A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO BIOQUIMICA GERAL RFM 0004 REGULAÇAO DA ATIVIDADE ENZIMÁTICA Prof. Dr. Vanderlei Rodrigues Departamento de Bioquímica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO BIOQUIMICA GERAL RFM 0004 REGULAÇAO DA ATIVIDADE ENZIMÁTICA Prof. Dr. Vanderlei Rodrigues Departamento de Bioquímica."— Transcrição da apresentação:

1 FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO BIOQUIMICA GERAL RFM 0004 REGULAÇAO DA ATIVIDADE ENZIMÁTICA Prof. Dr. Vanderlei Rodrigues Departamento de Bioquímica e Imunologia

2 REGULAÇÃO DA ATIVIDADE ENZIMÁTICA A S ESTRATÉGIAS PARA A REGULAÇÃO DA ATIVIDADE ENZIMÁTICA SÃO: FISICO MODIFICAÇÕES COVALENTES CONCENTRAÇÃO DO SUBSTRATO ATIVAÇÃO ENZIMÁTICA CONCENTRAÇÃO DA ENZIMA EXPRESSÃO GÊNICA ALOSTERISMO ISOENZIMAS

3 CONTROLE FISICO A ENZIMA E O SUBSTRATO DEVEM ESTAR NO MESMO COMPARTIMENTO CELULAR. É O CHAMADO COMPARTIMENTALIZAÇÃO.

4 CONCENTRAÇÃO DO SUBSTRATO NA CELULA, QUAL É A VELOCIDADE QUE A ENZIMA USA? Geralmente a concentração celular do substrato na célula tende a ser muito similar ao Km da enzima.

5 CONCENTRAÇÃO ENZIMÁTICA Síntese e degradação Assim como qualquer outra proteína, a concentração de uma dada enzima vai depender da relação entre as taxas de síntese (ks) e degradação (kdeg) ENZIMA DEGRADAÇÃO SÍNTESE AMINOÁCIDOS

6 CONTROLE AO NÍVEL DA EXPRESSÃO GÊNICA O nível de colesterol na célula, pode ativar ou inibir a enzima chave responsável pela regulação da via de síntese do colesterol GENOMA Acetil-Coa Síntese da enzima HMG-Coa Redutase INIBE HMG-Coa ATIVA ALTO Ácido mevalônico colesterol BAIXO

7 CONTROLE ALOSTÉRICO Proteínas alostéricas são aquelas que adquirem diferentes conformações induzidas pela ligação de moduladores. O mesmo conceito se aplica para as enzimas. Moduladores: podem ser tanto inibidores como estimuladores.

8 Modelo de alosterismo

9 PADRÕES DAS ISOZIMAS NO DESENVOLVIMENTO E NOS TECIDOS

10 MODIFICAÇÃO COVALENTE FOSFORILAÇÃO: Proteínas quinases: catalisam a adição de um grupo fosfato a um resíduo de Ser, Thr ou Tyr.

11 DESFOSFORILAÇÃO Proteínas fosfatases catalisam a remoção de um grupo fosfato de resíduos de Ser, Thr ou Tyr.

12 Regulação por clivagem de um precursor enzimático zimogêneo: precursor inativo ou proenzima


Carregar ppt "FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO BIOQUIMICA GERAL RFM 0004 REGULAÇAO DA ATIVIDADE ENZIMÁTICA Prof. Dr. Vanderlei Rodrigues Departamento de Bioquímica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google