A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

XXXII COMUABC - 2007 CURSO PRÉ-CONGRESSO INICIAÇÃO CIENTÍFICA: O QUE É? Por que fazer? Prof. Ricardo Souto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "XXXII COMUABC - 2007 CURSO PRÉ-CONGRESSO INICIAÇÃO CIENTÍFICA: O QUE É? Por que fazer? Prof. Ricardo Souto."— Transcrição da apresentação:

1 XXXII COMUABC CURSO PRÉ-CONGRESSO INICIAÇÃO CIENTÍFICA: O QUE É? Por que fazer? Prof. Ricardo Souto

2 O que é Iniciação Científica? - Instrumento de formação durante a graduação - Participação de um grupo de pesquisa científica - Orientador: pesquisador experiente (publicações) - Desenvolvimento de um projeto de pesquisa próprio DENTRO dos interesses do grupo de pesquisa

3 Linhas de Pesquisa – PG - FMABC LINHA DE PESQUISAORIENTADORES AIDS e o Trato GastrointestinalEtehl Chehter Alternativas Biológicas ou Reconstrutivas nas Afecções Neuro-Ósseo-Musculares Carlo Milani, Edison Fujiki Avaliação em Promoção da Saúde e Qualidade de Vida Marco Akerman, Lourdes Martins, Elie Fiss, Priscila Rapoport, Francisco Paschoal, Marcos Antunes, Tânia Alves, Olinda Luiz Biologia Molecular e Celular das NeoplasiasAuro del Giglio, Maria Aparecida Pinhal, Ricardo Souto, Jaques Waisberg, Carlos Machado Controle Neural da CirculaçãoEduardo Colombari, Monica Akemi, Sidnei Galego Economia na SaúdeJosé Ricardo Rehder, Marco Akerman, Auro del Giglio, Eric Wroclawski Efeitos Teciduais dos Hormônios Esteróides Sexuais César Fernandes Estudos Imunológicos, Morfológicos e Bioquímicos das Mucosas do Trato Gastrointestinal Wilson Catapani, Ethel Chehter Micção e PróstataEric Wroclawski Nutrição na Saúde e na DoençaRoseli Sarni, Ricardo Souto Proteção MiocárdicaCelso Ferreira, Neif Murad Reprodução HumanaCaio Parente, Ângela Bentes

4 O que é Iniciação Científica? Introdução ao Método Científico: - Coleta de evidências observáveis, empíricas e mensuráveis - Execução: * proposição de hipóteses para explicação de fenômenos * teste das previsões das hipóteses por experimentos - Combinação de hipóteses testadas Modelo Necessidade de divulgar seu trabalho Congressos e publicações científicas

5 Por que fazer? - Oportunidade de uma aprendizagem diferenciada: * buscar fontes de informação sobre um assunto de interesse * realizar sua atualização periodicamente * pensar de forma criativa * resolver problemas sem solução pré-determinada * explicar seu trabalho em público - Satisfaz várias das tendências pedagógicas modernas: * aprendizagem ativa * trabalho de colaboração em pequenos grupos * abordagem motivacional (fuga da rotina de aulas, atende interesses pessoais) * desenvolve raciocínio * estimula espírito crítico em relação às informações disponíveis * autonomia para resolução de problemas - Início da carreira acadêmica

6 Por que fazer? Objetivos do Ensino Superior - Ensino - Extensão - Pesquisa

7 Bolsas de Iniciação Científica - O aluno de IC pode receber bolsa, porém a bolsa não define a IC - Grande interesse pela IC a oferta de bolsas é menor que a demanda A seleção de bolsistas é altamente competitiva - Usualmente aluno trabalha 6-12 meses antes de receber bolsa (período de experiência) - Projeto de IC completo pode ser desenvolvido sem bolsa - Bolsa:* auxílio financeiro ao aluno * aluno não pode ter emprego ou outro auxílio financeiro * compromisso de >12 horas semanais de dedicação * apresentação em congressos, publicação - Solicitação da bolsa: Atribuição do orientador

8 COMO ESCOLHER UM ORIENTADOR? - Analisar o currículo do orientador: Orientador produtivo (muitos artigos, especialmente internacionais) menor dificuldade para obtenção de bolsa maior chance de sucesso do projetohttp://lattes.cnpq.br - Infra-estrutura para desenvolvimento do projeto: Laboratórios, Ambulatórios Equipamentos, Reagentes - Sucesso de outros bolsistas de seu grupo - Empatia - Trabalha em sua área de interesse

9 Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Federal (Ministério de Ciência e Tecnologia) Instituído em Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo Estadual Instituída em Núcleo de Estudos, Pesquisa e Assessoria à Saúde Faculdade de Medicina do ABC Instituído em AGÊNCIAS DE FOMENTO À PESQUISA Bolsas de Iniciação Científica

10 PROGRAMA IC-FMABC Coordenação Institucional do Programa: Prof. Eduardo Colombari Prof. Ricardo Souto Prof. Neif Murad Profa. Lourdes Martins - Cota de 20 bolsas (10 PIBIC/CNPq e 10 NEPAS/FUABC) - Orientadores:PIBIC – Orientadores da PG (~20) NEPAS – Associados do NEPAS (~130) - Vigência das bolsas: Agosto de 2007 a Julho de Avaliação do desempenho dos bolsistas: relatórios semestrais análise por docentes da FMABC - Avaliação do Programa da FMABC: seção de posters específica III Simpósio PIBIC-FMABC (durante o XXXIII COMUABC) análise por pesquisadores externos

11 ALUNOPERÍODOBOLSAPROJETOORIENTADOR Aidê Tosi Marques8/06 – 7/07Institucional Avaliação da influência da obesidade sobre a expressão de metaloproteinases e seus inibidores em tecido adiposo humano subcutâneo e visceral Ricardo Peres do Souto Anna Caroline P M de Almeida 8/05 – 7/06 8/06 – 7/07 PIBIC Epidemiologia dos pólipos endometriais e sua correlação com alterações pré-malignas e malignas em mulheres na pós-menopausa. Ângela Mara Bentes de Souza Camila Campos8/06 – 7/07Institucional O efeito do pH ácido induzido pela exposição in vitro ao CO 2 sobre o estado oxidativo de células mesoteliais de peritoneo Ângela Mara Bentes de Souza Denise de Moraes Theodosio 8/06 – 7/07PIBIC Proliferação Bacteriana anômala na Doença de Crohn e sua correlação correlação com os sintomas diarréicos Wilson Roberto Catapani Fernanda de Arruda Longo 8/06 – 7/07Institucional Determinação da Atividade antimicrobiana do extrato hidroalcoólico de folhas da Sachinus terebinthifolia Raddi Katya Cristina Rocha Fernanda de Paulo Maeda 8/06 – 7/07Institucional Construção, avaliação e aplicação de eletrodos e micro-eletrodos íon seletivos para dosagem de íons metálicos. Eliana Aricó Frederico Rezende Ghersel 1/07 – 7/07PIBIC Níveis séricos pré-operatórios e distribuição tecidual do marcador tumoral CA 242 no carcinoma colorretal. Relação com os aspectos morfológicos da neoplasia. Jaques Waisberg Flávia Pereira Nigro8/06 – 7/07PIBICAnalise de Fatores de Risco para Baixo Peso ao Nascer em Um Hospital Público em Santo AndréLourdes C. Martins Igor Alexandre B. Bincoleto 8/06 – 7/07PIBIC Efeito da Pravastatina Associada ao Enalaprilato na Hipertofria Ventricular Esquerda em Ratos Induzidas por Isoproterenol Celso Ferreira Luciano Lobato Gregório 8/06 – 7/07Institucional Controle hidroelétrico em ratos espontaneamente hipertensos: avaliação da ingestão regulatória e excreção de água e sódio. Mônica Akemi Sato Marcela Bovo1/07 – 7/07PIBICClonagem e expressão do oncogene erb-b2 humano Ricardo Peres do Souto Marcelo Franchini Giusti 8/05 – 7/06 8/06 – 7/07 PIBICParticipação dos radicais superóxido no controle barorreflexo em ratosMônica Akemi Sato Paulo Henrique Takahama 8/05 – 7/06 8/06 – 7/07 PIBICExpressão da heparanase em carcinoma renal Maria Aparecida Pinhal Rafael Saleme Alves8/06 – 7/07PIBIC Interação entre Neurônios Gabaérgicos e Glutamatérgicos da Região Caudoventrolateral do Bulbo em Ratos Anestesidos Mônica Akemi Sato Rafaela Falco Bruhn 8/05 – 7/06 8/06 – 7/07 Institucional Análise dos níveis séricos e no lavado peritoneal do marcador tumoral CEA e CA19-9 nos doentes submetidos ao tratamento cirúrgico do carcinoma gástrico. Jaques Waisberg Rebeka de Paschoal Silva 8/05 – 7/06 8/06 – 7/07 PIBIC Avaliação da função vascular e estresse oxidativo em crianças portadoras de hiperhomocisteinemia de Santo André Roseli Oselka Saccardo Sarni Renato Beiro8/06 – 7/07Institucional Relação entre os níveis séricos de homocisteina e de estresse oxidativo em crianças e suas importância como fator de risco para desenvolvimento de doenças cardiovasculares Sonia Hix Silvia Ferreira Leite8/06 – 7/07InstitucionalA Síndrome da imunodeficiência adquirida e o pâncreas na era HAARTEthel Zimberg Chehter Vanessa Silva Morais 8/06 – 7/07Institucional Dispepsia não investigada: análise da etiologia definitiva e perfil clínico dos pacientes encaminhados ao ambulatório de Gastroenterologia da FMABC Ethel Zimberg Chehter Vania Carolina de Oste Pereira 8/06 – 7/07Institucional Utilização de células tronco na prevenção de aderências pós-operatótia peritoniais em coelhas submetidas à cirurgia laparoscópica Caio Parente Barbosa

12 - Seleção dos bolsistas por banca de professores e alunos 1) Mérito científico do projeto 2) Viabilidade de execução do projeto 3) Currículo do Orientador / Histórico do aluno -Avaliação do desempenho dos bolsistas: relatórios semestrais análise por assessores científicos anônimos - Exigência: apresentação do trabalho no COMUABC - Alunos que não forem contemplados com bolsas podem fazer IC - mesmos requisitos dos bolsistas (relatórios, apresentações) - certificado da Coordenação do Programa - Resultados esperados: apresentação do trabalho em congressos externos submissão de um artigo científico ao final de dois anos PROGRAMA IC-FMABC

13 CHAMADA DE PROJETOS PARA BOLSAS DE IC Edital será publicado em 28 de maio 1) Programa NEPAS/FUABC (10 bolsas) 2) Programa PIBIC-CNPq (10 bolsas) - Inscrições até 29 de junho Mais informações: INÍCIO: AGOSTO DE 2007


Carregar ppt "XXXII COMUABC - 2007 CURSO PRÉ-CONGRESSO INICIAÇÃO CIENTÍFICA: O QUE É? Por que fazer? Prof. Ricardo Souto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google