A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Apresentação do relatório para a disciplina de EEPS GuimaBike A estrutura organizacional da empresa GuimaBike Guimarães, 13 de Julho de 2004 Universidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Apresentação do relatório para a disciplina de EEPS GuimaBike A estrutura organizacional da empresa GuimaBike Guimarães, 13 de Julho de 2004 Universidade."— Transcrição da apresentação:

1 Apresentação do relatório para a disciplina de EEPS GuimaBike A estrutura organizacional da empresa GuimaBike Guimarães, 13 de Julho de 2004 Universidade do Minho

2 Elementos do Grupo 1: Trabalho realizado por: Carla Pinton.º Carlos Azevedon.º Carlos Costan.º Celina Morenon.º Fernando Pereiran.º Mafalda Matosn.º Vânia Silvan.º 40538

3 Objectivos do relatório Objectivo Principal: Aplicar os conhecimentos adquiridos nas aulas, projectando uma empresa imaginária de fabrico de bicicletas.

4 Objectivos do relatório Objectivos Específicos: Formalizar a empresa; Definir a estrutura organizacional da empresa; Determinar as principais directrizes;

5 Objectivos do relatório Objectivos Específicos: Apresentar as várias áreas funcionais ligadas à produção; Apresentar as características das várias secções da empresa; Apresentar o modelo da implantação; Explicar as opções do sistema produtivo.

6 Formalização da Empresa GuimaBike Empresa: GuimaBike Sede: Parque industrial de S. João de Ponte (Guimarães) Actividade Empresarial: Fabrico de Bicicletas Telefone: 25X Fax: 25X Web-Page:

7 Localização da empresa Razões da localização: Facilidade de acessos, bem como a proximidade com a cidade; Potencial localização de hipotéticos fornecedores e/ou distribuidores; Local apropriado para instalação de empresas.

8 Localização da empresa Factores não analisados: Aspecto e contexto social da zona; Custos relacionados com o edifício; Optar pela compra ou arrendamento do imóvel (falta de informação).

9 Estrutura Organizacional da Empresa Departamento Estratégico Departamento Recursos Departamento Comercial Departamento Produção Departamento Financeiro Departamento Investigação & Desenvolvimento Organigrama da empresa :

10 Estrutura Organizacional da Empresa Departamento Estratégico: Daqui saem as principais directrizes da empresa, do tipo: o que fabricar, que mercados e objectivos a atingir… Tratam de todos os aspectos administrativos.

11 Estrutura Organizacional da Empresa Departamento de Recursos: Actuam de acordo com as capacidades que queremos instalar, a nível dos: Equipamentos; Instalações; Mão-de-obra; Etc.

12 Estrutura Organizacional da Empresa Departamento Comercial: Estratégias de vendas; Recepção de encomendas e seu processamento; Determinação do custo final do produto.

13 Estrutura Organizacional da Empresa Departamento da Produção: Estratégias e políticas produtivas; Responsáveis pela boa saúde empresarial. Vamos dar maior atenção a este departamento.

14 Estrutura Organizacional da Empresa Departamento Financeiro: Responsáveis pela parte financeira da empresa…

15 Estrutura Organizacional da Empresa Dept. Investigação & Desenvolvimento: Responsáveis pela criação de produtos; Descrição dos materiais constituintes de um determinado produto; Descrição das operações necessárias para a realização de um produto.

16 Estrutura Organizacional da Empresa Observação: Todas as estruturas estão relacionadas entre si, existindo um fluxo de informação entre os departamentos.

17 Principais Directrizes Previsão de vendas*: * A previsão de vendas é valida para um período de 3 anos. Tipo de ProdutoQuantidades Bicicletas de Metal1600 por mês Bicicletas de Carbono300 por mês

18 Principais Directrizes Directrizes: Fabrico dos dois tipos de bicicletas; Produzir de forma a abranger as necessidades do mercado; Garantir que a empresa é a única detentora dos últimos avanços tecnológicos; Se necessário pagar incentivos de produção; Garantir a qualidade e o bom nome da empresa;

19 Principais Directrizes Directrizes: A carga horária diária é de 8 horas; Considerar que o mês tem 21 dias úteis; Produzir principalmente por encomenda; Preservar o meio ambiente.

20 Áreas Funcionais da Produção Organigrama do fluxo da informação: Departamento Recursos Departamento Comercial Departamento Produção PDP Diz o que produzir, e para quando. Contudo o PDP não é válido inicialmente. Existe a necessidade de ser validado. MRP O MRP valida o PDP em termos de materiais. Avalia as limitações a nível das matérias- primas e acessórios. Retornando uma confirmação ou impossibilidade da realização das encomendas. Planeamento Agregado de Capacidades Estuda as limitações produtivas. Bem como as capacidades das infra-estruturas. Retornando uma confirmação ou impossibilidade da realização das encomendas. Com estas duas informações já podemos aceitar ou rejeitar o PDP. PDP – Plano Director de Produção. MRP – Material Requirements Planning

21 Áreas Funcionais da Produção Organigrama do fluxo da informação: P. A. C. MRP PDP Departamento Investigação & Desenvolvimento BOM Controlo de Stocks Gama Operatória Aprovisionamento Recepção Lançamento de Ordens de Produção Programação detalhada da produção Monitorização da Produção Planeamento do Produto: Responsável pela lista dos componentes de um produto. Lançamento das encomendas de matérias-primas e acessórios. Controlo e fiscalização da Produção. Lista das sequências das operações. Com os tempos padrão. O que produzir. Como produzir. Quando produzir. Durante quando tempo.

22 Características das Secções As várias Secções: Corte; Soldadura; Liga; Moldação; Pintura; Secagem; Montagem.

23 Características das Secções Fórmulas: Nº Máq. = ((previsão vendas)/(21 * 8 * prod. máq)) Custo das Máquinas = nº máq. * valor máq. Despesas Mensais = nº máq.* manutenção * preço operário Despesas Totais Mensais = (C. M. – (val. residual * nº máq.)) / (tempo de vida * 12) + D. M. Produção = (nº máq. * prod. Hora) pcs/hora = ((pcs/hora) * 8 *21) pcs/mês Nº de Pessoas = nº máq. * nº de colaboradores por máq. Espaço mínimo = nº máq. * espaço de cada máq.

24 Quadro de Resumos SecçõesCorteSoldaduraLigaMoldaçãoPinturaSecagemMontagemTotais: Nº máq Desp. Mensais 4,250 8,209 1,300 5,600 2,434 2,237 14,400 38,430 Produção /mês Nº de funcionários * *3 funcionários trabalham em mais do que uma secção. Ou seja, a sua necessidade é de 50% em cada uma das duas secções. Em caso de cumprimento dos objectivos de produção cada operário recebe um incentivo de 20.

25 Secção de Secagem Opção: Existiam duas propostas para a máquina de secagem. Razões pela opção tomada: Menor custo mensal da opção; Bem como a durabilidade da máquina, ou seja, enquanto uma tem a durabilidade de 2 anos a outra é de 3 anos (máquina requisitada) ; Sendo a previsão de vendas também de 3 anos.

26 Características das Secções Observação: Caso o plano de produção seja cumprido, os operários receberão um incentivo de produção no valor de 20 ; Sendo assim os valores propostos serão acrescidos por 51*20 = 1020.

27 Fluxo de Materiais Recepção de: Matérias-Primas Acessórios Secção de Corte Secção de Soldadura Secção de Liga Secção de Moldação Secção de Pintura Secção de Secagem Secção de Montagem Envio dos Produtos

28 Fluxo de Materiais Observações: A fiscalização e controlo da produção é efectuado ao longo de todo o fluxo de materiais; A qualidade é assegurada ao longo de todo o processo produtivo;

29 Fluxo de Materiais Qualidade: De forma aleatória são escolhidas peças e é verificado se estão de acordo com as indicações; Existe um posto de controlo de qualidade, que faz parte do processo de montagem, que certifica a qualidade do produto.

30 Implantação da empresa Área Total 1618 m2

31 Implantações da Empresa Razões para esta implantação: Optámos por um sistema misto, entre implantações por linha e implantações em oficina; Conseguimos ter uma linha de produção onde alguns tipos de máquinas estão aglomerados, o caso das de corte e soldadura.

32 Gestão da Produção Plano director Produção (PDP) : Produto Períodos 1234 MMBA MMBK MMCK Agora temos que validar o PDP, tendo em conta: Planeamento Agregado de Capacidades; MRP;

33 Gestão da Produção Planeamento Agregado de Capacidade: Considerando que os departamentos responsáveis pelo P.A.C. dão o ok, podemos avançar para o 2º ponto.

34 Gestão da Produção Material Requirements Planning (MRP) : Precisa de informação proveniente de dois lados: BOM (Bill Of Materials); Controlo de Stocks: Dá-nos a informação das quantidades que existem em stock, evitando desta forma compras desnecessárias ; Estes valores entram directamente para o MRP.

35 Gestão da Produção Tabelas MRP: ProdutoPeríodos MMBA N. B R. P Stock L. P SS = 30 LT = 1

36 Gestão da Produção Tabelas MRP; É necessário a realização de tabelas para todos os componentes constituintes do BOM, contudo não o vamos fazer, apresentando apenas o MRP da roda da frente da bicicleta; Conseguimos assim validar o PDP.

37 Gestão da Produção Programação da Produção; Planeamento de processos (Gama Operatória); É a sequência de operações já com os tempos padrão.

38 Gama Operatória do Produto Metal Forquetas Quadros Soldadu ra Pintura Montagem Secagem Montagem Roda Frente Raios Aro Câmara de Ar Pneu Roda Traseira Raios Carretos Aro Câmara de Ar Pneu Forqueta + Quadro Calços Selim Guiador Roda Pedaleira Pedais Maneta Travões Maneta Velocidades Bicicleta Base Montagem Final Cabos Travão / Velocidades Correia Teste Final

39 Concluindo… Todos os aspectos que focamos no nosso trabalho são relevantes, no entanto, existem diversos aspectos que não mencionamos também estes importantes; Após a realização deste trabalho deparámo-nos com alguns problemas que reflectem a complexidade do processo de gestão e projecção de uma empresa.


Carregar ppt "Apresentação do relatório para a disciplina de EEPS GuimaBike A estrutura organizacional da empresa GuimaBike Guimarães, 13 de Julho de 2004 Universidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google