A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Novos modelos de negócios Setor vestuário. Cenário Global Participações regionais no comércio mundial de roupas Fonte: Calculado de OMC, 2004 Word the.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Novos modelos de negócios Setor vestuário. Cenário Global Participações regionais no comércio mundial de roupas Fonte: Calculado de OMC, 2004 Word the."— Transcrição da apresentação:

1 Novos modelos de negócios Setor vestuário

2 Cenário Global Participações regionais no comércio mundial de roupas Fonte: Calculado de OMC, 2004 Word the Report: Gráfico IV.12

3 Cenário Global % das exportações mundiais Exportadores China423 UE10,48,4 Turquia0,34,4 HongKong11,53,6 México03,2 Índia1,72,9 Estados Unidos3,12,5 Bangladesh01,9 Indonésia0,21,8 Romênia-1,8 Thailândia0,71,6 Coreia7,31,6 Vietinã-1,6 Marrocos0,31,3 Paquistão0,31,2 % das importações mundiais Importadores Estados Unidos16,430,2 UE2325,6 Japão3,68,3 Canadá1,71,9 Suiça3,41,7 Russia-1,6 México0,31,3 Coreia01,1 Austrália0,80,9 Emirados Árabes0,60,8 Noruega1,70,6 China0,10,6 Hong Kong0,90,4 Arábia Saudita1,60,4 Cingapura0,2 fonte:OMT, 2005: tabela IV.69

4 Três categorias de empresas de roupas : 1. Produtores de produtos básicos 2.Operadores de pequenas oficinas 3.Empresas sem fábrica Cadeia de produção – da linha à costura totalmente internacional. Na cadeia de valor o setor produtivo esta sendo dominado por grandes cadeias varejistas. "Atualmente somos uma empresa com forte ênfase em criatividade e design, marketing e logística" Hugo Boss Variações nas características de produção do setor: Cenário da Industria Características da produçãoFibras (sintéticas)Produtos têxteisRoupas Intensidade de capitalAlto Baixo Intensidade de mão de obraBaixo Alto Custos de materialAlto Médio Tamanho médio da unidade de produção Grande Pequeno TecnologiaSofisticado Simples

5 Relação TRADICIONAL – varejista & fornecedores Fábrica de vestuário 1 Centro/Depósito de distribuição do fabricante Centro/Depósito de distribuição do varejista Loja de varejo 1 Fabricante de peças de vestuário Varejista Fábrica de vestuário 2 Fábrica de vestuário 3 Loja de varejo 2 Loja de varejo 3 Pedidos Pedidos do varejo de baixa freqüência Grandes remessas volumosas Fluxo de produtos Fluxo de informações

6 Relação OBJETIVA – varejista & fornecedores Fábrica de vestuário 1 Centro/Depósito de distribuição do fabricante Centro/Depósito de distribuição do varejista: despacho rápido Loja de varejo 1 Fabricante de peças de vestuário Varejista Fábrica de vestuário 2 Fábrica de vestuário 3 Loja de varejo 2 Loja de varejo 3 Pedidos de suprimento contínuos Remessas freqüentes específicas de lojas Loja de varejo n Entrega direta na loja Fluxo de produtos Fluxo de informações

7 Países Asiáticos (maiores exportadores), fornecendo principalmente para América do Norte, Europa Ocidental e América Latina; Realocação geográfica (evitar restrições e diminuir custos de mão-de- obra e logística); Conglomerados Econômicos: Nafta e União Européia (incentivos e isenções); AMF restringiu o crescimento da indústria nos países em desenvolvimento e favoreceu EUA, UE e principalmente os Países Asiáticos. Principais fatores-chave

8 Forte dependência de fornecedores e terceiros asiáticos; Conglomerados Econômicos (protecionismo) versus Globalização; Inovação, tecnologia, design, flexibilidade e cooperação; Uso de tecnologia aumenta velocidade da linha de produção: –Aumento da resposta à demanda do mercado –Redução da necessidade de Capital de Giro Terceirização (marcas conhecidas produzidas em países com custos mais baixos, desrespeito a regulamentações governamentais); Mão de obra feminina, de baixo custo, de baixa qualificação e com longas jornadas de trabalho (84 a 98 horas semanais) Tendências e Características Relevantes

9 Empresa escolhida

10 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza Flutuação Cambial (câmbio flutuante versus artificial) - G20;

11 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza Sustentabilidade (China busca desenvolvimento limpo, O Estado de S. Paulo 03/2008): O crescimento econômico da China transformou o país numa potência global, mas resultou também em degradação ambiental (16 das 20 cidades mais poluídas do mundo estão na China); Governo chinês anunciou uma série de medidas com o objetivo de mudar o padrão de desenvolvimento do país (restringir o investimento e a oferta de crédito a setores poluentes, intensivos no consumo de energia e que tenham excesso de capacidade de produção); O país deve dar prioridade à qualidade, mais que à velocidade do desenvolvimento, e acelerar o aperfeiçoamento do padrão de desenvolvimento econômico., primeiro-ministro chinês Wen Jiabao;

12 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza Trabalho escravo e infantil garantem custos baixos de mão-de-obra: Crianças entre 9 e 16 anos vendidas a fábricas por cerca de 500 iuanes - US$ 65; Adultos e crianças, de ambos os sexos, trabalham por longos períodos por 35 centavos de dólar a hora;

13 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza Variações Climáticas: Devastadoras inundações dificultaram o cultivo de algodão no Paquistão (quarto maior exportador) este ano, um dos motivos para que o preço do algodão atingisse o maior preço nominal da história, em 15/10/2010;

14 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza IMPACTO MENOR MAIOR BAIXOALTO GRAU DE INCERTEZA FATORES CRÍTICOS A - Regulamentação & Desregulamentação governamental B - Flutuação cambial C - Oscilações nas taxas de juros D - Poucas barreiras de entrada no mercado E – Sustentabilidade F - Mão de obra G - Alta velocidade da troca de coleções H - Sensibilidade à diminuições no poder de consumo e a ciclos econômicos desfavoráveis I - Risco de crédito (Hering) J - Variações climáticas

15 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza Regulamentação & Desregulamentação Governamental (Protecionismo) – Incerteza Alta / Impacto Maior; Flutuação Cambial (câmbio flutuante versus artificial) – Incerteza Alta / Impacto Maior; Oscilações nas taxas de Juros (Heading) – Incerteza Alta / Impacto Médio; Poucas barreiras de entrada no mercado (indústrias fragmentadas, produtos commodities e minimização de custos) – Incerteza Baixa / Impacto Menor; Sustentabilidade (China busca desenvolvimento limpo, O Estado de S. Paulo 03/2008) – Incerteza Média / Impacto Menor;

16 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza Mão de obra (trabalho escravo e infantil garantem custos baixos) – Incerteza Média / Impacto Médio; Alta velocidade da troca de coleções (Hering lança oito coleções por ano) – Incerteza Média / Impacto Maior; Sensibilidade à diminuições no poder de consumo e a ciclos econômicos desfavoráveis (crise de 2008) – Incerteza Alta / Impacto Maior; Risco de Crédito (inadimplência) – Incerteza Média / Impacto Maior; Variações Climáticas (maior preço da história em out/2010 devido inundações) – Incerteza Alta / Impacto Maior;

17 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza Regulamentação & Desregulamentação Governamental – Protecionismo: Restrições maiores com a assinatura do Nafta (isenção de impostos para roupas cortadas e costuradas com tecido feito de fibra oriunda da América do Norte) e incentivos norte-americanos para produção em países do Caribe; União Européia também trás incentivos e isenções para fabricantes de vestuário que produzam em países europeus (orientais e ocidentais); Índia, principal exportador de algodão, poderá estender a proibição de exportação desta matéria-prima;

18 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza Oscilações nas taxas de Juros Perdas e ganhos sobre ativos e passivos financeiros Hering efetua operações de proteção (Heading) Diversificação na captação de recursos (Tesouro, nota promissória, emprestimo nacional/Internacional

19 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza Risco de Crédito – (Hering) Perdas por inadimplência Perda via Financeiras depositárias de recursos Empresa matêm provisão de 4,64% do saldo de contas a receber

20 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza Alta velocidade da troca de coleções

21 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza Poucas barreiras de entrada no mercado Muitas indústrias fragmentadas e produtos do tipo commodities gera dificuldade de diferenciação Se não há possibilidade para a diferenciação, a melhor estratégia a ser perseguida pela companhia é a minimização de custos Alta demanda e lucratividade na indústria Excesso de capacidade Novos entrantes Alta demanda e lucratividade na indústria Excesso de capacidade Guerra de preços e falências Novos entrantes

22 Fatores críticos de impacto versus grau de incerteza Sensibilidade à diminuições no poder de consumo e a ciclos econômicos desfavoráveis A crise de 2008 atingiu o setor,de janeiro a dezembro de 2009, houve queda de 7.9% na produção de vestuário em igual período de 2008, com redução de 6.9% na mão de obra em relação ao exercício de Evolução do volume de vendas de Tecidos, Vestuário e Calçados – índices Mensal e acumulado dos últimos 12 meses Fonte: IBGE Comunicação Social 23 de fevereiro de 2010

23 Marcas Fortes Experiência de compra diferenciada nas Lojas Hering Store e Lojas PUC Estrutura de varejo capilar Desenvolvimento de coleções e modelo de suprimento ágeis (fast fashion) Recursos do BNDES Agilidade na produção, logística e distribuição (make or buy) Diversidade de produtos Intervenções governamentais na economia brasileira Impactos das economias internacionais na brasileira Sensibilidade à diminuição do poder de compra e ciclos econômicos desfavoráveis Setor altamente competitivo Sazonalidade das vendas e níveis de estoques Variações climáticas Variações cambiais Mudanças na regulamentação ambiental e de saúde Empresa foi autuada por fiscais (operação com Eurobonus), pode ter que pagar pela autuação Marca Hering é vista como muito cara pelo mercado Não responder rapidamente à demanda Falhas de sistemas da informação podem afetar o negócio Riscos relacionados a catástrofes nos 3 centros de distribuição Saída de profissionais relevantes para a administração Dificuldades na inauguração de novas lojas Incapacidade de honrar dívidas estrangeiras (flutuação cambial) Potencial de crescimento do varejo Ampliação do crédito ao consumidor no Brasil Ampliação da rede em Shopping Centers Copa do Mundo 2014 Olimpíadas 2016 Análise SWOT

24 Importância Menos importante Desempenho Melhor que Pior que Matriz Importância x Desempenho Zona Apropriada Zona de Excesso Zona de Melhoramento Zona de Ação Urgente O mesmo que Qualificador Ganhador de pedido A.Design B.Coleção Infantil C.Marcas D.Velocidade de troca de coleções E.Canais de distribuição F.Qualidade no atendimento G.Diversidade de peças H.Instalações I.Preço J.Formas de pagamento K.Sustentabilidade A A B B C C E E D D F F G G H H I I J J K K

25 GAP x P. Essenciais x GTP x Componentes Manuf. & Lcog. Gestão Plan. de capacidade Canais de distribuição Tecnologia Pessoas Ger. Linha de produtos Financeiro Supply Chain Controle de estoques Gestão da Qualidade Distribuição Praticas de RH

26 GAP x P. Essenciais x GTP x Componentes Manuf. & Lcog. Gestão Marcas Tecnologia Pessoas Comercial Financeiro Interfuncional Velocidade Diferenciação Praticas de RH MKT.

27 GAP x P. Essenciais x GTP x Componentes Gestão Pesquisa de MKT Coleção Infantil Tecnologia Pessoas Comercial Ger. Linha de Produto Distribuição Treinamento MKT. Gestão de Filiais

28 GAP x P. Essenciais x GTP x Componentes Gestão Inovação Qualidade no atendimento Tecnologia Pessoas Comercial MKT E-Commerce Cultura Flexibilidade Treinamento Praticas de RH

29 GAP x P. Essenciais x GTP x Componentes Gestão Melhores Práticas Instalações Tecnologia Pessoas Comercial Manuf. & Log. Supply Chain Controle de estoques Clientes fornecedores Distribuição Treinamento MKT. Financeiro

30 GAP x P. Essenciais x GTP x Componentes Gestão Controles Preço Tecnologia Pessoas Financeiro Velocidade Informação Custos Praticas de RH MKT. Treinamento

31 Estratégias selecionadas Crescimento de vendas Coleção InfantilMarcasGiro de coleçãoPreçoInstalações Canais de distribuição Forma de pagamento Sustentabilidade Ações: Explorar o posicionamento da Hering como uma marca que oferece tanto moda acessível quanto básicos de qualidade; Ampliação do espaço para categorias de produtos com maior faturamento por metro quadrado; Campanhas de marketing, focadas no conceito Eu sou, eu uso Hering desde sempre e utilização de celebridades; Expansão do número de lojas da rede Hering Store; Qualificação da carteira de clientes no varejo multimarcas. Resultado: Manter crescimento de vendas de dois dígitos nas quatro marcas

32 Estratégias selecionadas Expansão da rede Hering Store Coleção Infantil Marca Canais de distribuição Ações: Revisão da meta de expansão da rede Hering Store para os próximos anos; Resultado: Meta prevista de 405 lojas já ao final de Para 2012, o novo número de lojas será divulgado em momento oportuno, à medida em que o plano de expansão se concretize e as condições do mercado se mostrem favoráveis.

33 Estratégias selecionadas E- Commerce Marcas Canais de distribuição Qualidade no atendimento Formas de Pagamento Ações: Em agosto de 2010, foi lançada a webstore da marca dzarm., ampliando a operação de e- commerce para todas as marcas; Reavaliação do formato do business on-line para melhor explorar o potencial desse canal; Implantação de novas ferramentas para aprimorar o layout e as funcionalidades dos sites. Resultado: Atrair novos clientes, fidelizar os atuais e, alavancar as vendas totais da empresa.

34 Estratégias selecionadas Mercado internacional Coleção Infantil Marcas Canais de Distribuição Instalação Ações: Redefinição do foco de atuação na comercialização das marcas somente para a América Latina; Descontinuidade de franquias localizadas em mercados fora do foco de atuação, como Arábia Saudita e Espanha; Mantido mesmo posicionamento e foco estratégico adotado pelas marcas no Brasil. Resultado: Fortalecer a internacionalização das suas marcas próprias e, ao mesmo tempo, garantir a padronização e o reconhecimento por parte dos consumidores.

35 Estratégias selecionadas Cartão de crédito Qualidade no atendimento Preço Formas de pagamento Ações: Expansão da base de cartões ativados; Campanhas de marketing com foco no cartão, com resultados positivos que incrementaram o ticket médio nas lojas da rede. Resultado: Aumento de share of wallet.

36 Estratégias selecionadas Modelo de Produção Híbrido Velocidade de troca de coleção Canais de distribuição Diversidade de peças PreçoSustentabilidade Ações: Fábricas trabalhando com 100% de sua capacidade produtiva, além de investimentos na ampliação e atualização do parque fabril; Terceirização de etapas do processo; Compra de produtos acabados (outsourcing) de fornecedores internacionais; Resultado: A combinação de produção própria, terceirizada e outsourcing, garante velocidade e flexibilidade para atender à demanda do mercado. Além disso, permite que a Companhia escolha, de acordo com o cenário atual, a melhor opção entre produzir internamente, terceirizar etapas do processo ou comprar o produto acabado.

37 Estratégias selecionadas Captação de Recursos InstalaçõesPreço Ações: Não renovação de empréstimos bancários com taxas de juros mais elevadas; Prioridade nas operações de financiamento atreladas a investimentos produtivos, que apresentam condições de prazo e taxas de juros mais atrativas, com a obtenção de recursos com o BNDES. Resultado: menores gastos com pagamentos de juros por empréstimos.

38 Estratégia Central Crescimento de vendas Expansão da rede Hering Store E-Commerce Mercado internacional Cartão de crédito Modelo de Produção Híbrido Captação de Recursos

39 Instalações / Canal de distribuição Crescimento de vendas Marca Preço Captação de Recursos Expansão da rede Hering Store E- Commerce Mercado internacion al Cartão de crédito Modelo de Produção Híbrido

40 Preço Cartão de Crédito : Aumento de Share of Wallet, através de expansão da base de cartões ativados e campanhas de marketing com foco no cartão; Captação de Recursos: Menores gastos com empréstimos, através de não renovação de empréstimos bancários com taxas de juros mais elevadas e prioridade nas operações de financiamento atreladas a investimentos produtivos, que apresentam condições de prazo e taxas de juros mais atrativas (BNDES); Modelo de Produção Híbrido: Escolha da melhor opção rentável de produção para atender demanda do mercado, através de produção interna, terceirização de etapas do processo ou compra de produto acabado;

41 Instalações / Canal de Distribuição Captação de Recursos: Investimentos na ampliação e atualização dos centros fabris e de distribuição, através de empréstimos adquiridos a baixas taxas de juros; Expansão da rede Hering Store: Meta prevista de 405 lojas já ao final de 2011 e divulgação de meta para 2012 à medida em que o plano de expansão se concretize e as condições do mercado se mostrem favoráveis; E-commerce: Facilitar o canal de distribuição, através do business on-line. Atraindo novos clientes, fidelizando atuais e alavancando as vendas totais da empresa;

42 Instalações / Canal de Distribuição Mercado Internacional: Fortalecer a internacionalização das marcas e garantir o reconhecimento por parte dos consumidores, através da redefinição do foco de atuação na América Latina, mantendo mesmo posicionamento e foco estratégico adotado no Brasil; Modelo de Produção Híbrido: Fábricas trabalhando com 100% de sua capacidade produtiva, além de ampliação e atualização do parque fabril. Novas instalações construídas facilitarão a logística do canal de distribuição da rede;

43 Marca Expansão da rede Hering Store: Abertura de novas lojas das marcas próprias ajudarão a manter crescimentos de vendas, explorando o novo posicionamento da Hering como marca que oferece tanto moda acessível quanto básicos de qualidade e utilizando campanhas de marketing focadas; E-commerce: Ampliação da operação para todas as marcas, alterando formato para melhor explorar o potencial do canal e implantação de novas ferramentas para aprimorar o layout e as funcionalidades dos sites; Mercado Internacional: Fortalecer a internacionalização de todas as marcas próprias, garantindo a padronização e o reconhecimento por parte dos consumidores;


Carregar ppt "Novos modelos de negócios Setor vestuário. Cenário Global Participações regionais no comércio mundial de roupas Fonte: Calculado de OMC, 2004 Word the."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google