A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

. Controladoria Profª Karine R. de Souza Aula 4. CONTROLE INTERNO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: ". Controladoria Profª Karine R. de Souza Aula 4. CONTROLE INTERNO."— Transcrição da apresentação:

1 . Controladoria Profª Karine R. de Souza Aula 4

2 CONTROLE INTERNO

3 É O PLANO DE ORGANIZAÇÃO E O CONJUNTO DE MÉTODOS E MEDIDAS ADOTADAS DENTRO DE UMA ORGANIZAÇÃO, PARA SALVAGUARDAR SEUS RECURSOS, VERIFICAR A EXATIDÃO E VERACIDADE DE SUA INFORMAÇÃO FINANCEIRA-ADMINISTRATIVA, PROMOVER EFICIÊNCIA NAS OPERAÇÕES, ESTIMULAR A OBSERVÂNCIA DA POLÍTICA PRESCRITA E CONSEGUIR O CUMPRIMENTO DAS METAS E OBJETIVOS PROGRAMADOS.

4 IMPORTÂNCIA DO CONTROLE INTERNO MAIS CONTROLE MENOS DESPERDÍCIOS MENOS CONTROLE MAIS DESPERDÍCIOS MAIS CONTROLE MAIS RESPONSABILIDADE MENOS CONTROLE MENOS RESPONSABILIDADE

5 Objetivo O objetivo do controle interno e garantir a eficácia empresarial, verificar se os recursos colocados à disposição foram empregados com o propósito de atingir as expectativas dos seus proprietários. Para atingir a eficácia dos controles, é necessário estabelecer planos que contemplem a totalidade das operações da empresa e que estejam totalmente integrados.

6 Finalidades A finalidade do controle interno é à proteção do patrimônio e à confiabilidade dos dados obtidos para a gestão dos negócios. O controle interno tem como objetivos: comprovação da veracidade dos relatórios; prevenção de fraudes; detecção de erros; proteção dos ativos e motivação da eficiência do pessoal. 6

7 Princípios do controle interno Os princípios de controle interno são as regras básicas para a existência de um sistema de controle interno, os quais determinam de forma direta se a estrutura de controle que a organização tem é solida, ou, ao contrário, é uma estrutura fraca com falhas e sujeita a fraudes e erros. 7

8 Princípios do controle interno Os princípios de controle interno dividem-se em: ambiente de controle, princípios operacionais e princípios relacionados aos recursos humanos. O ambiente de controle é conseqüência direta do modelo de gestão, porque depende da intenção dos gestores e da forma como eles querem gerir a empresa e como essa intenção é repassada ao restante das pessoas na organização. Os princípios operacionais de controle abrangem a parte física indispensável para formatar e implantar o controle interno. Geralmente, exigem um investimento financeiro em tecnologia e a elaboração de manuais técnicos, entre outros. 8

9 Princípios do controle interno Os princípios relacionados ao pessoal referem-se às exigências e cuidados mínimos para que se consiga desenvolver com tranqüilidade o sistema de controle interno projetado. Portanto, se a equipe de execução e monitoramento não estiver comprometida com a eficácia desses controles, não adianta implantar os melhores procedimentos.

10 Princípios do controle interno Segundo Catelli, para seguir os princípios fundamentais do controle interno deve haver: a) a existência de um plano de organização com a distribuição de responsabilidades; b) políticas de autorização e de registros das transações; c) zelo de elemento humano no desempenho das funções; e d) qualidade e responsabilidade do pessoal 10

11 Controle Interno Vantagens e Limitações do controle interno Conforme Catelli (2011) são benefícios do controle interno para a empresa: aumento da eficácia operacional; tomada de melhores decisões operacionais; avaliações de desempenho mais corretas; diminuição do risco de ocorrência de erros e fraudes; e valorização da imagem e conquista a confiança do mercado. 11

12 Controle Interno As limitações do controle interno são: existência de conluio de funcionários na apropriação e desvio de bens empresariais; ocorrência de erros em virtude à falta de informação; ocorrência de erros causados por negligência ; maior exposição à fraude; penalidades impostas pelos órgãos reguladores e normatizadores; publicidade desfavorável na medida em que os erros e fraudes possam ocorrer; e redução de investimentos e queda do valor das ações no mercado. 12

13 Controle Interno Além destas podem surgir outras vantagens e limitações não especificadas, isso vai depender do ambiente organizacional e do modelo de gestão adotado. Diante disso, conclui-se que o sistema de controle interno constitui importante instrumento de auxilio à controladoria, pois possibilita informações sobre as diversas situações da empresa. O sistema de informação da empresa precisa ser sólido e oportuno, para que o processo de gestão e a tomada de decisão sejam úteis. 13


Carregar ppt ". Controladoria Profª Karine R. de Souza Aula 4. CONTROLE INTERNO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google