A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INCLUSÃO SOCIAL ATRAVÉS DA ARTE Luciana Guimarães Rodrigues de Lima Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INCLUSÃO SOCIAL ATRAVÉS DA ARTE Luciana Guimarães Rodrigues de Lima Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro."— Transcrição da apresentação:

1 INCLUSÃO SOCIAL ATRAVÉS DA ARTE Luciana Guimarães Rodrigues de Lima Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro

2 RESUMO O que são Núcleos de Arte Núcleo de Arte Grande Otelo Oficina de Desenho e Criatividade Diagnóstico Fotos Aluna que sofreu Bullyng Vídeo com os trabalhos

3 NÚCLEOS DE ARTE Os Núcleos de Arte (NA) são unidades Educacionais que atendem prioritariamente, mas não exclusivamente, alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino. O objetivo é aprofundar os conhecimentos em Arte, além de levar o aluno a vivenciar e se apropriar dos processos criativos.

4 NÚCLEO DE ARTE GRANDE OTELO O NA Grande Otelo está instalado em um CIEP de Educação Infantil Integral, o CIEP Zumbi dos Palmares. Promove oficinas para toda a Unidade Escolar e escolas do entorno. São oferecidas atualmente as oficinas de Vídeo, Dança, Música, Desenho e Pintura.

5 OFICINA DE DESENHO E CRIATIVIDADE Tem como objetivo estimular a observação e produção de desenhos através do conhecimento de técnicas em desenho à mão livre, promover a inclusão digital através das ferramentas gráficas disponíveis e estimular a interação e o trabalho colaborativo. Os desenhos são realizados a partir de ilustrações de revistas, modelos, objetos e elementos da natureza. Além disso é utilizado o software Paint para a produção de composições figurativas e abstratas.

6 DIAGNÓSTICO A violência constante que esses jovens são expostos impede que alunos transitem por áreas dominadas pelo tráfico, restringindo o atendimento aos alunos que residem em comunidades mais próximas. a falta de continuidade gerada pela frequência irregular, comprometendo a qualidade do trabalho, pois como as oficinas são optativas, há flutuação dos alunos.

7 Pela sondagem inicial, verifiquei que a maioria dos alunos, principalmente os do CIEP, conheciam o que era um computador mas nunca tinham sequer pego em um mouse. Além disso apresentavam dificuldades na leitura.

8

9

10

11

12 A aluna Monice foi muito hostilizada pelos colegas pois, além de não saber ler, não tinha familiaridade com o computador. Hoje é minha monitora, auxiliando os alunos menores.

13

14

15 Os alunos realizaram composições organizando de forma harmônica os elementos visuais linha, cor, forma, simetria, figura, fundo, etc.

16

17

18

19 CONSIDERAÇÕES FINAIS Muito se tem falado em inclusão digital, mas essa experiência mostra que há muito a ser feito, principalmente nas comunidades de baixa renda.

20 BIBLIOGRAFIA BARBOSA FILHO, André; CASTRO, Cosette; TOME, Takashi (Orgs). Mídias Digitais: convergência tecnológica e inclusão social. São Paulo: Paulinas, KENSKI, Vani Moreira. Educação e Tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas: Papirus, MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá. Campinas: Papirus, 2007.

21 OBRIGADA ! t.com/search/label/Desenho

22


Carregar ppt "INCLUSÃO SOCIAL ATRAVÉS DA ARTE Luciana Guimarães Rodrigues de Lima Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google