A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CAPACITAÇÃO Qual é o papel que o Centro Espírita tem na sociedade? La Casa Espírita y su papel en la sociedad.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CAPACITAÇÃO Qual é o papel que o Centro Espírita tem na sociedade? La Casa Espírita y su papel en la sociedad."— Transcrição da apresentação:

1

2 CAPACITAÇÃO

3 Qual é o papel que o Centro Espírita tem na sociedade? La Casa Espírita y su papel en la sociedad

4 O Quê é um Centro Espírita? Conceptos, Funciones y Actividades

5 É uma escola onde podemos aprender e ensinar, semear o bem e colher as graças, burilarmo-nos e aperferçoar os outros, na senda eterna. O Centro Espírita, Reformador, janeiro 1951 Conceptos, Funciones y Actividades

6 A educação da alma é a alma da educação André Luiz (Conduta Espírita) Estudo, Prática e Divulgação da Doutrina Espírita

7 Requisito I Conhecimento e Vivência Doutrinária Requisito II Boa Vontade e Disposição para... Requisito III Preparação e Conhecimento Técnico em gestão O BOM DIRIGENTE DE CASA ESPÍRITA

8 A proposta de capacitar os Agentes e Servidores

9 O Quê é o Movimento Espírita? É o conjunto das atividades que têm por objetivo estudar, divulgar e praticar a Doutrina Espírita, contida nas obras básicas de Allan Kardec, colocando-las ao alcance e serviço de toda a Humanidade. Conceptos, Funciones y Actividades

10 O Centro Espírita... É um local de paz construtiva, propiciando a união de seus frequentadores na vivência da recomendação de Jesus: Amai-vos uns a aos outros. Conceptos, Funciones y Actividades

11 O Centro Espírita... É a unidade fundamental do Movimento Espírita. Conceptos, Funciones y Actividades

12 Kardec nos orienta (*) Perfeita comunhão de pontos de vista e de sentimentos; Cordialidade recíproca entre todos os membros; Ausência de todo sentimento contrário à verdadeira caridade cristã; Um único desejo: o de instruir-se e melhorar por meio dos ensinos dos Espíritos e do aproveitamento de seus conselhos. (...) (*) In O Livro dos Médiuns, p. 69 ed. Feb. O essencial para o equilíbrio do Centro Espírita

13 Concluindo => Centro Espírita – O QUE É? ESCOLA ESPIRITUAL E MORAL POSTO DE ATENDIMENTO FRATERNO ESCLARECIMENTO, APOIO E CONSOLAÇÃO Espaço de convivência Crianças, jovens, adultos e idosos Ambiente de trabalho Vivência do Evangelho Local de Paz União – amai-vos uns aos outros Unidade Fundamental do Movimento Espírita

14 Estamos encarregados de preparar o reino do bem anunciado por Jesus. O Livro dos Espíritos, p. 627 La Casa Espírita y su papel en la sociedad

15 CASA ESPÍRITA E SEU PAPEL NA SOCIEDADE As instituições na Sociedade tanto recebem como contribuem, exercendo um papel de manutenção, modificação ou apoio ao grupo social.

16 (...) A Casa Espírita é a célula mater da nova sociedade, (...). Uma Escola,..., que não apenas instrui, mas também educa. (...) será escola e santuário, hospital e lar, onde as almas encarnadas e desencarnadas encontrarão diretrizes para uma vida feliz e ao mesmo tempo, o alimento para sobreviver aos choques do mundo exterior. (*) * Diálogo com Dirigentes e Trabalhadores Espíritas, Ed. USE. La Casa Espírita y su papel en la sociedad

17 (...) A Casa Espírita é o local onde se misturam os interesses, onde se desenvolvem as atividades, onde se realizam os ministérios de intercâmbio, onde se produzem as Casas de apoio, a fim de que as motivações permaneçam sempre atuantes, facultando ao indivíduo trabalhar sem enfado, sem cansaço e crescer. (*) * Diálogo com Dirigentes e Trabalhadores Espíritas, Ed. USE. La Casa Espírita y su papel en la sociedad

18 Divaldo: Kardec, p.685, LE: (...) Este elemento é a Educação, não a intelectual, mas a moral... A desordem e a imprevidência são os cânceres que só uma educação bem entendida pode curar; (...) (...)Hoje, educar é instruir, é criar hábitos, hábitos saudáveis(...) (...) A nós nos cabe essa tarefa da Educação (...) Nossas reuniões são de Educação moral, espiritual, de novos hábitos, como os da Fraternidade, o hábito do Perdão que hoje é terapia. (...) Por esta educação, conforme afirma o Codificador, que foi um excelente educador, mudará a Sociedade. Qual é o compromisso do Movimento Espírita com relação à Educação? La Casa Espírita y su papel en la sociedad

19 Quem é o público? Espírito DesencarnadoEncarnado Não espíritaEspíritaNão espíritaEspírita Criança Jovem Adulto

20 É necessário saber: Os trabalhadores, os frequentadores e a comunidade estão satisfeitos com o trabalho realizado?

21 O Homem de Bem Evangelho Segundo o Espiritismo Cap. XVII - item 3 Vamos a observar a orientação de Kardec

22 Pratica a lei de justiça, de amor e de caridade, em sua maior pureza.(...) Coloca os bens espirituais sobre os temporais. O Homem de Bem ESE Cap. XVII item 3

23 Não se compraz em buscar os defeitos do outro, nem em colocá-los em evidência. Usa, porém não abusa dos bens concedidos. O Homem de Bem ESE Cap. XVII item 3

24 Se a ordem social colocou sob o seu mando outros homens, trata-os com bondade e benevolência, porque são seus iguais perante Deus. O Homem de Bem ESE Cap. XVII item 3

25 Este são alguns valores que devem orientar nossas ações na Casa Espírita ações na Casa Espírita

26 (...) espíritas, que escutastes a palavra da Revelação; cabe-vos levar por todas partes as notícias do Reino de Deus (...) Não amanhã (...). Agora tendes o compromisso de acender na obscuridade que domina o mundo, as estrelas luminosas do Evangelho de Jesus. (...) restaurado na palavra consoladora da Doutrina Espírita. Ele nos exorta para a unificação dos postulados em torno do ideal da verdade. * * Mensagem recebida por Divaldo P.Franco, em outubro de 1989, no Congresso Internacional de Espiritismo, em Brasília.

27 A hora é de ação... espíritas, (...) não creais que vosso compromisso com a vida é uma viagem agradável ao país da fantasia, ou uma excursão ao oásis do prazer. (...) propusestes a obra de edificação do bem, abri os braços para que o amor se expanda en um hino de solidaridade universal (...). A hora é de ação. (...) * * Mensagem recebida por Divaldo P.Franco, em outubro de 1989, no Congresso Internacional de Espiritismo, em Brasília.

28 Intervalo

29 Qual é a estrutura de uma Casa Espírita? La Estructura de una Casa Espírita

30 Conceptos, Funciones y ActividadesAtividades: Básicas Administrativas de Comunicação de Unificação

31 Atividades Básicas Reuniões de explanação do Evangelho à luz da Doutrina Espírita, aplicação de passes e atendimento fraterno através do diálogo (Atendimento Espiritual);

32 Atividades Básicas Reuniões de estudo da Doutrina Espírita, de forma programada, metódica ou sistematizada.

33 Atividades Básicas Reuniões de estudo, educação e prática da mediunidade.

34 Atividades Básicas Reuniões de evangelização espírita para crianças e jovens.

35 Atividades Básicas Divulgação da Doutrina Espírita; Assistência e promoção social espírita.

36 Atividades de Unificação Têm como objetivo a união dos espíritas e das Instituições Espíritas e a unificação do Movimento Espírita

37 Atividades Administrativas Necessárias para seu normal funcionamento, compatíveis com sua estrutura organizativa e com a legislação vigente

38 ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS PRÓPRIA, DE ACORDO COM SUA COMPLEXIDADE E TAMANHO, ATENDENDO ÀS FINALIDADES DO MOVIMENTO ESPÍRITA;MANTER ORGANIZAÇÃO PRÓPRIA, DE ACORDO COM SUA COMPLEXIDADE E TAMANHO, ATENDENDO ÀS FINALIDADES DO MOVIMENTO ESPÍRITA; ESTABELECER PLANIFICAÇÃO, METAS E CONTROLE DE RESULTADOS;ESTABELECER PLANIFICAÇÃO, METAS E CONTROLE DE RESULTADOS; INTEGRAR FREQUENTADORES ÀS ATIVIDADES DA CASA APROVEITANDO SEU POTENCIAL PROFISSIONAL;INTEGRAR FREQUENTADORES ÀS ATIVIDADES DA CASA APROVEITANDO SEU POTENCIAL PROFISSIONAL; ESTIMULAR O TRABALHO EM EQUIPE;ESTIMULAR O TRABALHO EM EQUIPE;

39 ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS ZELAR PARA AS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS SEJAM GRATUITAS PROIBINDO INICIATIVAS DE REMUNERAÇÃO;ZELAR PARA AS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS SEJAM GRATUITAS PROIBINDO INICIATIVAS DE REMUNERAÇÃO; ENVOLVER A CASA ESPÍRITA SOMENTE EM ATIVIDADES COMPATÍVEIS COM A DOUTRINA;ENVOLVER A CASA ESPÍRITA SOMENTE EM ATIVIDADES COMPATÍVEIS COM A DOUTRINA; ZELAR PARA QUE AS CONTRIBUIÇÕES, DONATIVOS, CONVÊNIOS PRESERVEM OS PRINCÍPIOS DOUTRINÁRIOS E ADMINISTRATIVOS DA CASA.ZELAR PARA QUE AS CONTRIBUIÇÕES, DONATIVOS, CONVÊNIOS PRESERVEM OS PRINCÍPIOS DOUTRINÁRIOS E ADMINISTRATIVOS DA CASA.

40 Pessoas/ Espíritos Centro Espírita Desejos Necessidades Expectativas Serviços Estudo Prática Divulgação Atendimento

41 O LIVRO DOS ESPÍRITOS O LIVRO DOS MÉDIUNS O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO O CÉU E O INFERNO A GÊNESE QUEM SOU? O QUE SINTO? POR QUÊ SOFRO? PARA ONDE VOU? DE ONDE VIM? (LE, 2a. Parte) (LE, 3a. Parte) (LE, 4a. Parte) (LE, 1a. Parte) Obras Básicas da Codificação

42 A estrutura de uma Casa Espírita Organograma Formal Aspecto Horizontal – diferentes áreas de atividades ou divisão de trabalho Vertical – Cadeia e Unidade de Comando, assim como a amplitude de direçãao

43 Dê a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus Mateus, 22:21

44 Normas e Modelos Métodos de trabalho Documento essencial, que constitui a sociedade dando a estrutura legal, trata dos Direitos e Deveres dos Associados. Define a Organização e atribuições das diferentes Direções e Departamentos assim como os limites de competências das áreas. Define as formas de trabalho. Ex.: como será o Atendimento Fraterno. Estatuto da Casa Espírita Regulamento Normas

45

46 Mensagem (...) Examinar os respectivos temas de serviço, para não estancar os próprios recursos na irresponsabilidade destrutiva ou na rotina perniciosa. Da busca incessante da perfeição, procede a competência real. André Luiz, em Conduta Espírita

47


Carregar ppt "CAPACITAÇÃO Qual é o papel que o Centro Espírita tem na sociedade? La Casa Espírita y su papel en la sociedad."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google