A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Felipe Otesbelgue, Fernanda Menegotto, Lucas Di Marco, Luthiele Vasconcellos, Manoela Ceretta, Mauricio Huve, Rafaela Dias, Rafael Caetani, Roberto Zago.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Felipe Otesbelgue, Fernanda Menegotto, Lucas Di Marco, Luthiele Vasconcellos, Manoela Ceretta, Mauricio Huve, Rafaela Dias, Rafael Caetani, Roberto Zago."— Transcrição da apresentação:

1 Felipe Otesbelgue, Fernanda Menegotto, Lucas Di Marco, Luthiele Vasconcellos, Manoela Ceretta, Mauricio Huve, Rafaela Dias, Rafael Caetani, Roberto Zago e Vitor Zinn.

2 A televisão ainda é o meio prevalente na vida dos jovens. As mídias quando usadas corretamente podem constituir-se um instrumento atrativo de ensino.

3 Na última década ganhou importância a internet, que expõe os jovens a conteúdos em uma velocidade muito maior, com efeitos ainda imprevisíveis sobre a saúde das crianças.

4 A Academia Americana de Pediatria recomenda que não se exceda duas horas de acesso a meios eletrônicos, o tempo da criança deve ser preenchido com outras atividades que possibilitarão seu desenvolvimento pleno.

5 A Fundação Kaiser Family fez um estudo em 2010 que mostra que crianças e adolescentes passam cerca de 7 horas/dia em frente aos meios eletrônicos.

6

7

8 A exposição excessiva pode levar a: Distúrbios de sono e crescimento; Comportamentos violentos, ansiedade e medo;

9 Obesidade; Atividade sexual precoce; Déficits de linguagem; Cyberbullying.

10 A exposição à violência pode formar adultos violentos? Sim, avaliações feitas com populações infantis demonstram haver uma correlação entre exposição à violência nos meios eletrônicos e comportamentos violentos. Há também o risco de banalização do ato violento.

11 A alimentação em frente a TV aumenta consideravelmente a quantidade de alimento ingerida; Crianças influenciam os pais a comprarem alimentos que veem em comerciais; Os comerciais geralmente apresentam alimentos ricos em sódio, açúcar e gorduras.

12 A indústria do entretenimento passa a imagem de que o uso de drogas é normal, o que estimula a criança a buscá-las.

13 A exposição de crianças a conteúdo sexual pode estimulá-la a prática sexual precoce; Aumentam os riscos de DSTs e gravidez na adolescência.

14 Os meios eletrônicos abrem espaço para agressões virtuais; A criança pode atuar tanto como agredido quanto como agressor.

15 Observar: estar atento ao que as crianças estão sendo expostas; Participar: orientar o conteúdo e passar algum tempo junto da criança; Limitar: estabelecer limites de tempo e conteúdo.

16 Orientar os pais sobre como agir; Buscar conscientizar a criança sobre o uso dos meios eletrônicos; Deve incluir em suas rotinas a orientação sobre a interação com os meios eletrônicos.

17 Media Education, Pediatrics 2010 Media Use by Children Younger Than 2 Years, Pediatrics 2011 Reportagens sobre o tema da revista VEJA publicadas em 2010 Strasburger, Victor C., Jordan, Amy B., Donnerstein, Ed; Health Effects of Media on Children and Adolescents, Pediatrics 2010


Carregar ppt "Felipe Otesbelgue, Fernanda Menegotto, Lucas Di Marco, Luthiele Vasconcellos, Manoela Ceretta, Mauricio Huve, Rafaela Dias, Rafael Caetani, Roberto Zago."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google