A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Centro Ángel Rama. Ángel Rama Ángel Rama, intelectual uruguaio, dedicou-se a pensar e agir no sentido da integração dos intelectuais e das produções culturais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Centro Ángel Rama. Ángel Rama Ángel Rama, intelectual uruguaio, dedicou-se a pensar e agir no sentido da integração dos intelectuais e das produções culturais."— Transcrição da apresentação:

1 Centro Ángel Rama

2 Ángel Rama Ángel Rama, intelectual uruguaio, dedicou-se a pensar e agir no sentido da integração dos intelectuais e das produções culturais da América Latina. Antes de se tornar um dos maiores ensaístas e críticos latino-americanos, foi ator e crítico de teatro, escreveu novelas e dramas, foi tradutor e editor. Suas convicções de esquerda lhe valeram exílios e contratempos múltiplos. Por acreditar que há uma estreita relação entre a produção literária e os processos sociais, seu interesse pela política, entendida como busca da justiça e da liberdade, e sobretudo o compromisso com a sociedade em que viveu foram uma constante em sua vida. Antonio Candido, referindo-se a Ángel Rama, diz: Considero Ángel Rama o maior crítico literário que a América Latina teve no meu tempo.

3 No livro Literatura e História na América Latina, publicado pelo Centro Ángel Rama em 1991 (dentre vários outros publicados pelo CAR), Candido afirma que, ao definir nosso universo literário tão lucidamente, Rama deu formulação madura e superior a pontos de vista que tinham sido percebidos por outros críticos de maneira parcial e incompleta e nunca haviam sido expostos com originalidade, força integradora e capacidade explicativa tão fortes. Em 27 de novembro de 1983, o avião em que estava com Marta Traba, sua esposa, e outros escritores, como Manuel Scorza, caiu nos arredores de Madrid, cidade em que Ángel Rama se encontrava em exílio. A notícia da morte de Ángel Rama e de Marta Traba foi sabida em Montevidéu, Uruguai, enquanto se realizava um gigantesco ato contra a ditadura, um momento-chave na recuperação da democracia em seu país de origem.

4 Origens do Centro Ángel Rama O Centro Ángel Rama constituiu-se a partir de um grupo de professores de vários departamentos da FFLCH, denominado grupo Ángel Rama, que se reunia informalmente desde meados da década de 70 para a troca de ideias relativas aos seus projetos individuais de pesquisa relacionados com o contexto cultural ibero-americano ou latino-americano. Flávio Aguiar, idealizador do Centro e seu diretor por vários anos, referiu-se ao processo de constituição do CAR lembrando a greve de 30 dias de docentes e funcionários entre abril e maio de 1979: Finda a paralisação, estimulados pelo significado e força da greve, declarada em plena ditadura militar, começamos a nos reunir em seminários informais para conversar sobre os trabalhos que estávamos elaborando, numa reação, segundo Lígia Chiappini, também fundadora do CAR, aos primeiros sinais do projeto universitário que instaurava uma progressiva fragmentação do conhecimento. Apesar de essas atividades interdisciplinares terem se iniciado na década de 70, apenas em 1996 o CAR obteve o estatuto de Centro Ángel Rama de Estudos da Cultura e da Literatura Latino-americanas.

5 Atual direção do Centro Ángel Rama Diretora: Profa. Dra. Maria Sílvia Betti Vice-Diretor: Prof. Dr. Eduardo de A. Navarro Secretária Geral: Profa. Shirlei Lica I. Hashimoto Tesoureiro: Prof. Dr. Edu Teruki Otsuka Secretária: Marlene Petros Angelides Desde sua constituição, o CAR tem procurado congregar professores de vários departamentos da FFLCH, a fim de realizar e oferecer à comunidade universitária e não- universitária atividades interdisciplinares, fruto de pesquisas autônomas e do empenho crítico de intelectuais de nossa Faculdade. É assim que, sem desconsiderar a enorme tarefa levada a efeito e por anos mantida por seus fundadores, passa- se a elencar o esforço de preservar, nos últimos três anos, o projeto desde sempre motivador do CAR, bem expresso no texto de sua atual diretora, Profa. Maria Sílvia Betti: A Universidade pública tem um papel intelectual e reflexivo que não se separa de sua dimensão pedagógica. Uma de suas funções principais é pensar de forma crítica e continuada a sociedade

6 e a estrutura histórica e política à qual esta pertence, materializando esse pensamento mediante ações capazes de difundir as pesquisas e contribuir para o debate intelectual e a formação de um pensamento crítico. O Centro Ángel Rama, centro interdepartamental da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, prioriza a socialização da pesquisa com base em atividades de caráter formativo e continuado. Todas as atividades desenvolvidas e oferecidas pelo CAR – cursos de difusão cultural, palestras, debates, grupo de estudos de textos teatrais e outros – são gratuitas e abertas à comunidade acadêmica, a professores das redes públicas de ensino e aos interessados em geral. Por meio dessas atividades o CAR tem procurado fortalecer os vínculos entre pesquisa e extensão com base em formas de trabalho de caráter efetivamente público, integralmente independente de agências de

7 fomento externas à Universidade de São Paulo, e, portanto, livre de preocupações produtivistas. Acrescenta a professora: Num momento em que o caráter público da Universidade de São Paulo se encontra em processo de indiscutível e aparentemente irreversível desmonte, e em que todos os esforços de aprimoramento e de excelência convergem para a realização de formas de trabalho apoiadas única e exclusivamente em critérios quantitativos e produtivistas, os Centros podem, ainda, representar um campo salutar de debate livre e de troca de idéias e experiências pedagógicas e formativas fundamentadas na convicção de que é necessário pensar de forma crítica e continuada sobre a sociedade e a estrutura histórica e política em que a Universidade se insere, e materializar esse pensamento através de ações.

8 Atividades desenvolvidas pelo Centro Ángel Rama de meados de 2008 a 2011 Com essa perspectiva e sob a direção da Profa. Maria Sílvia Betti e do Prof. Eduardo Navarro, o Centro Ángel Rama tem organizado e promovido inúmeras atividades desde meados de 2008 até o momento. Todas essas atividades, oferecidas gratuitamente, têm sido amplamente divulgadas e contam com bibliografia disponibilizada aos inscritos nas Copiadoras da Faculdade e com certificados de participação. Elas têm sido possíveis também graças à disposição e contribuição de todos que as ministraram gratuitamente ou voluntariamente delas participaram. Em números, o CAR promoveu nesse período: 17 Cursos de Difusão, 13 Palestras, 11 Exibições de Filmes com Debates, 9 Encontros Dramaturgia em Debate, 6 Debates, 5 Lançamentos de Livros, 2 Apresentações de Espetáculos Teatrais, 2 Apoios a Seminários Internacionais, 1 Seminário, 1 Leitura Dramática, 1 Oficina de Cinema, 1 Evento em homenagem a personalidade, 1 Apresentação e Discussão de Adaptações Dramatúrgicas, totalizando 69 atividades. O vice-diretor do CAR, Prof. Eduardo Navarro, encarregou-se da revista Língua e Literatura, a mais antiga revista de Letras da FFLCH, indexada no Qualis como A2. Navarro dedicou-se apaixonadamente à elaboração de 4 números da revista (dois lançados no semestre

9 passado, um atualmente na Gráfica para impressão e outro em fase de revisão dos artigos selecionados), resgatando-a e propondo que a interdisciplinaridade fosse seu traço definidor. O lançamento dos números 27 e 28 da Língua e Literatura deu-se com um Sarau em que houve amplíssima participação de alunos, que, entre outras manifestações, declamaram poesias, cantaram e tocaram instrumentos musicais. Por último e mais importante: as atividades aqui elencadas envolveram um número significativo de interessados: mais de 1500 participantes, pelo menos, entre alunos, funcionários e professores das redes municipal e estadual de ensino. Obs.: Foram consultados, para o texto dos slides, documentos do CAR e o Catálogo Ángel Rama, Explorador de la Cultura, publicado pelo Centro Cultural de España-Montevideo.

10 CENTRO ÁNGEL RAMA PRÉDIO DE LETRAS, SALA 37, 3º ANDAR


Carregar ppt "Centro Ángel Rama. Ángel Rama Ángel Rama, intelectual uruguaio, dedicou-se a pensar e agir no sentido da integração dos intelectuais e das produções culturais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google