A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Autor Pierre Lévy Ed.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Autor Pierre Lévy Ed."— Transcrição da apresentação:

1 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Autor Pierre Lévy Ed. 34, 1996 (7ª Reimpressão, 2005) SEMINÁRIO junho.2006 APRESENTAÇÃO Renata Jorge Vieira Eduardo Giugliani Alunos Pós-graduação/Engenharia e Gestão do Conhecimento, UFSC 2006

2 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Teoria Geral de Sistemas Sistemas Emergentes x Sistemas Teleológicos Evolucionistas Criaciocionistas Re-leitura do livro – texto Re-leitura do texto – internet desterritorialização Contexto do Seminário

3 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 nascido na Tunísia, 1956 filósofo da Informação informática + filosofia + história da ciência + sociologia moderna Mestrado: França História da Ciência Doutorado: França Sociologia e Ciência da Informação e da Comunicação Atua na Universidade de Ottawa, Canadá Área de Pesquisa – Inteligência Coletiva Membro da Academia Canadense de Ciências Quem é Pierre Lévy... seu perfil

4 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02... a comunicação interativa e coletiva é a principal atração do ciberespaço. Sendo a Internet um instrumento de desenvolvimento social, possibilitando a partilha da memória, da percepção e da imaginação. Resultando na aprendizagem coletiva e na troca de conhecimento entre os grupos... X TV, Jornal meios de comunicação passivo, proporcionando ao receptor somente absorção de informação, pois não há nem troca de informações, nem interatividade. Quem é Pierre Lévy... seu credo

5 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 TEXTOS EDITADOS NO BRASIL As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática As árvores de conhecimentos O que é o virtual?96.96 A ideografia dinâmica: para uma imaginação artificial?97.97 A ideografia dinâmica: rumo a uma imaginação artificial? A máquina universo: criação, cognição e cultura informática Cibercultura A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço Filosofia world: o mercado, o ciberespaço, a consciência A Conexão Planetária: o mercado, o ciberespaço, a consciência Ciberdemocracia Quem é Pierre Lévy... sua obra

6 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 O virtual não se opõe ao real, mas sim ao atual. Contrariamente ao possível, estático e já constituído, o virtual é como o complexo problemático, o nó de tendências ou de forças que acompanha uma situação, um acontecimento, um objeto ou uma entidade qualquer, e que chama um processo de resolução: a atualização." (LÉVY, 1996, p.16) O que é o virtual ? Pierre Lévy define...

7 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 mas Pierre Lévy esclarece... a virtualidade não é nem boa, nem má, nem neutra. Ela se apresenta como movimento mesmo de devir outro – ou heterogênese – do humano. Antes de temê-la, condená-la ou lançar-se às cegas a ela, propõe que se faça o esforço de apreender, de pensar, de compreender em toda a sua amplitude a virtualização. (LÉVY, 1996, p.11/12) Amor, Ódio,... Adesão, Crítica,...

8 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 O que é a virtualização ? Conceitos de Realidade, Possibilidade, Atualizada e Virtualidade. desterritolização e espaços-temporais LIVRO O que é o virtual ? CAPíTULO 1

9 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Virtualização do Corpo Virtualização do Texto Virtualização da Economia LIVRO O que é o virtual ? CAPíTULO 2 – 3 - 4

10 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Hominização da virtualização: A Linguagem A Técnica O Contrato LIVRO O que é o virtual ? CAPíTULO 5

11 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 As operações da virtualização abordando... núcleo invariante de operações elementares presentes em todos os processos de virtualização.... gramática, dialética,... LIVRO O que é o virtual ? CAPíTULO 6

12 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 A virtualização da inteligência abordando... o funcionamento tecno-social da cognição. Dialética de objetivação da interioridade e da subjetivação da exterioridade. Visão renovada de inteligência coletiva Construção de um conceito de objeto LIVRO O que é o virtual ? CAPíTULO 7 - 8

13 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Resume, sistematiza e relativiza os conhecimentos abordados na obra filosofia para melhor acolher a dualidade do acontecimento e da substância LIVRO O que é o virtual ? CAPíTULO 9

14 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 ARTE DA VIRTUALIZAÇÃO NOVA SENSIBILIDADE ESTÉTICA LIVRO O que é o virtual ? EPÍLOGO

15 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 NÃO ocorre a contraposição VIRTUAL X REAL NEM a semelhança VIRTUAL = ALIENAÇÃO O que ocorre É a contraposição VIRTUAL X ATUAL Voltando ao foco do Virtual...

16 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 A árvore está virtualmente presente na semente, o que ela não é, é atual. Pois toda semente se transformará em árvore, embora potencialmente contenha uma árvore. e ainda... se as sementes gerarem árvores, existirá a influência do contexto... a semente e a árvore

17 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 VIRTUAL latim medieval... virtualis virtus = força, potência É virtual o que existe em potência, NÃO em ato !!! (a árvore está virtualmente presente na semente) virtual não se opõe ao real mas ao atual virtual e atualidade são apenas duas maneiras de ser diferentes (...nem boa, nem má, nem neutra,...) VIRTUAL X ATUAL tenho real tangível terás intangível Conotação insuficiente para Uma Teoria Geral

18 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 VIRTUAL X ATUALIZAÇÃO árvore é a resolução semente é o problema invenção de uma forma a partir de uma configuração dinâmica de forças e de finalidades... atualização de um programa em função de sua utilização Nó de tensão Nó de coerção No de projetos... redação de um programa

19 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 mutação é o inverso da atualização Mutação de identidade, um deslocamento do centro de gravidade ontológico do objeto considerado: a entidade encontra seu foco num campo problemático, em vez de definir sua solução (atualidade). Virtualizar uma entidade qualquer consiste em descobrir uma questão geral à qual ela se relaciona, em fazer mutar a entidade em direção a essa interrogação e em redefinir a atualidade de partida como resposta a uma questão particular. VIRTUALIZAÇÃO Realização ocorrência de um estado pré-definido Atualização invenção de uma solução exigida por um complexo problemático

20 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 mundo contemporâneo VIRTUALIZAÇÃO DE UMA EMRESA Empresa virtual tele-trabalho comunicação eletrônica recursos cooperação empresa clássica prédio posto de trabalho livro ponto/horário problema de coordenar espaço-temporal de trabalho solução estável individualidade coletividade

21 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 aumenta os graus de liberdade aumenta o número de variáveis é um dos principais vetores da criação da realidade ATUALIZAÇÃO PROBLEMA SOLUÇÃO VIRTUALIZAÇÃO OUTRO

22 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 HISTORICIDADE DO PROCESSO DE VIRTUALIZAÇÃO A VIRTUALIZAÇÃO NÃO NASCEU ONTEM acompanha o processo de evolução da humanidade Século XVI a virtualização da linguagem ocorreu através do texto

23 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 A VIRTUALIZAÇÃO DO TEXTO Tal é o trabalho da leitura: a partir de uma linearidade ou de uma planitude inicial, esse ato de rasgar, de amarrotar, de torcer, de re-costurar o texto para abrir um meio vivo no qual possa se desbobrar o sentido. O espaço do sentido não preexiste à leitura. É ao percorrê-lo, ao cartografá- lo que o fabricamos, que o atualizamos. (Lévy, pg. 36) Escrita = virtualização da memória Digitalização = potencialização do texto Hipertexto = virtualização do texto e virtualização da leitura Ciberespaço = virtualização do computador Desterritorialização do texto (rumo à) Ressurssengência da cultura do texto

24 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 AS 3 VIRTUALIZAÇÕES QUE FIZERAM O HUMANO A LINGUAGEM – A TÉCNICA – O CONTRATO A partir do momento em falamos, as entidades eminentemente subjetivas que são as emoções complexas, os conhecimentos e os conceitos são externalizados, objetivadas e intercambiadas, podem viajar de um lugar para outro, de um tempo à outro, de um espírito à outro. (Lévy, pg. 36) Nascimento da Linguagem = virtualização do presente Técnica = virtualização da ação Contrato = virtualização da violência Arte = virtualização da virtualidade

25 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Catálogos... A biblioteca tradicional está repleta de mecanismos virtuais de referência e mediação, dentre os quais o catálogo e todas as suas derivações e formas é o melhor exemplo. As tecnologias devem ser consideradas acima de tudo como mecanismos de potencialização da informação. A hipertextualização dos documentos pode ser definida como uma tendência a convergência das funções da leitura e da escrita. A partir do hipertexto a leitura tornou-se um ato de escrita. ATERRIZANDO...

26 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Mediação com interação presencial Mediação virtual com interação presencial Mecanismos de Referência em Bibliotecas

27 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Mediação virtual de base mecânica Mecanismos de Referência em Bibliotecas

28 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Mediação virtual de base eletrônica Mecanismos de Referência em Bibliotecas

29 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Mediação virtual de base eletrônica com interação presencial Mecanismos de Referência em Bibliotecas

30 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Leitura fundamental para aqueles que estão inquietos e incomodados com as transformações em andamento no ATUAL mundo VIRTUAL... mo(pós)derno. A virtualização não é de modo algum uma desmaterialização. São movimentos complementares da virtualização: a subjetivação e a objetivação. A virtualização não é um fenômeno recente. O real, o possível, o atual e o virtual são quatro modos de ser diferentes que operam juntos em cada fenômeno concreto. COMENTÁIO FINAL

31 Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 REFERÊNCIAS Lévy, Pierre. O que é o Virtual. Editora 34. 1ª Edição, ª Reimpressão, Souza, Clarice Muhlethaler. Referência Virtual – um Paradigma dos Tempos. Conferência - IV Congresso de Biblioteconomia. Rio de Janeiro


Carregar ppt "Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, EGC - UFSC Tópicos Especiais - Sociedade da Informação 2006/02 Autor Pierre Lévy Ed."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google