A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Eu acredito na sorte. E tenho constatado que quanto mais duro eu trabalho, mais sorte tenho. Thomas Jefferson, político americano, 3.º presidente dos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Eu acredito na sorte. E tenho constatado que quanto mais duro eu trabalho, mais sorte tenho. Thomas Jefferson, político americano, 3.º presidente dos."— Transcrição da apresentação:

1

2 Eu acredito na sorte. E tenho constatado que quanto mais duro eu trabalho, mais sorte tenho. Thomas Jefferson, político americano, 3.º presidente dos Estados Unidos da América, redigiu a Declaração de Independência. Contar história EUA

3 EMPREENDEDOR O empreendedor é alguém que sonha e busca transformar seu sonho em realidade…o empreendedor é um insatisfeito que transforma seu inconformismo em descobertas e propostas positivas (DOLABELA)

4 É a pessoa que prefere seguir caminhos não percorridos... é protagonista e autor de si mesmo e da comunidade em que vive.

5 COMPORTAMENTO DO EMPREENDEDOR PRINCIPAIS TRAÇOS CRIATIVIDADE OTIMISMO PERSEVERANÇA CAPACIDADE DE IMPLEMENTAÇÃO DISPOSIÇÃO PARA ASSUMIR RISCOS SENSO DE INDEPENDÊNCIA

6 CARACTERÍSTICAS É motivado pelo desejo de realização; Corre risco viável e possível; Possui capacidade de análise; Precisa de liberdade para agir e para definir suas metas e os caminhos para atingi-las;

7 CARACTERÍSTICAS Não depende dos outros para agir, sabendo, porém, atuar conjuntamente; É tenaz, firme e resistente ao enfrentar dificuldades; É otimista, sem perder o contato com a realidade; É flexível sempre que preciso;

8 CARACTERÍSTICAS Administra suas necessidades e frustrações, sem, por elas, se deixar dominar; É corajoso, audacioso, porém, não é imprudente; Sabe postergar, deixando para depois a satisfação de suas necessidades;

9 CARACTERÍSTICAS Aceita e aprende com seus erros e com os erros dos outros; É capaz de começar de novo, se necessário; Mantém a auto-estima, mesmo em situações de fracasso; Confia em si mesmo e é capaz de delegar;

10 CARACTERÍSTICAS Tem facilidade e habilidade para as relações interpessoais; É capaz de exercer liderança, de motivar e de orientar outras pessoas com relação ao trabalho; É criativo na solução de problemas;

11 CARACTERÍSTICAS Usa a própria intuição e a de outras pessoas para escolher os melhores caminhos; Procura, sempre, a qualidade; Acredita no trabalho como participação e contribuição social;

12 CARACTERÍSTICAS É capaz de desenvolver os recursos de que necessita e de conseguir as informações que precisa; Sabe onde quer chegar; Mantém a auto-motivação, mesmo em situações difíceis;

13 CARACTERÍSTICAS É capaz de desenvolver os recursos de que necessita e de conseguir as informações que precisa; É capaz de dirigir sua agressividade para a conquista de metas, solução de problemas e enfrentamento de dificuldades;

14 CARACTERÍSTICAS É capaz de administrar bem o tempo; Tem prazer em realizar o trabalho e em observar seu próprio crescimento empresarial. Mantém a auto-motivação, mesmo em situações difíceis.

15 Conceito de si A auto-imagem exerce forte influência sobre o desempenho do indivíduo. Guia-se por suas crenças, valores e imagens mentais.

16 VANTAGENS E DESVANTAGENS DO EMPREENDEDORISMO VantagensDesvantagens AutonomiaSacrifício pessoal Desafio Sobrecarga de responsabilidade Controle financeiro Pequena margem de erro

17 ORGANIZAÇÕES EMPREENDEDORAS Uma organização empreendedora bem sucedida requer não somente a disponibilidade de recursos financeiros, conhecimento, habilidades, tempo e energia, mas também um comprometimento com o lado emocional dos indivíduos. Isso se reflete na persistência, paixão e crença nos produtos/serviços por eles desenvolvidos.

18 Característica Organizacional Organização Tradicional Organizações Empreendedoras EstratégiaDefensivaProspectora Análise do Ambiente Mudanças vistas como ameaças. Mudanças vistas como oportunidades. RiscoMinimizadoExplorado/calculado. Cultura Organizacional Objetiva e analítica Proteção do status quo (estado atual das coisas) Incorpora elementos afetivos. Nutre adaptação e inovação. Estrutura e Comunicação Linhas formais de autoridade e canais de comunicação estabelecidos. Estruturas informais e comunicação horizontal.

19 Característica Organizacional Organização Tradicional Organizações Empreendedoras Tomada de DecisãoAlta hierarquia/gerentes. Estabelecimento de missão e visão. Decisão encorajada. Pessoas Vistas como um recurso abundante e fácil de ser substituído. Vistas como um recurso chave a ser protegido e utilizado em sua amplitude. Criatividade Alguma coisa a ser tolerada Algo a ser promovido, desenvolvido e encorajado.

20 Intra-empreendedorismo O termo foi estabelecido por Gifford Pinchot III e representa aquele que dentro da organização assume a responsabilidade de promover a inovação de qualquer tipo, a qualquer momento, em qualquer lugar da empresa.

21 Intra-empreendedorismo Sistema para acelerar as inovações dentro de organizações, por meio do melhor uso dos seus talentos empreendedores.

22 Não é necessariamente o inventor de novos produtos ou serviços; Toma novas idéias/protótipos e as transforma em negócios lucrativos, tais como: Quem é o Intra-empreendedor?

23 Desenvolve um novo produto; Implementa melhorias em produtos ou serviços já existentes; Quem é o Intra-empreendedor?

24 Implementa uma nova rotina nos processos da organização; Implementa melhorias em um processo já existente na organização. Quem é o Intra-empreendedor?

25 O Intra-empreendedor precisa: Conhecer a realidade dos negócios e do mercado; Liderar equipes; Tomar decisões rápidas mesmo na ausência de dados completos; Sofrer pouca ingerência da alta administração.

26 Alguns traços do perfil do intra- empreendedor que podem gerar atritos nos níveis intermediários e inferiores da organização Rebeldes e reacionários; Ansiedade pela ação: agem quando deveriam esperar; Não se sujeitam às regras impostas;

27 Alguns traços do perfil do intra-empreendedor que podem gerar atritos nos níveis intermediários e inferiores da organização Invadem áreas que não estão nos limites definidos em sua descrição de cargo e função; Dificuldade em delegar; preferem fazer a tarefa em vez de se sujeitar à boa vontade de que não revela o mesmo comprometimento com o projeto.

28 O intra-empreendedor opta por permanecer na organização pelos seguintes motivos: SEGURANÇA RECURSOS À DISPOSIÇÃO SEU TRABALHO PODE RESULTAR EM VALOR AGREGADO AOS PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS PELA ORGANIZAÇÃO AO CONSUMIDOR.

29 Tipos de pessoas que compõem um intra-empreendimento Criativos – geram idéias. Intra-empreendedores – executores, pessoas que entendem a idéia, constroem a visão, aliciam pessoas em torno da idéia e a torna realidade. Atuam em equipe – pessoas recrutadas pelos intra- empreendedores para compor o time de projeto são selecionados de acordo com suas habilidades e conhecimentos específicos. Padrinho ou patrocinador – Apóiam o projeto e possuem fácil acesso as escalas de poder que podem remover barreiras. São conselheiros para questões de nível estratégico. Climatizador – Encarregado de iniciar ações que favoreçam a criatividade e o espírito empreendedor na organização.

30 EMPREENDEDORISMO COORPORATIVO As grandes organizações têm dificuldade de identificar os talentos e medo de perder o profissional empreendedor para o mercado.

31 EMPREENDEDORISMO COORPORATIVO Há pesquisas que revelam que a maioria dos profissionais que saíram das grandes empresas se tornaram concorrentes e dez anos depois suas empresas se tornaram maiores que a de seus ex-empregadores.

32 EMPREENDEDORISMO E ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL Atrair e reter funcionários com perfil empreendedor; Promover ambiente apropriado para estimular talentos; Talentos nas organizações – estima-se em 10% do quadro de funcionários

33 Critério Motivação Empreendedor: independência Intra- empreendedor: sentimento de realização Gerente: dinheiro, poder e estabilidade Contexto É independente de uma corporação; Desenvolve cultura corporativa, regras e procedimentos; Concebe seu negócio sem qualquer influência externa; Opera em uma corporação; Atua dentro da cultura corporativa existente com suas regras e procedimentos; Os negócios gerados devem estar alinhados com a missão e os objetivos da organização. Opera em uma organização Atua de acordo com a cultura corporativa existente com suas regras e procedimentos; Atua nos negócios da organização

34 Critério Sonho Empreendedor Vende seus sonhos no ambiente externo; Tem liberdade para vender suas idéias; Segue uma visão própria. Intra- empreendedor Vende seus sonhos em ambiente interno e externo; Precisa vender sua idéia primeiro para o chefe; Alinha sonhos pessoais com a visão corporativa. Gerente Seus sonhos pessoais não estão necessariamente conectados com suas atribuições corporativa RiscoAssume risco financeiro; Fracasso = falência Corporação assume riscos financeiros; Fracasso não é fatal Extrapola funções e tarefas do cargo. Evita riscos; Gerencia recursos existentes; Fracasso pode ser fatal

35 Critério Inovação Empreendedor Impulsiona a inovação; Transforma idéias em realidade; Intra- empreendedor Impulsiona a inovação; Transforma idéias em realidade; Gerente Gerencia atividades mais focadas em planejamento do que em inovação AçãoPõe a mão na massa; Não necessariamen- te conhece o negócio; É orientado para o futuro. Põe a mão na massa; Conhece o negócio; É orientado para o futuro. Não põe a mão na massa. É racional e metódico; É orientado para o presente.

36 Critério Liderança Empreendedor Líder Intra- empreendedor Líder Gerente Chefe e/ou líder AtrativosÉ o próprio patrão Maior chance de liberdade e riqueza; Pode tomar decisões sozinho; Não existe limite ao seu crescimento. Recebe informações exclusivas; Possui planos e previsões de mercado, Tecnologia, espaço físico poder de marketing. Recebe informações exclusivas Tem poder hierárquico Benefícios do sistema Infra-estrutura

37 Quatro estilos de trabalhadores Empreendedores verdadeiros – assumem riscos, são geradores de idéias, autoconfiantes e líderes. Empreendedores potenciais – possuem as mesmas características de empreendedores verdadeiros mas sem o mesmo grau de autoconfiança e liderança. São capazes de assumir novas responsabilidades, de ir além do esperado, mas dependem de um impulso para levarem em frente suas idéias.

38 Quatro estilos de trabalhadores Trabalhadores dedicados – têm iniciativa, dedicação, força de vontade e motivação, porém, não sabem onde querem chegar, não se vêem como líderes e requerem orientação para cumprir suas tarefas. Mantenedores – realizam seu trabalho de forma adequada, contudo, dificilmente buscam responsabilidades adicionais. Estão satisfeitos com o a situação e rejeitam mudanças.

39 Reflexão No estudo do empreendedorismo corporativo há o risco de se criar o mito do empreendedor herói, reunindo em uma só pessoa todas as virtudes e características positivas da descrição do intra-empreendedor perfeito. Isso não existe. É impossível que uma só pessoa reúna todas essas qualificações. A formação de equipe multidisciplinar/multifuncional incorporando no conjunto das características todos os papéis e perfis necessários para cada etapa do projeto é a saída encontrada por muitas organizações.

40 Um dia é preciso parar de sonhar e, de algum modo, partir... Amyr Klink


Carregar ppt "Eu acredito na sorte. E tenho constatado que quanto mais duro eu trabalho, mais sorte tenho. Thomas Jefferson, político americano, 3.º presidente dos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google