A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PS3: Sistema para apoio à gestão de produção de PME Sistema integrado à medida da sua empresa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PS3: Sistema para apoio à gestão de produção de PME Sistema integrado à medida da sua empresa."— Transcrição da apresentação:

1 PS3: Sistema para apoio à gestão de produção de PME Sistema integrado à medida da sua empresa

2 © 2002, Paulo Santos v. 1.0 Principais benefícios Controlo da quantidade de matéria prima necessária para satisfazer as encomendas Controlo da quantidade de matéria prima necessária para satisfazer as encomendas Controlo da carga de trabalho existente para cada secção e por tipo de produto Controlo da carga de trabalho existente para cada secção e por tipo de produto Capacidade de gerir centenas de referências de produtos correctamente Capacidade de gerir centenas de referências de produtos correctamente Apoio à determinação do custo real de cada produto e metodologia de custeio standard Apoio à determinação do custo real de cada produto e metodologia de custeio standard Facilidade na introdução de todos os dados Facilidade na introdução de todos os dados

3 © 2002, Paulo Santos v. 1.0 Principais funcionalidades Encomenda e entrada de matéria prima Encomenda e entrada de matéria prima Produtos e matérias primas Produtos e matérias primas Operações e secções Operações e secções Trabalho,consumo e produção por secção Trabalho,consumo e produção por secção Encomendas, fabricações e actividades Encomendas, fabricações e actividades MRP, stocks e encomendas em falta MRP, stocks e encomendas em falta Clientes, fornecedores Clientes, fornecedores Determinação de custos para contabilidade analítica Determinação de custos para contabilidade analítica

4 © 2002, Paulo Santos v. 1.0 Vantagens da solução Sistema integrado Sistema integrado Levantamento dos requisitos e configuração do sistema por Engenheiro Mecânico com MBA e vários anos de experiência como analista de sistemas e na indústria. Levantamento dos requisitos e configuração do sistema por Engenheiro Mecânico com MBA e vários anos de experiência como analista de sistemas e na indústria. Apoio da CopiRisco nos aspectos contabilísticos Apoio da CopiRisco nos aspectos contabilísticos Custo mais reduzido de desenvolvimento e manutenção do que as propostas normais Custo mais reduzido de desenvolvimento e manutenção do que as propostas normais Interface à medida do cliente Interface à medida do cliente

5 © 2002, Paulo Santos v. 1.0 Apresentação detalhada Detalhe dos vários tipos de funcionalidades Detalhe dos vários tipos de funcionalidades Exemplos de ecrãs Exemplos de ecrãs

6 © 2002, Paulo Santos v Matéria Prima Entrada de matérias primas por lote com registos para o controlo de qualidade Entrada de matérias primas por lote com registos para o controlo de qualidade Rastreabilidade dos lotes e stock lote a lote. Rastreabilidade dos lotes e stock lote a lote. Valorização real das existências Valorização real das existências Possibilidade de criação de encomendas prévias para matéria prima Possibilidade de criação de encomendas prévias para matéria prima Flexibilidade nas entradas de matéria prima e informação sobre os lotes Flexibilidade nas entradas de matéria prima e informação sobre os lotes

7 © 2002, Paulo Santos v Entradas de matéria prima

8 © 2002, Paulo Santos v Produtos e matérias primas Configuração dos produtos por famílias com características diferentes Configuração dos produtos por famílias com características diferentes Explosão em MRP do produto nos seus componentes e nas operações necessárias para a sua produção Explosão em MRP do produto nos seus componentes e nas operações necessárias para a sua produção Determinação da valorização do produto transformado em cada secção Determinação da valorização do produto transformado em cada secção Definição de custos standard, stocks mínimos, fornecedores habituais, etc Definição de custos standard, stocks mínimos, fornecedores habituais, etc

9 © 2002, Paulo Santos v Produtos

10 © 2002, Paulo Santos v Operações e secções Possibilidade de criar todas as secções que existam na fábrica Possibilidade de criar todas as secções que existam na fábrica Em cada secção podem-se especificar as operações efectuadas Em cada secção podem-se especificar as operações efectuadas Lançamento automático de todas as operações das secções Lançamento automático de todas as operações das secções Utilização das operações para previsão dos custos e dos tempos Utilização das operações para previsão dos custos e dos tempos Ecrãs adaptados às secções existentes Ecrãs adaptados às secções existentes

11 © 2002, Paulo Santos v Secções

12 © 2002, Paulo Santos v Trabalho, consumo e produção por secção Registo das horas trabalhadas em cada secção por cada trabalhador Registo das horas trabalhadas em cada secção por cada trabalhador Registo da matéria prima consumida em cada secção Registo da matéria prima consumida em cada secção Registo da produção efectuada em cada secção Registo da produção efectuada em cada secção Um só ecrã para todos os lançamentos Um só ecrã para todos os lançamentos Diversos relatórios Diversos relatórios

13 © 2002, Paulo Santos v Ecrã de Registo

14 © 2002, Paulo Santos v Encomendas, ordens de fabrico e actividades Encomendas lançadas em paletes, considerando quebras, embalagens, etc Encomendas lançadas em paletes, considerando quebras, embalagens, etc Possibilidade de dividir as encomendas em ordens de fabrico para entregas faseadas no tempo ou por camião Possibilidade de dividir as encomendas em ordens de fabrico para entregas faseadas no tempo ou por camião Lançamento de actividades em relação a uma ordem de fabrico Lançamento de actividades em relação a uma ordem de fabrico Vários relatórios sobre as encomendas Vários relatórios sobre as encomendas

15 © 2002, Paulo Santos v Encomendas

16 © 2002, Paulo Santos v MRP, stocks e encomendas em falta Ao fazer o MRP do material encomendado e controlar as quantidades existentes em Stock e já encomendadas permite mostrar o inventário para cada material e as necessidades de encomendas de matérias primas. Ao fazer o MRP do material encomendado e controlar as quantidades existentes em Stock e já encomendadas permite mostrar o inventário para cada material e as necessidades de encomendas de matérias primas.

17 © 2002, Paulo Santos v Encomendas a efectuar

18 © 2002, Paulo Santos v Clientes e fornecedores Possibilidade de criar os clientes e fornecedores em ecrã próprio Possibilidade de criar os clientes e fornecedores em ecrã próprio Dados a guardar configuráveis de acordo com a realidade de cada empresa Dados a guardar configuráveis de acordo com a realidade de cada empresa

19 © 2002, Paulo Santos v Mão de Obra Lançamento semi-automático da mão de obra às diversas secções Lançamento semi-automático da mão de obra às diversas secções Controlo do tempo de mão de obra por secção e por mês Controlo do tempo de mão de obra por secção e por mês Controlo das horas extraordinárias Controlo das horas extraordinárias Lançamento do custo da mão de obra às diversas secções Lançamento do custo da mão de obra às diversas secções

20 © 2002, Paulo Santos v Relatório horas/secção

21 © 2002, Paulo Santos v Determinação de custos O programa permite determinar o custo de cada produto final através da soma do custo dos seus componentes mais do custo standard das operações necessárias ao mesmo O programa permite determinar o custo de cada produto final através da soma do custo dos seus componentes mais do custo standard das operações necessárias ao mesmo Através da contabilidade analítica pode- se determinar o valor da produção de cada secção Através da contabilidade analítica pode- se determinar o valor da produção de cada secção

22 © 2002, Paulo Santos v. 1.0 Outras referências Clientes produto PS3 Clientes produto PS3 TexCork CorkArt Outros Trabalhos já efectuados: Outros Trabalhos já efectuados: Siemens Energia – Controlo financeiro a 3 anos de todos os projectos da unidade Siemens CIO – Controlo de todos os projectos em curso feitos no departamento Siemens SBS – Criação de cerca de 100 relatórios para controlar todas as actividades do Helpdesk

23 © 2002, Paulo Santos v. 1.0 Outras referências – 2 Trabalhos já efectuados: Trabalhos já efectuados: Aluga Aqui – Programa para controlar o aluguer de louca Schmidt & Stosberg – Base de dados de clientes para optimizar o esforço de marketing Desenha– Desenho automático de fluxogramas em Visio a partir de Access e Excel TMN – Base de dados para controlo dos projectos em curso no departamento de informática Autoeuropa – Base de dados para controlar todas as ideias do grupo de optimização dos custos do produto

24 © 2002, Paulo Santos v. 1.0 Outras referências – 3 Trabalhos já efectuados: Trabalhos já efectuados: AutoEuropa – Base de dados para optimizar workshops de análise de valor EasyCam – Programa para o cálculo automático de sistemas de árvores de cames AngoSet – Sistema para gerar automaticamente todos os formulários necessários para exportar para Angola Produções João Martins – Apresentações interactivas em PowerPoint. Para mais informações ver


Carregar ppt "PS3: Sistema para apoio à gestão de produção de PME Sistema integrado à medida da sua empresa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google