida – Escopo & Definições Life is a tale told by an idiot, full of sound and fury, signifying nothing W. Shakespeare set-nov

16 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Vida – Escopo & Definições fisiológico –organismos e sua estrutura (anatomia) e funcionalidade (fisiologia) –composição de orgãos, tecidos, células –macroscópico

17 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Vida – Escopo & Definições metabólico –atividade exercida por toda célula, e portanto característica da vida –capacidade de trocar material e energia com o ambiente em que está inserido o elemento (célula) analisado, –garantindo a perpetuação daquela estrutura viva

18 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Vida – Escopo & Definições bioquímico –capacidade de manter substâncias (matéria) que guardem consigo um código genético –particular composição estrutural da matéria (DNA) que permite a ela servir com o receita para a construção de um ambiente ao seu redor (célula e indivíduo) –característica bio-química, ou seja de uma particular estrutura quimica (orgânica) que propicia a vida (biológica)

19 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Vida – Escopo & Definições genético –código que descreve o ser que o protege, e que pode ser visto matematicamente como informação –trata da essência da representação e perpetuação da informação, independentemente do substrato usado Pode portanto ser objeto de coisas virtuais (simulações computacionais) –característica matemática, ou seja conceitual, abstraindo as propriedades do substrato onde possa vir a acontecer (carbono ou silício)

20 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Vida – Escopo & Definições termodinâmico –expressa a capacidade do elemento de manter baixa sua entropia, ainda que imerso num ambiente cuja entropia é muito maior –característica física, e portanto retrata o encontro de uma particular estrutura que permita à vida acontecer –Schrödinger – cristal da vida ordem a partir da desordem (surgimento) ordem a partir da ordem (perpetuação)

21 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Vida – Escopo & Definições visão geral termodinâmica: entropia manutenção da ordem / estrutura genética: código / informação representação e manutenção da informação anatômica / fisiológica: estrutura / função estudo sistêmico – relação de partes - especialização cerebral organismos complexos

22 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Vida – Escopo & Definições visão geral termodinâmica: entropia genética: código / informação anatômica / fisiológica: estrutura / função cerebral organismos complexos mental (SW) emergente de um HW que atingiu certa complexidade

23 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial set-nov Vida – Escopo & Definições visão geral termodinâmica: entropia genética: código / informação anatômica / fisiológica: estrutura / função cerebral mental (SW) evolução cultural aprendizado evolução genética

24 EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial Vida – Um exemplo icub robot set-nov


Carregar ppt "EPUSP / PSI cognitio Marcio Lobo Netto Vida Artificial PSI Vida Artificial Vida Artificial."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google