A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Exercício Físico e Altitude Paula Maki Otani R1 Orientadora: Dra. Ana Lucia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Exercício Físico e Altitude Paula Maki Otani R1 Orientadora: Dra. Ana Lucia."— Transcrição da apresentação:

1 Exercício Físico e Altitude Paula Maki Otani R1 Orientadora: Dra. Ana Lucia

2 B USCA PELO E VEREST Ligação exercício x altitude = escalada de montanhas Stress – frio, radiação, altitude, inclinação íngrime Objetivo: Everest (8.848m) 1924: Mallory e Irvine (britânicos) tentaram 1953: Hillary e Tenzing (anglo-neozelandeses) 1978: Messner e Habeler – primeiros a atingirem o topo sem o uso de suporte O2

3 B USCA PELO E VEREST Major Hingston: 5.800m: esforços leves – dificuldade resp acentuada 8.200m: 7-8 respiradas p/ dar um único passo + descansar por 1 min a cada metros

4 B USCA PELO E VEREST Pugh ( ): Fator limitante: fadiga dos musc respiratórios VO2máx em altitudes extremas – semelhante ao metabolismo basal Como Messner e Habeler chegaram s/ O2???

5 P RESSÃO A TMOSFÉRICA

6 É a medida do peso de uma coluna de ar sobre um ponto

7 P RESSÃO A TMOSFÉRICA Ao nível do mar: peso maior Pressão atmosférica maior

8 P RESSÃO A TMOSFÉRICA Aumentando altitude – peso vai diminuindo Pressão atmosférica diminui

9 P RESSÃO A TMOSFÉRICA % de O2, CO2, N2 são as mesmas Pressão parcial de cada gás se altera devido Patm

10 D ESEMPENHO A NAERÓBIO DE C URTA D URAÇÃO Desempenho máximo < 2 min Fonte predominantemente anaeróbia

11 D ESEMPENHO A NAERÓBIO DE C URTA D URAÇÃO Desempenho melhor: ganho esperado ao longo do tempo Densidade do ar <:

12 D ESEMPENHO A ERÓBIO DE L ONGA D URAÇÃO Desempenho máximo > 2 minutos Predominantemente aeróbico

13 D ESEMPENHO A ERÓBIO DE L ONGA D URAÇÃO Desempenho reduziu em tds as distâncias Exceto em 1500 m (Kipchoge Keino)

14 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO Queda do desempenho nas corridas de longa distância semelhante ao destreinamento Queda do VO2 máx

15 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO

16 VO2 máx = DC x Dif (a-v O2)

17 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO VO2 máx = DC x Dif (a-v O2) DC = FC x vol sistólico FC máx: não se alterou nas diversas altitudes (2300m, 3100m, 4000m) Vol Sistólico máx : estudos mto inconsistentes

18 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO VO2 máx = DC x Dif (a-v O2)

19 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO PO2 venoso

20 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO PO2 venoso P atmosférica

21 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO PO2 arterialPO2 venoso P atmosférica

22 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO PO2 arterial PO2 venoso P atmosférica

23 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO PO2 venoso PO2 arterial PO2 venoso P atmosférica

24 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO PO2 venoso PO2 arterial PO2 venoso P atmosférica

25 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO PO2 venoso PO2 arterial PO2 venoso P atmosférica

26 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO PO2 venoso PO2 arterial PO2 venoso P atmosférica

27 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO VO2 máx = DC x Dif (a-v O2) Dif (a-v O2) – devido: Queda de PO2 arterial ou aumento PO2 venoso Dessaturação Hb Nível do mar: 96-98% 2300m: 88% 4000m: 71%

28 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO Outros estudos (> 4000m): Queda da FC máx 4650m: < bpm 6100m: < 47 bpm Pode ser revertida com normóxia ou uso de atropina

29 D ESEMPENHO A ERÓBIO M ÁXIMO VO2 máx = DC x Dif (a-v O2) Em altas altitudes (4000m): Queda Sat O2 Queda DC combinados Queda VO2máx

30 D ESEMPENHO A ERÓBIO S UB M ÁXIMO Cada litro de sg – menos O2 – mais L/min deve ser bombeado p/ compensar – aumenta FC

31 D ESEMPENHO A ERÓBIO S UB M ÁXIMO Programa de exercício – diminuir intensidade p/ permanecer na zona da FC alvo

32 D ESEMPENHO A ERÓBIO S UB M ÁXIMO Cada litro de sg – menos O2 – mais L/min deve ser bombeado p/ compensar – aumenta FC Programa de exercício – diminuir intensidade p/ permanecer na zona da FC alvo p/ ter benefícios cardiovasculares – consumo calórico kcal – se intensidade mto alta, dificuldade p/ completar a sessão de treinamento

33 F UNÇÃO R ESPIRATÓRIA NA A LTITUDE

34 FR aumentada – fadiga musc respiratória

35 A DAPTAÇÃO À A LTITUDE E LEVADA Baixo PO2 – produção de eritrócitos Cidade de Morococha (Peru) 4540m: Hb: 211 g/L 211g Hb/L x 1,34 mLO2/g Hb x 81% = 224 mL/L Lima (nível do mar) Hb: 156 g/L 156g Hb/L x 1,34 mLO2/g Hb x 98% = 206 mL/L

36 R ESUMINDO … Desempenho: aeróbio x anaeróbio VO2 máx: 4.000m Treino submáximio Função respiratória Eritropoiese

37 OBRIGADA!!!


Carregar ppt "Exercício Físico e Altitude Paula Maki Otani R1 Orientadora: Dra. Ana Lucia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google