A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AVALIAÇÃO DO CICLO DE VIDA Paulo Cadete Ferrão. O Ciclo de Vida.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AVALIAÇÃO DO CICLO DE VIDA Paulo Cadete Ferrão. O Ciclo de Vida."— Transcrição da apresentação:

1 AVALIAÇÃO DO CICLO DE VIDA Paulo Cadete Ferrão

2 O Ciclo de Vida

3 AVALIAÇÃO DO CICLO DE VIDA DE PRODUTOS PRODUÇÃO RECICLAGEM DISTRIBUIÇÃO UTILIZAÇÃO RE-UTILIZAÇÃO INCINERAÇÃO ATERRO MATERIAL A OUTROS MATERIAL B ENERGIA

4 ACV - Ciclo de vida Extracção de matérias primas Produção Utilização Reciclagem / Reutilização Processamento de resíduos Fornecimento de energia Transporte Fronteira do sistema Outros sistemas Produtos Fluxos elementares Produtos Outros sistemas

5 Responsabilização - Quantificação … A necessidade de uma técnica de quantificação do impacte ambiental de um produto ou Serviço. ACV - Avaliação do Ciclo de Vida dos Produtos ou Serviços

6 ACV - Contexto Os princípios associados à ACV encontram-se em fase de normalização, nas normas ISO e seguintes. A ISO define ACV como: Compilação dos fluxos de entradas e saídas e avaliação dos impactes ambientais associados a um produto ao longo do seu ciclo de vida. Produto/serviço - Função, Unidade funcional

7 COMPONENTES DE UMA ACV DEFINIÇÃO DE OBJECTIVOS ANÁLISE DE INVENTÁRIO AVALIAÇÃO DE IMPACTOS Â M B I T O I N O V A Ç Ã O

8 OBJECTIVOS DA A.C.V. OPERACIONAIS TÁCTICOS ESTRATÉGICOS OPTIMIZAÇÃO DE PRODUTOS INFORMAÇAO SOBRE PRODUTOS STANDARDIZAÇAO DE PRODUTOS ROTULO ECOLÓGICO POLITICA DE REFORMULAÇAO DE PRODUTOS QUANTIFICAÇAO DA PERFORMANCE DE PRODUTOS TEMPO

9 CÓDIGO DE ÉTICA ADEQUAÇÃO DO DETALHE NA CARACTERIZAÇÃO DO SISTEMA TRANSPARÊNCIA CONSISTÊNCIA CICLO DE VIDA COMPLETO AMBIENTE COMPLETO ÂMBITO - LIMITAÇÕES INFORMAÇÃO - QUALIDADE, CONFIDENCIALIDADE PRESSUPOSTOS EFECTUADOS PEER REVIEW ENTRE ÂMBITO, METODOLOGIA E CONCLUSÕES NA UTILIZAÇÃO DOS PRESSUPOSTOS NO PROCESSAMENTO DE INFORMAÇÃO NA TERMINOLOGIA

10 FRONTEIRAS DO SISTEMA LOCALIZAÇAO GEOGRÁFICA TECNOLÓGICA ACTUAL MÉDIA MARGINAL PIOR MELHOR PIOR MÉDIA MODERNA MELHOR DISPONÍVEL- BATNEC:BEST AVAILABLE TECHNOLOGY NOT EXCEEDING COST MELHOR TECNICAMENTE POSSÍVEL

11 FRONTEIRAS DO SISTEMA LIMITAÇÕES NO CICLO DE VIDA REGRA PRINCIPAL: NÃO DESPREZAR NADA NA DEFINIÇÃO DO PROCESSO SEM ESTIMAR PREVIAMENTE A SUA CONTRIBUIÇÃO ALOCAÇÃO DE CO-PRODUTOS: PARÂMETROS FÍSICOS - que reflictam a realidade sócio-industrial EXPANDIR AS FRONTEIRAS DO SISTEMA imputação pelo valor acrescentado (entre fábricas-resíduos) -RECICLAGEM EM CIRCUITO ABERTO

12 QUANDO RECORRER À A.C.V. COMPARAÇÃO DE IMPACTOS AMBIENTAIS DE PRODUTOS COM AS MESMAS FUNÇÕES COMPARAÇÃO DE IMPACTOS AMBIENTAIS DE UM PRODUTO RELATIVAMENTE A UMA REFERÊNCIA IDENTIFICAÇÃO DE FASES DO FABRICO COM MAIOR CONTRIBUTO PARA O IMPACTO AMBIENTAL DE UM PRODUTO APOIAR O PROJECTO DE NOVOS PRODUTOS OU SERVIÇOS

13 QUANDO NÃO RECORRER À A.C.V. PARA DECIDIR SOBRE QUESTÕES AMBIENTAIS ESPECIFICAS COMO LOCALIZAÇÕES, NESTA SITUAÇÃO - ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL PARA AVALIAR O IMPACTO AMBIENTAL DE UMA EMPRESA, - AUDITORIA AMBIENTAL IDENTIFICAR SITUAÇÕES DE RISCO ESTUDAR O PROCESSO DE PRODUÇÃO DE UM PRODUTO PARTICULAR

14 DEFINIÇÃO DE OBJECTIVOS O QUE SE PRETENDE CONHECER ? COM QUE OBJECTIVO ? EM QUE MEDIDA A PRECISÃO DOS RESULTADOS É IMPORTANTE PARA AS CONCLUSÕES ? QUE PARÂMETROS ESCOLHER PARA ESTABELECER COMPARAÇÕES ?

15 ACV - O que são impactes ambientais? CATEGORIAS DE IMPACTE AMBIENTAL CFC Pb Cd PAH DUST VOS DDT CO2 SO2 NOX P CAMADA DE OZONO METAIS PESADOS CARCINOGENIA SMOG DE VERÃO SMOG DE INVERNO Intervenção ambiental Cat. Impacte PESTICIDAS EFEITO DE ESTUFA ACIDIFICAÇÃO EUTROFIZAÇÃO

16 ACV - Caracterização Efeito de estufakg CO2 equivalente Camada de ozonoKg CFC11 equivalente CFC HALON CFC (hard)7100HALON CFC HALON CFC HALON-12011,4 CFC HALON-12021,25 CFC Tetraclorometano1,08 HALON CFC-1131,07 HALON CFC (hard)1 CFC CFC-111 CFC CFC-121 HFC-143a3800CFC-131 CFC CFC-1140,8 HFC methyl bromide0,6 HCFC-142b1800CFC-1150,5 CFC (soft)1600HALON-24010,25 HCFC HALON-23110,14 Tetraclorometano1300Tricloroetano0,12 HFC-134a1200HCFC-141b0,11 HCFC-141b580HCFC-142b0,065 HCFC CFC (soft)0,055 N2O270HCFC-220,055 HFC-152a150HCFC-225cb0,033 1,1,1-trichloroethane100HCFC-225ca0,025 HCFC-12390HCFC-1240,022 Triclorometano25HCFC-1230,02 Diclorometano15 Metano11 CO21

17 ACV - AVALIAÇÃO VALORIZAÇÃO SUBJECTIVA Parâmetro de avaliação INDICADOR AUMENTO MARGINAL DE MORTALIDADE SAÚDE DEGRADAÇÃO DO ECOSSISTEMA ECO- INDICADOR CFC Pb Cd PAH DUST VOS DDT CO2 SO2 NOX P CAMADA DE OZONO METAIS PESADOS CARCINOGENIA SMOG DE VERÃO SMOG DE INVERNO Intervenção ambiental Cat. Impacte PESTICIDAS EFEITO DE ESTUFA ACIDIFICAÇÃO EUTROFIZAÇÃO

18 FASES DA AVALIAÇÃO Impactes por categorias Indicador ambiental CO 2 CFC´s CH 4 NO x SO 2 Efeito deestufa Diminuiçãoda camada deozono Acidificação %doefeito global %doefeito global %doefeito global Desempenho Ambiental Categorias de impactesambientais Intervenções ambientais Classificação/ Caracterização Normalização Avaliação

19 CICLO DE VIDA DE GARRAFAS TARA PERDIDA

20 CICLO DE VIDA DE GARRAFAS TARA RETORNÁVEL

21 CARACTERIZAÇÃO

22 TABELA DE INVENTÁRIO

23 ECO- INDICADOR

24 Mercados Verdes - Rótulos Ecológicos

25 Produtos abrangidos pelo Rótulo Ecológico

26 Ecodesign Selecção de materiais Produção Utilização Reciclagem e reutilização Prolongar a vida útil


Carregar ppt "AVALIAÇÃO DO CICLO DE VIDA Paulo Cadete Ferrão. O Ciclo de Vida."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google