A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Caríssimos, Toda a Escritura divina é um único livro, e este livro único é Cristo, já que toda Escritura divina fala de Cristo, e toda Escritura divina.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Caríssimos, Toda a Escritura divina é um único livro, e este livro único é Cristo, já que toda Escritura divina fala de Cristo, e toda Escritura divina."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Caríssimos, Toda a Escritura divina é um único livro, e este livro único é Cristo, já que toda Escritura divina fala de Cristo, e toda Escritura divina se cumpre em Cristo. ( CAT 134 ) Deus é o autor da Sagrada Escritura ao inspirar seus autores humanos; age nele e por meio deles. Fornece assim a garantia de que seus escritos ensinem sem erro a verdade salvífica.( CAT ) A Igreja Católica recebe e venera como inspirados os 46 livros do Antigo e os 27 livros do Novo Testamento. Os quatro Evangelhos ocupam um lugar central, já que Cristo Jesus é o centro deles. ( CAT ). Esta é a Bíblia, da palavra grega biblion, que significa O Livro. Meditemos. Carinhosamente, Graziela

4 Nos livros Sagrados, o Pai que está nos céus vem amorosamente ao encontro dos seus filhos e conversa com eles; e é tanta a força e a virtude que se encerra na palavra de Deus, que é, na verdade, apoio e vigor para a Igreja, e, para seus filhos, firmeza na fé, alimento da alma, fonte pura e perene da vida espiritual. (Dei Verbum, 21)

5 Diz-nos Santa Terezinha do Menino Jesus: É acima de tudo o Evangelho que me ocupa durante as minhas orações; nele encontro tudo o que é necessário para minha pobre alma. Descubro nele sempre novas luzes, sentidos escondidos e misteriosos.

6 A leitura da Sagrada Escritura, acompanhada da oração, estabelece o colóquio entre Deus e o homem; pois a Ele falamos quando rezamos; a Ele ouvimos quando lemos os divinos oráculos.

7 A Oração dominical é realmente o resumo de todo o Evangelho, a mais perfeita das orações. Ela nos vem do Senhor Jesus, Mestre e Modelo de nossa oração. É a oração da Igreja por excelência. O Pai Nosso está no centro das Escrituras.

8 São Clemente Romano, São Policarpo de Esmirna e Santo Irineo de Lião dizem que as Sagradas Escrituras são oráculos e locuções divinas. Santo Atanásio por sua vez, chama-as de fontes perenes de salvação.

9 Santo Ambrósio de Milão, dizia são campos férteis e hortos ameníssimos nos quais o rebanho do Senhor é admiravelmente alimentado e recriado. São Jerônimo exortava dizendo: Lê com frequência as Escrituras divinas, e esta leitura sagrada nunca seja deposta de tuas mãos.

10 Segundo Cornélio a Lapide, Santo Atanásio, Santo Agostinho e Santo Antônio Abade chamavam a Sagrada Escritura, carta enviada pelo Céu aos homens. A Sagrada Escritura é pois segundo São Gregório Magno, uma epístola do Onipotente à sua criatura.

11 A Palavra de Deus é viva, eficaz, mais penetrante do que uma espada de dois gumes e atinge até a divisão da alma e do corpo, das juntas e medulas, e discerne os pensamentos e intenções do coração. (Hebreus 4,12)

12 Texto – Catecismo da Igreja Católica, Dei Verbum, a Fé Explicada e outros. Imagens – Google Música – Tenha sede de Deus - Dalvimar Formatação - Graziela Visite-nos –


Carregar ppt "Caríssimos, Toda a Escritura divina é um único livro, e este livro único é Cristo, já que toda Escritura divina fala de Cristo, e toda Escritura divina."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google