A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Transdução de Sinais Definição Características Tipos gerais de transdutores de sinais Canal iônico Receptor enzimático (fosforilação) Receptor serpentiante.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Transdução de Sinais Definição Características Tipos gerais de transdutores de sinais Canal iônico Receptor enzimático (fosforilação) Receptor serpentiante."— Transcrição da apresentação:

1 Transdução de Sinais Definição Características Tipos gerais de transdutores de sinais Canal iônico Receptor enzimático (fosforilação) Receptor serpentiante (proteína G) Receptor esteróide

2 Habilidade das células de receber e reagir a sinais vindos do outro lado da membrana. Estes sinais são detectados por um receptor específico e convertidos em uma resposta celular Definição

3 EspecificidadeDessensibilização AmplificaçãoIntegração Características dos sistemas de transdução de sinais

4 Etapas da transdução de sinais

5 Poucos mecanismos para a detecção e transformação Grande número de sinais e variedade de respostas X

6 Tipos gerais de transdutores de sinais

7 Canais iônicos Um estímulo ao neurônio pré-sináptico produz um potencial de ação que se move ao longo do axônio. A abertura de um canal de Na + dependente de voltagem permite que o Na + entre e induza à abertura de outros canais adjacentes. Quando a onda de despolarização alcança a extremidade do axônio, os canais de Ca 2+ se abrem para a entrada deste íon. O resultante aumento da [Ca 2+ ] interna desencadeia a liberação exocítica do neurotransmissor dentro da fenda pré-sináptica. A acetilcolina se liga a um receptor no neurônio pós-sinaptico, induzindo à abertura do canal iônico dependente de ligante. O Na + e o Ca 2+ extracelulares entram através deste canal, despolarizando a célula pós-sináptica.

8 Tipos gerais de transdutores de sinais

9 Fosforilação de enzimas Proteína fosfatase Proteína quinase Proteína quinase- transfere o fosfato terminal do ATP para o grupo hidroxil da protéina Proteína fosfatase- catalisa a remoção do fosfato da proteína por hidrólise

10 Fosforilação de enzimas

11 É um meio comum de transmitir informação Cascata de fosforilação

12 Tipos gerais de transdutores de sinais

13 Receptores Enzimáticos

14 Regulação da expressão gênica pela insulina

15 IRS-1, fosforilada pelo receptor da insulina, ativa PI-3K, PI-3K converte PIP 2 em PIP 3 PKB ligada ao PIP 3 é fosforilada, tornando-se ativa PKB estimula a movimentação do transportador da glicose Glu T4 da membrana de vesículas internas para a membrana plasmática, aumentando a captação de glicose A glicogênio sintase (GS) fosforilada pela GSK3 fica na sua forma inativa e não sintetiza o glicogênio. A forma fosforilada da GSK3, também a torna inativa, deste modo a GS permanece ativa A síntese do glicogênio a partir da glicose é acelerada Receptores Enzimáticos

16 Tipos gerais de transdutores de sinais

17 Proteína G Na forma inativa o GDP está ligado à proteína G Quando há troca de GDT por GTP, a subunidade se dissocia de e.

18 Receptores ligados à proteína G 3 componentes: um receptor na membrana plasmática, proteína ligante de GDP/GTP, uma enzima que produz um 2º mensageiro

19 Reação da adenilato ciclase

20 Receptores ligados à proteína G Cafeína, teofilina Nucleotídio cíclico fosfodiasterase 1- A adrenalina liga-se ao seu recptor específico 2- O receptor ocupado induz o deslocamento do GDP ligado pelo GTP, ativando a proteína G 3- A subunidade desloca- se para a adenilil ciclase e a ativa 4- A adenilil ciclase catisa a formação do cAMP 5- PKA é ativada pelo cAMP 6- A fosforilação das proteínas celulares pela PKA induz a resposta celular à adrenalina 7- O cAMP é degradado, revertendo a ativação da PKA 5´-AMP

21 Cascata da adrenalina

22 AMPc (PKA) Glucagon Somastostatina Hormônio Luteinizante Gustativos Odorantes Prostaglandinas Hormônio da Paratireóide Dopamina Histamina Serotonina

23 Um sinal extracelular pode ter efeitos bem diferentes em tecidos ou células diferentes, dependendo: 1- Tipo de receptor 2- Tipo da proteína G (estimulatória ou inibitória) com a qual o receptor estiver acoplado 3- Conjunto das enzimas-alvo da PKA na célula

24 Receptores ligados à proteína G

25 Segundos mensageiros

26 Tipos gerais de transdutores de sinais

27 Receptores esteróides 1 - O hormônio (H), transportado ligado a proteínas séricas até o tecido alvo, difunde-se através da membrana plasmática e liga- se à sua proteína receptora específica (Rec) no núcleo 2 – A ligação do hormônio altera a conformação de Rec; ele forma dímeros com outros complexos e liga-se a regiões regulatórias específicas no DNA, adjacente a genes específicos. 3 – A ligação regula a transcrição de genes, aumentando ou diminuindo a velocidade de formação do RNAm 4 – Os níveis alterados dos produtos gênicos regulados pelo hormônio produz a resposta celular ao hormônio

28

29

30

31

32

33

34

35


Carregar ppt "Transdução de Sinais Definição Características Tipos gerais de transdutores de sinais Canal iônico Receptor enzimático (fosforilação) Receptor serpentiante."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google