A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ROTEIRO O Centro Espírita Conceito, Objetivo e atividades O Trabalho Federativo e de unificação do Movimento Espírita Diretrizes e Estrutura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ROTEIRO O Centro Espírita Conceito, Objetivo e atividades O Trabalho Federativo e de unificação do Movimento Espírita Diretrizes e Estrutura."— Transcrição da apresentação:

1

2 ROTEIRO O Centro Espírita Conceito, Objetivo e atividades O Trabalho Federativo e de unificação do Movimento Espírita Diretrizes e Estrutura

3 O Quê é o Movimento Espírita? É o conjunto das atividades que têm por objetivo estudar, divulgar e praticar a Doutrina Espírita, contida nas obras básicas de Allan Kardec, colocando-las ao alcance e serviço de toda a Humanidade.

4 O Centro Espírita... É um local de paz construtiva, propiciando a união de seus frequentadores na vivência da recomendação de Jesus: Amai-vos uns a aos outros.

5 O Centro Espírita... É a unidade fundamental do Movimento Espírita.

6 (...) A Casa Espírita é a célula mater da nova sociedade, (...). Uma Escola,..., que não apenas instrui, mas também educa. (...) será escola e santuário, hospital e lar, onde as almas encarnadas e desencarnadas encontrarão diretrizes para uma vida feliz e ao mesmo tempo, o alimento para sobreviver aos choques do mundo exterior. (*) * Diálogo com Dirigentes e Trabalhadores Espíritas, Ed. USE.

7 (...) A Casa Espírita é o local onde se misturam os interesses, onde se desenvolvem as atividades, onde se realizam os ministérios de intercâmbio, onde se produzem as Casas de apoio, a fim de que as motivações permaneçam sempre atuantes, facultando ao indivíduo trabalhar sem enfado, sem cansaço e crescer. (*) * Diálogo com Dirigentes e Trabalhadores Espíritas, Ed. USE.

8 Qual é a estrutura de uma Casa Espírita?

9 Atividades: Básicas Administrativas de Comunicação de Unificação

10 Atividades Básicas Reuniões de explanação do Evangelho à luz da Doutrina Espírita, aplicação de passes e atendimento fraterno através do diálogo (Atendimento Espiritual);

11 Atividades Básicas Reuniões de estudo da Doutrina Espírita, de forma programada, metódica ou sistematizada.

12 Atividades Básicas Reuniões de estudo, educação e prática da mediunidade.

13 Atividades Básicas Reuniões de evangelização espírita para crianças e jovens.

14 Atividades Básicas Divulgação da Doutrina Espírita; Assistência e promoção social espírita.

15 Atividades de Unificação Têm como objetivo a união dos espíritas e das Instituições Espíritas e a unificação do Movimento Espírita

16 Atividades Administrativas Necessárias para seu normal funcionamento, compatíveis com sua estrutura organizativa e com a legislação vigente

17 ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS PRÓPRIA, DE ACORDO COM SUA COMPLEXIDADE E TAMANHO, ATENDENDO ÀS FINALIDADES DO MOVIMENTO ESPÍRITA;MANTER ORGANIZAÇÃO PRÓPRIA, DE ACORDO COM SUA COMPLEXIDADE E TAMANHO, ATENDENDO ÀS FINALIDADES DO MOVIMENTO ESPÍRITA; ESTABELECER PLANIFICAÇÃO, METAS E CONTROLE DE RESULTADOS;ESTABELECER PLANIFICAÇÃO, METAS E CONTROLE DE RESULTADOS; INTEGRAR FREQUENTADORES ÀS ATIVIDADES DA CASA APROVEITANDO SEU POTENCIAL PROFISSIONAL;INTEGRAR FREQUENTADORES ÀS ATIVIDADES DA CASA APROVEITANDO SEU POTENCIAL PROFISSIONAL; ESTIMULAR O TRABALHO EM EQUIPE;ESTIMULAR O TRABALHO EM EQUIPE;

18 ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS ZELAR PARA AS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS SEJAM GRATUITAS PROIBINDO INICIATIVAS DE REMUNERAÇÃO;ZELAR PARA AS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS SEJAM GRATUITAS PROIBINDO INICIATIVAS DE REMUNERAÇÃO; ENVOLVER A CASA ESPÍRITA SOMENTE EM ATIVIDADES COMPATÍVEIS COM A DOUTRINA;ENVOLVER A CASA ESPÍRITA SOMENTE EM ATIVIDADES COMPATÍVEIS COM A DOUTRINA; ZELAR PARA QUE AS CONTRIBUIÇÕES, DONATIVOS, CONVÊNIOS PRESERVEM OS PRINCÍPIOS DOUTRINÁRIOS E ADMINISTRATIVOS DA CASA.ZELAR PARA QUE AS CONTRIBUIÇÕES, DONATIVOS, CONVÊNIOS PRESERVEM OS PRINCÍPIOS DOUTRINÁRIOS E ADMINISTRATIVOS DA CASA.

19 Pessoas Espíritos Centro Espírita Desejos Necessidades Expectativas Serviços Estudo Prática Divulgação Atendimento

20 O LIVRO DOS ESPÍRITOS O LIVRO DOS MÉDIUNS O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO O CÉU E O INFERNO A GÊNESE QUEM SOU? O QUE SINTO? POR QUÊ SOFRO? PARA ONDE VOU? DE ONDE VIM? (LE, 2a. Parte) (LE, 3a. Parte) (LE, 4a. Parte) (LE, 1a. Parte) Obras Básicas da Codificação

21 Este são alguns valores que devem orientar nossas ações na Casa Espírita ações na Casa Espírita

22 Kardec nos orienta (*) Perfeita comunhão de pontos de vista e de sentimentos; Cordialidade recíproca entre todos os membros; Ausência de todo sentimento contrário à verdadeira caridade cristã; Um único desejo: o de instruir-se e melhorar por meio dos ensinos dos Espíritos e do aproveitamento de seus conselhos. (...) (*) In O Livro dos Médiuns, p. 69 ed. Feb. O essencial para o equilíbrio do Centro Espírita

23 Movimento Espírita é o conjunto das atividades que têm por objetivo estudar, divulgar e praticar a Doutrina Espírita, contida nas obras básicas de Allan Kardec, colocando-a ao alcance e a serviço de toda a Humanidade. As atividades que compõem o Movimento Espírita são realizadas por pessoas, isoladamente ou em conjunto, e por Instituições Espíritas.

24 HAPPY SUNDAY


Carregar ppt "ROTEIRO O Centro Espírita Conceito, Objetivo e atividades O Trabalho Federativo e de unificação do Movimento Espírita Diretrizes e Estrutura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google