A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Conselho Federal de Nutricionistas ENCONTRO NACIONAL DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL setembro - 2013 Tarsis de Mattos Maia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Conselho Federal de Nutricionistas ENCONTRO NACIONAL DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL setembro - 2013 Tarsis de Mattos Maia."— Transcrição da apresentação:

1 Conselho Federal de Nutricionistas ENCONTRO NACIONAL DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL setembro Tarsis de Mattos Maia

2 Curso de Nutrição da UFMT - Histórico  implantado em 30/12/ Resolução CD (sistema integrado e sob regime de créditos).  reconhecido em 01/12/ CFE  1998 – reestruturação – Projeto pedagógico - implantação do regime seriado anual – h  Resolução Nº 111 de 27/09/ APROVAR ALTERAÇOES CURRICULARES NO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO - BACHARELADO - DA FACULDADE DE NUTRIÇÃO CAMPUS DE CUIABÁ – h 2Encontro Nacional de Formação Profissional/CFN 2013

3 Perfil do egresso  “Nutricionista, com formação generalista, autônomo na busca do conhecimento, sensível e crítico à realidade social, econômica, política e cultural, percebendo o ser humano em sua integralidade, capaz de atuar como agente de transformação, de forma comprometida, ética e sustentável com ênfase na atenção dietética, visando a segurança alimentar e nutricional em todos os campos de conhecimento em que a alimentação e nutrição se apresentem fundamentais para a promoção, manutenção e recuperação da saúde e para prevenção de doenças de indivíduos ou grupos populacionais” 3Encontro Nacional de Formação Profissional/CFN 2013

4 Concepção pedagógica  Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional-LDB (1996): estímulo ao conhecimento dos problemas do mundo atual (nacional e regional) e a prestação de serviço a população  Diretrizes Curriculares Nacionais (2001): “formação do nutricionista deve contemplar as necessidades sociais da saúde, com ênfase no Sistema Único de Saúde”  Aprendizagem significativa ( para o estudante e meio social)  Papéis educador e estudante ≠ tradicional  Discente capaz de autogerar conhecimento (autonomia)  Uso de metodologias ativas de ensino-aprendizagem 4

5 Quadro 1 – Comparação entre distribuição dos componentes curriculares e carga horária do PPC de Nutrição, UFMT (1998 e 2010). Componente Curricular Integrador  INOVAÇÃO da proposta RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS e PROBLEMATIZAÇÃO COMPONENTES CURRICULARES Disciplinas Obrigatórias2.790h2.672h Disciplinas optativas-96h Trabalho de graduação-48h Estágios curriculares650h (18,9%)810h (20,26%) Atividades Integradoras-272h Atividade complementar-100h Total geral3.440h3.998h 5

6 ATIVIDADE INTEGRADORA (AI) - Eixo integrador do 1° ao 8° semestre (vertical e horizontal) - Conduzida em pequenos grupos (máximo 10 acadêmicos) - Exige pelo menos 2 professores/tutores por disciplina - A metodologia utilizada na disciplina é a de resolução de problemas e problematização. PROFESSOR É FACILITADOR DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM 6Encontro Nacional de Formação Profissional/CFN 2013

7 Atividade Integradora - Desenvolvimento ETAPAS:  1º momento: ESTABELECENDO ACORDOS - Apresentação plano de ensino e cronograma - Elaboração com a turma do “Acordo de Convivência” - Definição do secretário e coordenador - Apresentação e esclarecimento instrumentos de avaliação  2º momento : DISCUSSÃO - Conhecendo o problema - Apresentação de uma situação-problema disparadora (artigo, vídeo, música, etc); - Parte-se do conhecimento prévio do acadêmico ( vivência e itens já estudados;) - Valorizar a participação em sala de aula, estimular o debate; - Definição, pelo grupo, dos principais objetivos de aprendizagem (direcionamento do tutor); - Organizar a busca de informações. TUTOR É FACILITADOR 7Encontro Nacional de Formação Profissional/CFN 2013

8 Atividade Integradora - Desenvolvimento ETAPAS:  3º momento: BUSCA DE INFORMAÇÕES - Período entre um encontro e outro destinado a pesquisa - Fontes seguras de pesquisa - Apresentar o resultado de suas pesquisas, podendo inclusive trazer novos questionamentos.  4º momento : DIA DE CAMPO - observação da realidade - Importante fonte de pesquisa; -Oportunidade para acadêmico aproximar-se da vida real (futuro cenário de atuação profissional); - Favorece a reflexão sobre teoria e prática; - Favorece a reflexão sobre a própria inserção e atuação do nutricionista - Permite discutir conceitos de campo e núcleo de formação (Merhy) TUTOR É FACILITADOR 8Encontro Nacional de Formação Profissional/CFN 2013

9 Atividade Integradora - Desenvolvimento ETAPAS:  5º momento: DISCUSSÃO – socialização das informações - Exposição e troca das informações coletadas - Discussão dos diferentes pontos de vista, das interpretações e conclusões. - Conduzido de forma a possibilitar a todos terminar a unidade com o conhecimento adquirido.  6º momento : AVALIAÇÃO – do acadêmico, do tutor e do tema - Acadêmico entrega texto dissertativo (síntese do tema) – nota na disciplina; - Desempenho de cada acadêmico durante encontros – nota na disciplina - Momento de dar e receber feedback ; TUTOR É FACILITADOR 9Encontro Nacional de Formação Profissional/CFN 2013

10 - Avaliação final da disciplina envolve todos os docentes responsáveis por cada disciplina do semestre Atividade Integradora - Desenvolvimento SEMINÁRIO INTEGRADOR -Mantém as mesmas etapas anteriores -Conduzido sob a forma de apresentação oral e escrita -Dentro da situação problema deverão abordar temas de todas as disciplinas do semestre 10Encontro Nacional de Formação Profissional/CFN 2013 Graus crescentes de complexidade 1 ° ao 4 ° semestre 5 ° ao 8 ° semestre  INTERVENÇÃO: aplicação a realidade

11 Atividade Integradora - exemplos de temáticas AI – 1º semestre Conhecendo o nutricionista./A atuação do nutricionista na promoção da saúde. AI - 2º Semestre A unidade básica de saúde e o território./Processo saúde-doença e seus determinantes: aspecto socioeconômico, cultural, ambiental, nutricional. AI - 3º Semestre Alimentação regional de Mato Grosso/Alimentação escolar e inserção de alimentos regionais no PNAE. AI - 4º Semestre Alimentação saudável como fator de proteção a saúde/ Vigilância em saúde. AI - 5º Semestre Aleitamento materno/Banco de leite humano 11

12 ATIVIDADE INTEGRADORA DENTRO DA SALA DE AULA 12Encontro Nacional de Formação Profissional/CFN 2013

13 ATIVIDADE INTEGRADORA FORA DA SALA DE AULA 13Encontro Nacional de Formação Profissional/CFN 2013

14 Atividade Integradora Participação gradativa dos professores de fora do DAN; Criação do Fórum da AI (discussão das temáticas, revisão das condutas e instrumentos); Discussão e socialização dos temas com os professores de cada semestre no período de planejamento acadêmico (Fórum AI  professores semestre) Aproximação com programas de reorientação da formação profissional (Pró-saúde e PET Saúde) Acadêmico com uma visão mais integrada da matriz curricular aplicada a realidade Acadêmico mais crítico, dinâmico, autônomo na busca do conhecimento.  CONQUISTAS 14Encontro Nacional de Formação Profissional/CFN 2013

15 Atividade Integradora Planejar horários para garantir a participação de docentes (no planejamento, execução e avaliação) Implementar educação permanente de professores e preceptores para as novas metodologias; Consolidar a integração ensino-serviço nas redes de serviços do Sistema Único de Saúde (atenção básica)  DESAFIOS 15Encontro Nacional de Formação Profissional/CFN 2013

16 Obrigada! (65) / 3615 – 8824 Coordenação de Ensino de Graduação em Nutrição Faculdade de Nutrição Universidade Federal de Mato Grosso 16Encontro Nacional de Formação Profissional/CFN 2013


Carregar ppt "Conselho Federal de Nutricionistas ENCONTRO NACIONAL DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL setembro - 2013 Tarsis de Mattos Maia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google