A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Nomes: Diego Tornatore Beatriz Gulfier Catharina Figueiredo Victor Vilhagra Professora: Ana Carolina Tornatore.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Nomes: Diego Tornatore Beatriz Gulfier Catharina Figueiredo Victor Vilhagra Professora: Ana Carolina Tornatore."— Transcrição da apresentação:

1 Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Nomes: Diego Tornatore Beatriz Gulfier Catharina Figueiredo Victor Vilhagra Professora: Ana Carolina Tornatore Gulfier Figueiredo Vilhagra de Almeida Braz Ácidos, bases, sais e óxidos

2 Funções Inorgânicas Para facilitar o estudo dos compostos inorgânicos, criou-se as funções inorgânicas, ou seja, grupos de famílias de compostos com características e propriedades semelhantes. Na Química Inorgânica as funções são quatro: ácidos, bases, sais e óxidos

3 ÁCIDOS Para ácidos não oxigenados, usamos a terminação IDRICO. Exemplo: HCl – ácido clor ídrico H2S – ácido sulf ídrico H2Se – ácido selen ídrico Para ácidos oxigenados, a coisa complica um pouco. Se o elemento possuir somente uma valência, usamos a terminação ICO. Exemplo : H2CO3 – ácido carbôn ico H3BO3 – ácido bór ico

4 Se o elemento tiver 2 valências, para a maior usamos ICO e para a menor OSO. Exemplos : H2SO3 – ácido sulfur oso H2SO4 – ácido sulfúr ico HNO2 – ácido nitr oso HNO3 – ácido nítr ico Se o elemento tiver 3 ou mais valências, usamos o prefixo HIPO junto com o sufixo OSO, e o prefixo PER junto com o sufixo ICO, nesta ordem.Exemplos : HClO – ácido hipoclor oso HClO2 – ácido clor oso HClO3 – ácido clór ico HClO4 – ácido per clór ico Note que nos três ácidos o fósforo tem valência +5.

5 BASES Se o elemento possuir somente uma valência, usamos a expressão hidróxido de seguida do nome do elemento. Exemplo: NaOH – hidróxido de sódio Ca(OH)2 – hidróxido de cálcio Se o elemento possuir duas valências, usamos a expressão hidróxido de seguida do nome do elemento e os sufixos OSO e ICO, ou então a valência em números romanos. Exemplo: Fe(OH)2 – hidróxido ferr oso ou hidróxido de ferro II Fe(OH)3 – hidróxido férr ico ou hidróxido de ferro III

6 ÓXIDOS Se o elemento possuir somente uma valência, usamos a expressão óxido de seguida do nome do elemento. Exemplo : BaO – óxido de bário K2O – óxido de potássio Se o elemento possuir duas valências, usamos a expressão óxido de seguida do nome do elemento e os sufixos OSO e ICO, ou então a valência em números romanos. Exemplo : Cu2O – óxido cupr oso ou óxido de cobre I CuO – óxido cúpr ico ou óxido de cobre II NiO – óxido niquel oso ou óxido de níquel II Ni2O3 – óxido niquél ico ou óxido de níquel III

7 SAIS Os sais derivam da reação de um ácido ou óxido com uma base. Os sais sem oxigênio mudam a terminação IDRICO para a terminação ETO. Exemplo : CaS – sulfeto de cálcio, vem do ácido sulfídrico RbH – fluoreto de rubídio, vem do ácido fluorídrico Os sais oxigenados de menor valência mudam a terminação OSO para ITO. Exemplo : Na2SO3 – sulfito de sódio, vem do ácido sulfuroso LiNO2 – nitrito de lítio, vem do ácido nitroso Para terminar, os nomes dos cátions seguem as regras mencionadas acima para as bases e o óxidos, usando os sufixos OSO e ICO ou algarismos romanos para as valências

8 A química Inorgânica no nosso dia-a-dia Ácido carbônico (H2CO3): as águas e refrigerantes gaseificados têm seu diferencial (mais refrescante) graças a este ácido, ele é formado na reação do gás carbônico com a água: Hidróxido de Amônio (NH4OH): Essa substância é obtida em solução aquosa do gás de amônia e comercializada como amoníaco. É usado na fabricação de produtos de limpeza doméstica, na revelação de filmes fotográficos, em detergentes, na indústria têxtil, etc.

9 A ferrugem que corrói os objetos de ferro é nada mais que uma variedade de óxido de ferro (Fe2O3) formado pela reação do ferro com o oxigênio do ar. O fluoreto de sódio (NaF2) serve como fonte de fluoreto para a formação do esmalte dental, que aumenta a resistência à formação de cáries. É usado em algumas pastas de dente e em enxaguates bucais.


Carregar ppt "Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Nomes: Diego Tornatore Beatriz Gulfier Catharina Figueiredo Victor Vilhagra Professora: Ana Carolina Tornatore."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google