A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Geografia Sistemas sócio-econômicos 3ª fase – 2010/01 Prof. Paulo Henrique.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Geografia Sistemas sócio-econômicos 3ª fase – 2010/01 Prof. Paulo Henrique."— Transcrição da apresentação:

1 Geografia Sistemas sócio-econômicos 3ª fase – 2010/01 Prof. Paulo Henrique

2 Aspectos da mercadoria = ?

3 = ? 48495x Aspectos da mercadoria

4 - Só é possível afirmar a equivalência entre partes constituídas por elementos comuns; - Para ser considerado um produto e ser trocado, um objeto precisa ser útil para atividades humanas. Entretanto, a utilidade é um dado subjetivo, depende de quem usa. Num sistema de mercado, o que se põe em evidência é outra coisa. - Quando colocamos duas mercadorias em comparação, abstraímos suas qualidades materiais ou utilitárias. O que se troca não é chapinha por panela de pressão, ou chapinha por Lamborghini. Troca-se valor, isso é, um elemento imaterial.

5 Aspectos da mercadoria Pressupondo que: - Todo objeto é fruto do trabalho humano; - Todo trabalho humano, por mais específico que seja, é uma aplicação de força a uma finalidade. Trabalho é a utilização do metabolismo humano (braços, pernas, cérebro...) para a transformação das coisas do mundo em formas úteis; - Cada objeto demanda certo tempo de trabalho para sua confecção; Afirmamos que a substância do valor de uma mercadoria é o tempo socialmente necessário à sua produção.

6 Aspectos da mercadoria A mercadoria é, assim, contraditoriamente, ao mesmo tempo valor-de- uso e valor-de-troca. Valor-de-uso: decorre da utilidade de certo objeto. É atribuída por quem lhe dá utilidade. Valor-de-troca: decorre do tempo socialmente necessário à produção de um objeto. Mede-se sempre em relação a outra mercadoria (um Lamborghini equivale a chapinhas). Tempo socialmente necessário: tempo médio de produção de um objeto, considerados níveis comuns de habilidade e tecnologia disponíveis numa sociedade.

7 O mercado - Suponhamos que, em certo momento da historia, a produção de maçãs demande exatamente a mesma quantidade de tempo social que a produção de laranjas. Logo, temos que: = (Equivale a...) Mercadoria A Mercadoria B -Podemos inferir que: - A Mercadoria B (no caso, maçã) equivale a Mercadoria A (laranja) à medida em que ambas são frutos do trabalho humano. - Por conterem a mesma quantidade de trabalho, uma unidade de A será equivalente à mesma medida de B. (Ex: Uma maçã equivale a uma laranja; um quilo de maçãs equivale a um quilo de laranjas, etc.).

8 O mercado Forma simples: produtores trocam diretamente mercadorias obtidas na forma de excedentes (o que supera o necessário para a manutenção do próprio produtor). X de Mercadoria A por Y de Mercadoria B No nosso exemplo: 1kg de maçãs por 1kg de laranjas O valor da Mercadoria A se manifesta através da Mercadoria B e vice-versa. - Prevalece entre sociedades com baixa capacidade produtiva, incapazes de produzir regularmente excedentes. Caracteriza trocas eventuais, esporádicas e praticadas diretamente por seus produtores.

9 = = = = = = O mercado =

10 X de Mercadoria A por Y de Mercadoria B por Z da Mercadoria C por O da Mercadoria D No nosso exemplo: 1kg de maçãs por 1kg de laranjas por 10m de linha de algodão Os valores das mercadorias manifestam-se particularmente em cada equivalente. Forma desenvolvida: diversas mercadorias sendo trocadas continuamente, tendo seus valores representados particularmente pelos demais produtos. - Sociedades de produtores; trocas regulares. O mercado torna-se uma via comum de obtenção de produtos.

11 O mercado

12 Forma geral: mercadorias sendo trocadas continuamente pelo intermédio de uma mercadoria específica que, por sua vez, serve de equivalente para expressar o valor de todas as demais. O mercado X de Mercadoria A Y de Mercadoria B Z da Mercadoria C O da Mercadoria D porW da Mercadoria β No nosso exemplo: 1kg de laranja 1kg de maçã 10m de linha de algodão por10g de Ouro - Formas complexas de divisão do trabalho, forças produtivas bem desenvolvidas.

13 M D M M Mercadoria Dinheiro As mercadorias e o dinheiro M D

14 Ou, de outro ponto de vista...

15 As mercadorias e o dinheiro

16 Capitalismo é... ? Como é possível? D

17 Capitalismo é... ? - Uma mercadoria especial: Especial por sua capacidade única de gerar valor ao ser consumida: a força de trabalho.


Carregar ppt "Geografia Sistemas sócio-econômicos 3ª fase – 2010/01 Prof. Paulo Henrique."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google