A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 AULA 6 Como Estudar. 1- O ato de estudar Não se faz ciência sem esforço, perseverança e obstinação. Ao aluno/pesquisador, impõem-se um empenho e um.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 AULA 6 Como Estudar. 1- O ato de estudar Não se faz ciência sem esforço, perseverança e obstinação. Ao aluno/pesquisador, impõem-se um empenho e um."— Transcrição da apresentação:

1 1 AULA 6 Como Estudar

2 1- O ato de estudar Não se faz ciência sem esforço, perseverança e obstinação. Ao aluno/pesquisador, impõem-se um empenho e um compromisso inevitáveis, sem os quais não há ciência nem resultado válido. (SEVERINO, 2002, p.112).

3 O ato de estudar é extremamente importante Quando estudamos melhoramos nosso empenho na vida como um todo. Atualmente, o estudo possui um valor redobrado devido a seletividade cada vez maior do mercado de trabalho e a facilidade de acesso as novas informações.

4 Estudar não é fácil, exige capacidade de sistematização, crítica e disciplina elementos que só serão adquiridos praticando o ato de estudar, logo, é necessário persistir, formar uma rotina e desenvolver o hábito de estudar.

5 Estudar é.... Estudar não é assumir uma postura passiva, mas sim dialogar com o autor do texto, é ser crítico, mas manter a humildade de perceber que quanto mais sabemos mais percebemos que há muito a aprender. Estudar é criar e recriar, inferir (operacionalizar o aprendido), só assim o conhecimento terá real valor.

6 A educação é o que nos ensina a viver e conviver com o mundo, ela nos mostra quem somos e para onde queremos ir. É através do estudo que podemos construir uma nação melhor.

7 O ato de estudar é pautado em duas ações intrinsecamente relacionadas: ler e escrever. Ler é uma ação. Ao leitor é exigida disponibilidade para colaborar com o próprio autor na construção do sentido.

8 De igual modo, é preciso saber escrever a partir do que se lê. Escrever porque é preciso ou escrever aquilo que nos vem imediatamente à cabeça poderá ser uma completa perda de tempo.

9 Continuando... Então, para que a aventura da escrita tenha sentido e resulte em benefício para o escritor e o leitor, é necessário que se atenda a certas regras e a determinados procedimentos.

10 2 - Como Realizar Leituras Proveitosas O aluno, no primeiro contato com a obra deverá identificá-la e fazer uma apreciação geral. Para isso sugerimos algumas questões que devem ser levantadas e respondidas:

11 Qual o assunto do livro? Quem é o autor? Que informações o autor fornece sobre o livro? Quais os temas abordados? Onde e quando o livro foi publicado pela primeira vez? Em que Editora?

12 Essa perguntas podem ser respondidas com uma simples verificação do título e o subtítulo; da capa, contracapa e a quarta capa; do sumário, o prefácio, a introdução e as referências.

13 A partir dessas respostas você poderá saber se o assunto tratado na obra será relevante ao seu estudo/pesquisa. É um procedimento simples que traz a vantagem de evitar perda de tempo com leituras não pertinentes ao objetivo de sua pesquisa.

14 Se ficar constatado o interesse pelo material, após essa análise prévia, você poderá prosseguir na leitura da obra.

15 A leitura técnica traz sempre consigo com um objetivo a ser alcançado (investigação, crítica, comparação, ampliação, construção ou reconstrução de conhecimentos). Para atingir a finalidade da mesma, é necessário identificarmos as idéias principais do autor.

16 Em primeiro lugar... Devemos proceder a uma leitura integral do texto para que possamos definir a unidade de leitura que deverá ser analisada. O texto ficará dividido em partes que serão estudadas de forma sucessiva. É um estudo analítico, onde o estudante deve reconstruir o sentido total do livro, resumindo-o.

17 Mas o aluno deve encontrar dentro do texto a idéia principal. Mas como fazer? Dentro do parágrafo, normalmente este inicia com uma frase importante que traz a idéia principal a qual será acompanhada de frases que a explicam e detalham. Enquanto a frase final do parágrafo resume a idéia. Mas atenção, pode acontecer também que a frase que expressa a idéia principal apareça somente no final do parágrafo.

18 Mas como identificar a idéia principal de uma obra? O autor, ao apresentar seu trabalho, procura justificá-lo para o leitor, informando, analisando e demonstrando sua ideia.

19 Ao desenvolver o seu raciocínio, utiliza o método dedutivo, pois está comunicando e não investigando.

20 Algumas regras que podem facilitar você no uso da técnica A) Normalmente, todo parágrafo possui uma frase que exprime uma idéia principal; B) As frases que exprimem as idéias principais caracterizam-se por conter afirmações mais genéricas e amplas; C) As frases que exprimem as idéias secundárias transmitem informações mais detalhadas;

21 D) Se retirarem as frases que exprimem as idéias principais, o texto deixa de fazer sentido; ao contrário, se retirarmos as frases que exprimem as idéias secundárias, o sentido do texto não é alterado.

22 Como sublinhar Sublinhar é sinônimo de pôr em relevo, destacar ou salientar. É um procedimento muito utilizado mas que exige cuidados se tornar realmente útil.

23 A primeira recomendação a ser feita é não sublinhar durante a primeira leitura (o máximo que fará aqui são marcações à margem dos parágrafos), somente na segunda leitura e que você deverá buscar a idéia principal, os detalhes importantes, conceitos relevantes e classificações pertinentes para sublinhar.

24 Para ajudá-lo nesta tarefa apresentaremos algumas regras que podem facilitar a você no uso da técnica: A) Sublinhe só as palavras ou idéias principais. B) Dê mais importância às definições, fórmulas, termos técnicos e idéias-chave;

25 C) Utilize diferentes tipos de sublinhados, para distinguir diferentes tipos de idéias. – Por exemplo: um para enquadrar títulos, outro para marcar as idéias principais, outro para marcar idéias secundárias, que devem ser revistas mais tarde; D) Utilize cores diferentes para cada um desses tipos de idéias.

26

27 Vamos ao vídeo e texto complementar???? Até a Próxima Aula!!!

28 Atividade Complementar... Assista o filme A Vida de Galileu (percepção de Bertold Brecht) – 1975.(Disponível em. Acesso em: 12/08/2010.) Observe os métodos de pesquisa utilizados pelo personagem.


Carregar ppt "1 AULA 6 Como Estudar. 1- O ato de estudar Não se faz ciência sem esforço, perseverança e obstinação. Ao aluno/pesquisador, impõem-se um empenho e um."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google