A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Da disciplina de TIC às TIC nas disciplinas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Da disciplina de TIC às TIC nas disciplinas."— Transcrição da apresentação:

1 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Da disciplina de TIC às TIC nas disciplinas

2 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Da disciplina de TIC às TIC nas disciplinas (sumário) 1) TIC – disciplina(s) – contribuições para uma leitura do programa 2) O Espaço 39: uma experiência no âmbito do DCDE 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum)

3 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC As TIC nas disciplinas Anos 80 … Projecto MINERVA Aspectos (+) Experiências inovadoras e investigação A convivência pedagogia - tecnologia O computador factor de animação pedagógica e mudança Uso transversal das TIC Aspectos (-) Pequena escala Marginal Fraco impacto nos currículos 1) TIC – disciplina(s) – contribuições para uma leitura do programa

4 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC A disciplina de TIC Aspectos (+) Todos contactam (generalização do uso). Diminuição do fosso que separa os info-excluídos. Aspectos (-) Escolarização das TIC (mais uns conteúdos e uns testes) A formação dos professores de Informática. O deficit da Didáctica. Sobreposição de conteúdos com outras disciplinas. O que se poderia ter feito? As TIC disseminadas no currículo das várias disciplinas. 1) TIC – disciplina(s) – contribuições para uma leitura do programa

5 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Entre o sonho e a realidade... uma leitura atenta do programa 1) TIC – disciplina(s) – contribuições para uma leitura do programa

6 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Introdução Articulação interdisciplinar e contextos In Programa TIC, 9º e 10º ano 1) TIC – disciplina(s) – contribuições para uma leitura do programa

7 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Introdução Heterogeneidade de saberes e gestão diferenciada do currículo In Programa TIC, 9º e 10º ano 1) TIC – disciplina(s) – contribuições para uma leitura do programa

8 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Finalidades Autonomia, responsabilidade e desafios In Programa TIC, 9º e 10º ano 1) TIC – disciplina(s) – contribuições para uma leitura do programa

9 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Sugestões metodológicas Projectos, problemas e simulações In Programa TIC, 9º e 10º ano 1) TIC – disciplina(s) – contribuições para uma leitura do programa

10 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Sugestões metodológicas O Trabalho de Projecto: conteúdo e processo de trabalho In Programa TIC, 9º e 10º ano 1) TIC – disciplina(s) – contribuições para uma leitura do programa

11 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Sugestões metodológicas Usar os saberes e trabalhar para uma audiência In Programa TIC, 9º e 10º ano 1) TIC – disciplina(s) – contribuições para uma leitura do programa

12 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Competências Projectos interdisciplinares In Programa TIC, 9º e 10º ano 1) TIC – disciplina(s) – contribuições para uma leitura do programa

13 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Avaliação Avaliação de acordo com o ensino e a aprendizagem In Programa TIC, 9º e 10º ano 1) TIC – disciplina(s) – contribuições para uma leitura do programa

14 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC O Espaço 39: uma experiência no âmbito do DCDE

15 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Diagnóstico Objectivo: identificar as grandes mudanças (disciplina de TIC) Contexto: 41 professores (Grupo 39) na disciplina de DCDE em (ESE de Setúbal) Disciplina de TIC envolve alunos do actual ensino básico - 9º ano (formação geral); A disciplina dirige-se a todos os alunos de uma turma; De acordo com o programa, o ensino deverá ser feito em articulação e interacção com as demais disciplinas, o que exige trabalhar em grupo, conhecer e articular com outras áreas do saber (Conselhos de Turma e Área de Projecto). O trabalho de projecto (um dos temas do programa do 10º ano), é simultaneamente um conteúdo e um processo de trabalho. Necessidade da gestão diferenciada do currículo, face à heterogeneidade de saberes. Uma resposta... Um projecto de desenvolvimento profissional, com duas componentes: oficinas de formação em pedagogia e didáctica e criação de um espaço virtual de conteúdos e ferramentas de comunicação. 2) O Espaço 39: uma experiência no âmbito do DCDE

16 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC 2) O Espaço 39: uma experiência no âmbito do DCDE

17 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC 2) O Espaço 39: uma experiência no âmbito do DCDE Espaço de projectos

18 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Entrevista a 40 professores de Informática (P1: a partir da sua experiência pessoal, defina a palavra projecto) Presença de Dimensões nas respostas dos 40 entrevistados Total entrevistados OrigemProcessoContexto Freq_absoluta Freq_relativa100%60%75%50% 2) O Espaço 39: uma experiência no âmbito do DCDE

19 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Síntese: a maior preocupação é com o processo, como conseguir organizar e planificar os projectos com os alunos e ao mesmo tempo gerir o tempo e as várias fases do projecto, mas também a escolha do tema/problema. 2) O Espaço 39: uma experiência no âmbito do DCDE Entrevista a 40 professores de Informática (P2: ao implementar a MTP, em que momento sentiu mais dificuldade? Se nunca a utilizou, o que mais o preocupa quando pensa fazê-lo?) DimensõesFreq_absolutaFreq_relativa Dimensão Origem1332,5% Dimensão Processo2460% Dimensão Implicações face ao professor 1742,5% Presença de Dimensões nas respostas dos 40 entrevistados

20 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum)

21 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum) 1º tema do Fórum

22 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Dimensão I - Origem (definição de situações problema) Dimensão I – Origem Pontos Fortes Relação com o meio envolvente Relação com os interesses dos alunos Escolha do problema ser feita pelos alunos Conseguir estabelecer articulações interdisciplinares Pontos Fracos Iniciativas desgarradas Dificuldade em estabelecer articulações nos Conselhos de Turma Falta de colaboração dos vários professores Análise (*) das respostas no Fórum 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum) (*) Trabalho desenvolvido por Fernanda Ledesma, PQND (Grupo 39) da Esc. Sec. D. João II - Setúbal

23 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Dimensão II - Actores (formação de grupos) Dimensão II - Actores Pontos Fortes Estimular o trabalho em grupo Desenvolve-se o trabalho cooperativo Relações entre elementos do grupo Pontos Fracos Tendência para o individualismo Gestão de conflitos 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum)

24 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Dimensão III - Processo (planificar, calendarizar, distribuir tarefas) Dimensão III - Processo Pontos Fortes Rigor no cumprimento das várias fases Orientações (roteiros) Calendarização Ajustamentos ao longo da realização do projecto Pontos Fracos Falta de orientações Dificuldade em cumprir prazos 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum)

25 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Dimensão IV - Execução (pesquisa, selecção e tratamento da Informação) Dimensão IV - Execução Pontos Fortes Facilita o intercâmbio de informação Aprender a investigar Saber-fazer Partilha de experiências Pontos Fracos 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum)

26 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Dimensão V - Contexto (preocupação com o produto final, ligação ao meio) Dimensão V - Contexto Pontos Fortes Existência de um produto final Necessidade real de um produto final Pontos Fracos 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum)

27 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Quadro 19. Dimensão VI – Implicações face ao aluno (resistência/aceitação, motivação/ desmotivação, autonomia, organização, envolvimento etc) Dimensão VI - Implicações face ao aluno Pontos Fortes Envolvimento dos alunos em trabalhos práticos Participação activa Empenho e interesse da maioria dos alunos Boa aceitação por parte da maioria dos alunos Aulas mais motivantes Aprendizagem por descoberta Desenvolvimento de competências O aluno como centro do processo de aprendizagem Pontos Fracos Alguns alunos acomodados a receberem a aprendizagem Rejeição por parte de alguns alunos Aulas mais agitadas (barulhentas) Dificuldades em aceitar responsabilidades 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum)

28 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Quadro 22. Dimensão IX – Implicações face ao professor Dimensão IX – Implicações face ao professor Pontos Fortes Menos preocupado com a aprendizagem de conteúdos O papel de dinamizador de grupos Orientador das actividades Gerir /controlar tempo e execução de tarefas Apoiar os alunos nas suas dúvidas Atitude reflexiva Relação pedagógica aluno/professor Pontos Fracos Perder muito tempo Incerteza Insegurança 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum)

29 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Algumas perguntas... e algumas respostas 1. O professor que lecciona TIC está disposto a mudar as metodologias de ensino? Falta de referências de aulas com esta Metodologia Professores acomodados Reflexão, abertura e flexibilidade Adaptação lenta 2. O professor está preparado para implementar projectos, promovendo articulações com as restantes disciplinas? Articular é abrir a porta da nossa sala de aula As dificuldades de envolver o Conselho de Turma 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum)

30 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC 3. Quais as dificuldades que afastam os professores da MTP? Insegurança do professor Agitação do trabalho em grupo É uma metodologia exigente e desgastante Avaliação Perder muito tempo a desenvolver projectos (e os conteúdos?) 4. Quais os aspectos que aproximam o professor da metodologia? Unir aprendizagens e criatividade Os desafios Surpreendidos pelo empenho e interesse dos alunos Aproximação dos alunos 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum)

31 José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Estrutura de coordenação para as TIC (Despacho 26691/2005) Coordenador TIC (funções técnicas e pedagógicas) Criar uma equipa de apoio (professores, funcionários e alunos) 3) Projectos na disciplina de TIC (análise de conteúdo de um Fórum)


Carregar ppt "José Duarte, ESE de Setúbal3.Julho.2006Seminário Ser Competente em TIC Da disciplina de TIC às TIC nas disciplinas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google