A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RESSEGURO: BREVE INTRODUÇÃO E ALGUMAS CONSIDERAÇÕES Leonardo Machado dos Santos Atuário MIBA 1413.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RESSEGURO: BREVE INTRODUÇÃO E ALGUMAS CONSIDERAÇÕES Leonardo Machado dos Santos Atuário MIBA 1413."— Transcrição da apresentação:

1 RESSEGURO: BREVE INTRODUÇÃO E ALGUMAS CONSIDERAÇÕES Leonardo Machado dos Santos Atuário MIBA 1413

2 ATUAÇÃO DO ATUÁRIO NO RESSEGURO OPORTUNIDADE DO MOMENTO

3 O QUE É R ESSEGURO ? Resseguro é o seguro das Companhias de Seguros Melhorando: Resseguro é a cessão de uma parte dos riscos assumidos por um segurador direto perante os segurados com base nos contratos de resseguros ou determinações legais. Sendo que, em princípio, a Resseguradora não tem nenhuma relação direta com o Segurado.

4 P ARA QUE CONTRATAR RESSEGURO ? Pulverização de Risco; Disponibilização de Know-how; Balanceamento da Carteira; Necessidade de Capacidade; Estratégia da Seguradora;

5 MECANISMOS DE PULVERIZAÇÃO DOE RISCO COSSEGURO X RESSEGURO Divisão de Riscos entre seguradoras; Sem solidariedade entre as partes; Compra de proteção pela companhia de seguros; Com solidariedade entre as partes; CosseguroResseguro

6 H ISTÓRICO R ECENTE DO R ESSEGURO Monopólio do Irb-Brasil Re Mercado Local: Oferta Preferencial de 60% L.C. N° 126, de 15/01/2007 Mercado Local: Oferta Preferencial de 40% Resolução CNSP 168 de 03/12/2007 Resolução CNSP 225 de 05/12/2010 Mercado Local: Colocação Obrigatória de 40%

7 L EI C OMPLEMENTAR N° 126, DE 15/01/2007 Art. 4 o As operações de resseguro e retrocessão podem ser realizadas com os seguintes tipos de resseguradores: I - ressegurador local Ace Resseguradora S.A. Austral Resseguradora S.A. Chartis Resseguros Brasil S.A. IRB-Brasil Resseguros S/A J. Malucelli Resseguradora S.A. Mapfre Re do Brasil Cia de Resseguro Munich Re do Brasil Resseguradora S.A. XL Resseguros Brasil S.A. II - ressegurador admitido III - ressegurador eventual

8 Art. 11. Observadas as normas do órgão regulador de seguros, a cedente contratará ou ofertará preferencialmente a resseguradores locais para, pelo menos: I - 60% (sessenta por cento) de sua cessão de resseguro, nos 3 (três) primeiros anos após a entrada em vigor desta Lei Complementar; e II - 40% (quarenta por cento) de sua cessão de resseguro, após decorridos 3 (três) anos da entrada em vigor desta Lei Complementar. L EI C OMPLEMENTAR N° 126, DE 15/01/2007

9 RESOLUÇÃO CSNP 168 DE 03/12/2007 Art. 15. A sociedade seguradora deverá assegurar a ressegurador ou resseguradores locais a oferta preferencial de cada cessão de resseguro, no mínimo de 60% (sessenta por cento) dos prêmios cedidos, até 16 de janeiro de 2010, e de 40% (quarenta por cento), após o dia 16 de janeiro de Art. 15. A sociedade seguradora contratará com resseguradores locais pelo menos quarenta por cento de cada cessão de resseguro em contratos automáticos ou facultativos. Texto Original Texto alterado pela Resolução CSNP 225 de 05/12/2010

10 T IPOS DE C ONTRATOS DE R ESSEGURO

11 Toda ou Parte de uma Carteira da Seguradora; Regras Pré-definidas; Sem Participação da Resseguradora na análise do Risco; Cobertura automática Risco em Particular, Regras Definidas por Risco; Resseguradora participa na análise do Risco; Sem obrigação de ceder Sem obrigação de aceitar 1. Contratos Automáticos2. Contratos Facultativos

12 T IPOS DE C ONTRATOS DE R ESSEGURO Riscos não são identificados; Menor Despesa Administrativa; Relação de longo prazo; Possível anti-seleção contra o ressegurador; Maior Despesa Administrativa Relação para cobertura do risco; 1. Contratos Automáticos2. Contratos Facultativos

13 T IPOS DE C ONTRATOS DE R ESSEGURO

14 Aumenta a capacidade de subscrição; O ressegurador aceita o prêmio fixado na apólice e recebe um percentual desse prêmio de acordo com sua proporção no risco; O ressegurador participa dos sinistros com base na mesma proporção da participação no prêmio; Fornece capacidade; Taxas de resseguro distintas das do seguro; Não há divisão de responsabilidade; Retenção sinônimo de Franquia dedutível; 1. Proporcional2. Não-Proporcional

15 T IPOS DE C ONTRATOS DE R ESSEGURO Foco na Distribuição de Responsabilidade; Preço: Comissão de Resseguro; Foco na Distribuição de Responsabilidade; Preço: Taxa; 1. Proporcional2. Não-Proporcional

16 T IPOS DE C ONTRATOS DE R ESSEGURO

17 R ESSEGURO P ROPORCIONAL Responsabilidade Proporcional a Participação no Risco; Percentual de Cessão Fixo; Comissão sobre o prêmio cedido; Responsabilidade Proporcional a Participação no Risco; Percentual de Cessão varia. Mas a retenção da seguradora é fixa; Comissão sobre o prêmio cedido; 1. Cota Parte 2. Excedente de Responsabilidade

18 RESSEGURO NÃO-PROPORCIONAL Ressegurador participa em cada risco para nos sinistros (indenizações) superiores a um valor determinado (prioridade). Ressegurador participa em dois os mais sinistros (indenizações) superiores a um valor determinado, causados pelo mesmo evento. Excesso de Danos Por Risco Excesso de Danos Por Evento (Catástrofe)

19 RESSEGURO NÃO-PROPORCIONAL Ressegurador participa na carteira inteira da seguradora caso o total de sinistros da carteira (indenizações) supere um valor determinado. Stop Loss

20 O BRIGADO. D ÚVIDAS ?


Carregar ppt "RESSEGURO: BREVE INTRODUÇÃO E ALGUMAS CONSIDERAÇÕES Leonardo Machado dos Santos Atuário MIBA 1413."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google